Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 26
Busca::..
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Balcão
10/05/2011 04h33

De comprador a revendedor de parafusos


Empresário muda de setor para se dedicar a venda de parafusos

 


Por mais de 30 anos José Tavares atuou no departamento de compras de diversas empresas, trabalhou em construtoras como a Constran, no qual participou, desde o inicio, das obras do Terminal Rodoviário Tietê e da implantação do Metrô em São Paulo, esteve presente também nas obras do Aeroporto de Cumbica em Guarulhos e na Barragem de Sobradinho na Bahia, comprando, inclusive, muitos fixadores.
Durante dez anos, até 1994, no comando do setor de suprimentos de uma indústria de papel e celulose, na região de Pindamonhangaba no interior de São Paulo, Tavares sentia grande difi culdade em comprar elementos de fixação, principalmente em aço inoxidável, já que a revenda mais próxima era em Taubaté, e com muitas limitações às necessidades. Desta maneira, em muitas compras só restava recorrer a São Paulo.
Desligado da papeleira, mas com o conhecimento das dificuldades nas compras dos materiais, Tavares decidiu criar o seu próprio emprego, a primeira loja de parafusos de Pindamonhangaba.
Determinado a cuidar do setor comercial, Tavares contou com o apoio de Júlio Barros, profissional de longos anos no banco Bradesco, que ficou responsável pelos assuntos administrativos e financeiros, dando assim a criação da Valpar Parafusos.
Ao longo desses 15 anos de atuação, a Valpar cresceu muito, num período em que vários novos fornecedores, nacionais e internacionais, surgiram, encorajando outras pessoas a criarem novas revendas.
No município e região, a pioneira Valpar possui uma clientela sólida, busca ampliação no mercado sem esquecer da base que os impulsionaram. Para exemplificar, durante a entrevista, Tavares mostrou com orgulho uma fatura para Contagem em Minas Gerais.
“Entre muitas de nossas linhas, temos como fornecedores a Rex, Ciser e Belenus. Em chumbadores temos a Tecnart e a Âncora, além de alguns importados. Temos grandes clientes como a Gerdau, Confab, além de industrias de médio e pequeno porte, atendendo cerca de setenta clientes ao dia, só no balcão, fora os pedidos via e-mail e telefone”, afirmou Tavares.
Por conta da experiência que Tavares possui seu atendimento é especializado, já que ele já esteve do outro lado do balcão, comprando, e todo e qualquer problema que ele enfrentou em compras, hoje ele cria soluções para atender melhor seus clientes.

 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com