Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 74
Busca::..
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Eurásia News
13/04/2019 07h13

Eurásia News

Uma análıse do mercado de fıxadores na Turquıa

 

Em sintonia com a industrialização no País, a evolução da indústria de fixadores na Turquia vem acelerando nos últimos anos. Com os investimentos feitos nessas indústria de parafusos e similares, tanto em qualidade quanto em tecnologia, o país alcançou uma posição muito competitiva na produção de itens standard e especiais. Como resposta, os números de produção e exportação estão subindo rapidamente.

Muitos laboratórios bem equipados foram estabelecidos, fornecendo hoje serviços de classe mundial em atendimento às demandas de testes e medições, necessárias para obtenção de excelência em qualidade. Entre eles estão o MATİL A.Ş (www.matil.org), na cidade de Istambul, e o MFCE (Metal Forming Center of Excellence), em Ancara, capital do País.

Dependendo da intensidade dos investimentos, as demandas de fixadores têm aumentado constantemente, principalmente nos setores automotivo e sub -industrial, e de linha branca e sub-indústria, bem como nas indústrias incluindo fabricação de máquinas, construção (civil e naval), eletricidade, móveis, iluminação e defesa, portas e janelas, itens para vidro, iténs médicos, elevadores, reboques, moldes, plásticos, máquinas agrícolas, aquecimento e arrefecimento.

O fato de existirem muitos fabricantes fortes na produção de matérias-primas, usadas na produção dos fixadores e uma forte sub-indústria na produção de moldes, contribuem para a melhoria e a qualidade do serviço do setor. Máquinas de tratamento térmico de fabricação nacional, fábricas de revestimento, máquinas para lavar, rosquear e de seleção atendem à indústria parafuseira local.

A posição geográfica da Turquia proporciona benefícios logísticos significativos. Avançado transporte marítimo como o seu, rodeado pelo mar em três lados, as oportunidades de logística rápida para muitos países estratégicos por estrada se transformar em vantagem, especialmente no tempo de entrega e contribuir para a preferência de produtos de origem turca. A Rússia, o Oriente Médio e os países balcânicos, assim como a Europa, são os destinos com os quais a Turquia negocia com densidade.

Como visto nas estatísticas comparativas de exportação, uma taxa média de crescimento de 29% foi registrada em 2018 em comparação com 2017. De acordo com os dados do General Secretariat of Istanbul Minerals and Metals Exporters' Association, a exportação de parafusos e afi ns em 2017 foi de US$ 365 milhões, com US $ 472 milhões em 2018. Dentre esses números há uma predominância de fixadores na classifi cação HS 7318, respectivamente exportados para Alemanha, França, Itália, Eslováquia, Espanha, Polônia, Reino Unido, Áustria, Rússia, Argélia e Suécia.

Enquanto isso, a importação de fxadores foi de US$ 680 milhões entre janeiro e novembro de 2017, caindo para US$ 515 no mesmo período de janeiro 2018. Nesses dados observa-se que as importações estão caindo, embora maiores que as exportações, que estão, por sua vez, em elevação ano a ano. Os cinco principais países de onde a Turquia importa fixadores são, respectivamente, China, Alemanha, Itália, França e Estados Unidos.

Setor automotivo da Turquia bateu recorde em 2018

Líder das exportações da Turquia há 12 anos, a indústria automotiva bateu um duplo recorde em novembro. De acordo com a Uludağ Automotive Industry Exporters Association (OİB), entidade turca de exportação de veículos, o setor exportou US$ 2,769 bilhões em novembro, registrando um aumento de 5%, a maior de novembro.

Entre janeiro e novembro de 2018 todas essas exportações elevaram 12%, acumulando US$ 29,1 bilhões. Assim, o recorde de US$ 28,5 bilhões (2017) foi alcançado antes do final do ano.

"Esperamos fechar este ano mais de US$ 31 bilhões. Assim, vamos coroar nosso sucesso como líder de exportação pela 13ª vez consecutiva em uma base anual", disse Baran Çelik, chairman da OIB.

Maior mercado da indústria de suprimentos automotivos, as exportações para Alemanha caíram 1%, enquanto dois dos principais mercados, Itália e França cairam 7%, com a Romênia caindo 10%. Em contraste, a exportação para os Estados Unidos aumentou 13%, para  Argélia subiu 27%, Marrocos alcançou 28% e com a Holanda e a Eslovênia comprando 16% a mais.

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com