Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 26
Busca::..
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Especial
12/05/2011 09h44

Metaltork recebe VDA 6.3

A qualificação no nível “A” demandou muitos investimentos e adequação desta
fabricante de elementos de fixação


Ivan Reszecki,
Diretor da Metaltork

Numa conquista iniciada em 2007 com a homologação da Vokswagen da Alemanha, a Metaltork Indústria e Comércio de Auto Peças Ltda. recebeu no mês de janeiro, deste ano, através da subsidiária da montadora no Brasil o título maior em qualidade no setor, a VDA 6.3 no nível “A”, qualificação que exige que toda plataforma de fornecedores de peças de aplicação crítica e de segurança se enquadrem nessa norma.
Verband der Automobilindustrie, conhecida como VDA, significa União das Indústrias Automotivas, sendo uma associação que congrega grandes indústrias do setor automotivo alemão, como a BMW AG, München und Regensburg; Robert Bosch GmbH, Stuttgart; Volkswagen AG, Wolfsburg; Siemens Ag - Würzburg; Daimler-Benz AG, Stuttgart; AE Goetze GmbH, Burscheid entre outras.
Por sua vez, a VDA 6.3 é um requisito do sistema da qualidade, com sua 1ª edição, publicada em 1998, elaborada com a ajuda da Volkswagen e as demais empresas. Tem como objetivo estabelecer diretrizes comuns para o desenvolvimento de sistemas da qualidade para a indústria automobilística, proporcionar condições necessárias para a melhoria contínua, prevenir as causas de produtos não-conformes, corrigir eficientemente as deficiências encontradas, reduzir perdas em todo fornecimento, diminuir a variação de processos e produtos, formar e treinar auditores e realizar auditorias periodicamente.

 

Portanto, trata-se de certificado de grande importância para a empresa, que é uma das mais importantes fabricantes brasileiras de artefatos de fixação metálica.
Segundo Ivan Reszecki, diretor comercial, “adequamos os sistema de gestão, controle da qualidade, inspeção, laboratório com os mais avançados níveis tecnológicos e principalmente com novas linhas de tratamento térmico, dentro dos padrões do VDA 6.3 nível “A” e da CQI-9”.
Com investimentos no desenvolvimento tecnológico e reconhecimento profissional a empresa conseguiu atingir altos níveis de excelência no mercado o que motivou a certificação. “Certamente estamos mais fortalecidos e na dianteira em relação à concorrência, fazendo parte de um seleto grupo que possui certificação como essa, comprovando nossa qualidade, eficiência e capacitação na fabricação de fixadores e peças para aplicação critica, bem como peças de segurança acima da classe de resistência 10.9, para qualquer montadora em âmbito mundial.”, acrescentou Reszecki.

 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com