Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 74
Busca::..
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Ásia News
13/04/2019 06h54

Ásia News

Würth amplia negócios em Taiwan 

Ao final de novembro 2018 Dean Tseng, editor da revista Fastener World, encontrou os executivos do Adolf Würth GmbH & Co. KG: Thomas Klenk, vice-presidente executivo da matriz alemã, e Andreas Dierolf, chefe da filial de Taiwan. O encontro ocorreu em um evento que contou com a cadeia local de fornecedores, onde os executivos falaram sobre o enorme potencial de Taiwan, nação que a Würth compra fixadores desde 1978, tendo hoje cerca de 120 fornecedores locais.

A Würth fornece fixadores de alta qualidade ao redor do mundo, isso implica a ela uma busca natural e cuidadosa por fornecedores muito bem qualificados. Neste sentido, Taiwan tem sido sua primeira escolha, pois esta empresa germânica reconhece que as indústrias taiwanesas têm essas qualificações. Além disso, os taiwaneses são flexíveis e oferecem produções de fixadores personalizadas, em pequenos lotes, algo que a Würth valoriza muito. (Foto - Andreas Dierolf (Würth), Dean Tseng (Fastener World) e Thomas Klenk (Würth)

“Muitos desse fornecedores operam em nível de qualidade demandado pelo mercado alemão, alguns deles têm níveis de serviços que nem poderíamos encontrar na Alemanha”, disse Klenk. 

Cerca de 6 anos atrás, a Würth abriu uma filial em Kaohsiung, com uma equipe de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) servindo como canal de comunicação entre a matriz e os fornecedores locais. Em meio ao conflito comercial EUA x China, Klenk disse que as incertezas no mercado e o aumento nos custos de compra levou a ajustes nas compras ou trocas de pedidos nas filiais China e EUA. Mas Klenk está muito otimista com o fornecimento de Taiwan, com tendência em comprar ainda mais em 2019. Ele ecoou seu otimismo dizendo que o escritório de Kaohsiung expandiu sua equipe de P&D e compras de 10 para 16 pessoas.

Já Dierolf disse que a filial está desenvolvendo um equipamento de testes unificado, disponível para os fornecedores taiwaneses reduzirem seus custos de desenvolvimento. Além disso, um sistema de relatório de teste desenvolvido pela filial como parte da progressão para a Indústria 4.0 permite colocar os dados de teste dos fornecedores em um banco de dados, através do qual os clientes podem rastrear vários dados para um produto

Taiwanesa King Sun lança fixadores com resistência a 5 mil horas de em Salt Spray, o que se traduz em 50 anos de vida útil

Empresa que vem expandindo negócios no desenvolvimento de usinas elétricas e na configuração do sistema desde 2016, a King Sun New Tech, Taiwan, concluiu que painéis solares sofrem riscos de corrosão. Isso a induziu a buscar novos materiais e melhorar a engenharia. Em 2018, a King Sun lançou uma linha de parafusos livres de corrosão vermelha em mais de 5.000 horas de salt spray (névoa salina) na comparação com outro teste similar 1.000 horas. Isso se traduz em mais de 50 anos de vida útil do produto. Além disso, esses parafusos resistiram a mais de 100 ciclos de teste de chuva ácida, sem surgimento de corrosão vermelha. Este é um excelente desempenho em resistência a sal e ácidos, em oposição a 20 ciclos do mesmo teste exigido pelo padrão de painel solar de Taiwan.

Esses fixadores, resistentes ao afrouxamento, passaram no teste NAS 3350, da Nasa - a agência espacial dos Estados Unidos. Eles possuem forte resistência ao vento e vibrações sem o uso de arruelas, adesivos de vinil ou revestimentos. Apesar de um pequeno aumento nos custos, a empresa foi a primeira a adotar novos materiais nas estruturas dos painéis solares, algo que pode reduzir riscos estruturais e custos de manutenção, permitindo que os painéis gerem energia de forma consistente por 20 anos.

 Hyodong Machine lançou a maior prensa automática de parafusos do mundo 

Indústria de máquinas para fabricação de parafusos e similares por conformação mecânica, a Hyodong Machine Co., Ltd, Coreia do Sul, apresentou em meados de 2018 a maior máquina de conformadora do mundo, nesta modalidade, com 2.200 toneladas de carga de forjamento. A novidade se chama HBP-6220UL, uma que pesa 420 toneladas, possui 6 estações, conforma diâmetros de até 55 mm x 450 mm de comprimento, produção de até 55 peças por minuto. Ela é duas vezes mais pesada que o segundo modelo da Cia, a HBP-650, com carga de forjamento de 1.500 toneladas.

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com