Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 74
Busca::..
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Europa News
13/04/2019 06h59

Europa News

Rainer Lederer se aposenta

Em 1970 junto com um sócio ele fundou a Lederer + Lipinski, que viria a ser uma das mais respeitadas distribuidoras europeias

A distribuidora de fixadores Lederer GmbH foi fundada há 49 anos na Alemanha por Rainer Lederer e Hans Lipinski. 2019 marca a aposentadoria de Rainer, que ajudou a fundar e tornar a Lederer uma das mais respeitadas no setor parafusos e afins em toda Europa.(Foto - Rainer, Monika e Volker (família Lederer)

 

Entre as décadas de 70 e 80 a Cia ainda se chamava Lederer + Lipinski, mas já solidificava sua condição de líder continental, especialmente em linhas de aço inox. Em 1975 a empresa mudou para Ennepetal, há 55 km de Düsseldorf, seguido da construção de sua outra unidade, bem próxima, em Katzbachstrassße. Em 1988 eles assumiram grandes riscos, logo vencidos por sua gestão eficaz e lucrativa.

Já no início dos anos 1990, Rainer identificou a possibilidade de sucesso na comercialização de parafusos especiais e de prestar de gestão C-parts, estabelecendo as bases que fazem da Lederer o que ela é hoje e com o qual continua ser bem sucedida.

Em 2012, quando Rainer entregou tudo ao Dr. Volker Lederer, seu filho, a empresa era muito lucrativa e respeitada, mas seu trabalho foi excelente também do ponto de vista humano. A evidência disso está no fato de muitos funcionários permanecerem lá há décadas, todos fortemente identificados à Lederer.

Portanto, ele realizou uma transferência de forma consistente e dentro de um período de tempo absolutamente razoável. Em 2006, ele disse ao filho que, em caso de desacordo, caberia a Volker tomar a decisão final. "Afinal, a empresa é o futuro dele, não meu!", concluiu Rainer.

Henkel terá novo centro global de inovação
 
Com inauguração prevista para 2020, a nova unidade absorverá investimento de mais de € 130 
 
Henkel lançou as bases para construção do Adhesives Technologies Global Innovation Centre, este que será seu novo centro para inovação, sediado heaquarter da empresa, em Düsseldorf, Alemanha. Serão investidos mais de € 130 milhões nesta unidade de última geração e, uma vez concluída, suas instalações ampliarão as ações de desenvolvimento de novas tecnologias e aplicações para uma variedade de segmentos industriais.
 
Esta unidade também servirá como centro global de clientes, onde a Henkel apresentará soluções para adesivos, selantes e revestimentos funcionais. Nela se dará suporte a clientes do Reino Unido que buscam milhões soluções sob medida e fornecerá instalações complementares para a filial local da Henkel, em Hemel Hempstead, cidade há 39 km de Londres.
 
Sua construção terá sete andares divididos entre numerosos laboratórios, instalações de pesquisa e testes, escritórios e salas de conferência espalhados por uma área de 50.000 m2. Ela abrigará cerca de 350 funcionários de P&D, tecnologia de aplicativos, desenvolvimento de produtos e serviços, que hoje ocupam diferentes imóveis em todo o site de Düsseldorf. Sua inauguração está prevista para o final de 2020 e seu design modular permitirá que ela cresça conforme necessário.
 
Bossard investe em impressão 3D
 
De olho no futuro, player suíço de atuação global em fasteners firma-se na trilha da alta tecnologia
 
Ao adquirir 49% da empresa 3d-prototyp GmbH, o grupo suíço Bossard busca alcançar 100% de participação dentro de três anos. Com essa estratégia de longo prazo, o Grupo busca firmar os pés no segmento de impressão em 3D, tendo ele anunciado parcerias ainda no segundo trimestre de 2018, o que já o levou a condição de representante na Suíça.
 
A 3d-prototyp GmbH - que também construiu boa reputação na produção de itens complexos em peças e modelos - possui ampla experiência em digitalização 3D de superfícies com geometrias complexas. A Bossard espera adquirir know-how na fabricação aditiva de aplicações de plástico como parceiro de desenvolvimento e fabricante contratado. O Grupo tem como objetivo apoiar os clientes desde a fase de projeto até a produção de peças, bem como em assessoria na seleção de equipamentos e tecnologias de fabricação.
 
Bossard acredita que a impressão 3D tem futuro em várias áreas da manufatura, incluindo prototipagem, componentes de geometria complexa, montagens de múltiplas partes e peças onde a redução de peso desempenha papel significativo. Ela também está interessada em desafiantes projetos em sistemas de fixação associados a novos materiais, cada vez mais usados em impressão 3D.
 
 
COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com