Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 61
Busca::..
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Notas
01/02/2017 10h40

Notas

 

Almoço marcou o aniversário do presidente da Jomarca


No último dia5 de dezembro,  João Marques Castelhano, presidente da indústria de parafusos Jomarca, recebeu convidados em almoço comemorativo pelo seu 75º aniversário. O evento ocorreu na matriz da Cia, em Guarulhos,SP, tendo entre os presentes a esposa Marlene, os filhos e executivos da Jomarca, Ricardo e Angélica, bem como José Perdigão, da Comfix Componentes para Fixação Ltda. Perdigão escreveu, e leu, uma mensagem de saudação ao amigo e parceiro de negócios.


Cadillac CT6 tem problemas nos parafusos do cinto de segurança


A General Motors EUA convocou em outubro de 2016 cercade 131 proprietários do Cadillac CT6, fabricados entre 21 e 22 de julho do ano passado, no intuito de substituir parafusos situados nos cintos de segurança nos assentos dianteiros, responsáveis pela fixação das correias, ancoragem dos assentos e instalar os parafusos que estiverem faltando nessas zonas. Obviamente, essas irregularidades são um risco permanente, especialmente se ocorrerem acidentes. Fonte: www.CarComplaints.com


Parafusos mal fixados provocam recall em SUV da Subaru


EUA: Indústria subsidiária do grupo Fuji Heavy Industries Ltd., a japonesa Subaru iniciou em setembro aconvocação para reparo de 99 unidades do SUV (Sport Utility Vehicle), modelo Outback, ano 2017, produzidos entre 20 a 23 de junho de 2016. Segundo divulgado pelo portal norte-americano Car Complaints, a origem do problema está no aperto inadequado de parafusos, situados nas pinças dos freios, cubos de rodas e nos grampos do estabilizador direito.Fonte: www.CarComplaints.com


Falha dos fixadores nos trilhos foia causa de descarrilamentode trem em Mosier


Em 2016, a operadora de transporte de cargas Union Pacific Railroad concluiu sua investigação sobre um acidente ocorrido na cidadede Mosier, EUA, desfiladeiro no Columbia River, onde mais de doze vagões descarrilaram. Em consequência, mais de 100 pessoas tiveram que evacuar áreas onde o óleo se espalhou por ruas e pela rede de esgoto. O sistema de fixação que conecta os trilhos com os dormentes teria falhado, sendo a causa do acidente, conforme declarou Justin Jacobs, porta-voz da empresa. Segundo ele, a Union Pacific inspeciona esses fixadores a cada 18 meses no desfiladeiro Columbia, local da ocorrência, mas isso será revisto, encurtando o tempo das inspeções a cada trimestre. Por outro lado a empresa não retomará o transporte de óleo nessa região enquanto não ocorrerem reuniões das equipes da Union Pacific com autoridades locais. Independentemente, a Federal Railroad Administration (FRA) conduz sua própria investigação.

FRA é umas das agências dentro do Departamentode Transporte norte-americano envolvido com o transporte intermodal e a empresa tem a missão de cuidarda segurança nas operações de transportes zelando pelo bem estar da população.


Jeep Cherokee: aperto incorreto nos fixadores geram dois diferentes recalls


Recall I: Em 8 de Setembro de 2016, a montadora Fiat Chrysler (FCA USA) iniciou a convocação de proprietários de mais de 1,8 mil carros da marca Jeep Cherokeepara reparo na fixação dos assentos. Segundo nota, os fixadores foram aplicados com torque incorreto durante amontagem dos assentos nos modelos 2014 - 2016, criando uma situação de extremo risco para os ocupantes em caso da ocorrência de acidentes.

Em fevereiro deste mesmo ano, em uma das plantas industriais da Chrysler, foi encontrado um parafuso de assento solto, sendo este fato notificado ao fornecedor. Por sua vez, o fornecedor concluiu que o software para processo de by pass teria originado o aperto causador do problema. A montadora diz que o operadorda montagem tem duas tentativas para atingir o torque adequado em juntas aparafusadas. Após, o supervisor entra e tem duas tentativas para alcançar o torque adequado. Se a junta ou o torque não passar após essas quatro tentativas, o assento deve ser retornado ao transportador de retrabalho, mas isso não aconteceu desta vez. Em vez disso, os assentos foram enviadospara a FCA sem que ninguém soubesse que a fixação estava defeituosa. A Chrysler relatou não ter recebido relatos sobre ocorrências.

Recall II: Por outro lado, um novo recall já ocorriacom cerca de 200 modelos ano 2016, também envolvendo articulações de fixadores múltiplos que podem ter sido apertados incorretamente. Neste caso, as juntas dos fixadores do chassi podem falhar ou cair e causar problemas com a direção e manuseio.

A montadora já havia notificado um número limitado de proprietários afetados, que foram informados que os revendedores iriam inspecionar e reapertar as juntas, ou substituir os fixadores.Fonte: www.CarComplaints.com


Redução no índice de conteúdo nacional para indústria vai até 30 junho

Iniciado no segundo semestrede 2016 pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a medida temporária de redução de 60% para 50% no índice mínimo de nacionalização para fornecedores de máquinas e equipamentos, incluindo também ônibus, caminhões, tratores e metro-ferroviários terá validade até 30 de junho de 2017. A criação desta medida visava fazer frente aos efeitos da variação cambial sobre aumento nos custos de produção do setor industrial. Segundo o BNDES, as normas completas para o credenciamento de máquinas, equipamentos, sistemas e componentes estão disponíveis Portal BNDES no link http://bit.ly/2c7X9C7.Fonte: BNDES/Abifer


Em março Stuttgart será ocentro global da fixação


Segundo sua organizadora, a britânica Mack Brooks Exhibitions Ltd, a Fastener Fair Stuttgart é amaior feira mundial no setor de parafusos e afins. Marcada para 28 à 30 de março próximo, ela ocupará os pavilhões 1, 3 e 5 do Stuttgart Exhibition Grounds, Alemanha, numa edição que será recorde em espaço, com 20500 m², 7% maior que 2015.

Até dezembro a confirmação, desta que é a 7ª edição, já estava em torno de 790 empresas expositoras, vindas de 41 países, na qual Alemanha, Itália, Holanda, Espanha e Reino Unido compõem o grupo dos maiores players europeus, que também conta com a Turquia. Entre os asiáticos, destaquepara China, Índia e Taiwan.

“Este evento abrange todas as áreas da indústria de fixadores, com itens para o setor industrial, da construção, sistemas de montagem e instalação, bem como tecnologia para fabricação de parafusos e similares. Amostra também traz distribuidores, fornecedores, engenheirose outros profissionais da indústria e é, portanto, o ponto de encontro para toda a indústria”, de acordo com Liljana Goszdziewski, diretora do evento.


Recall envolve parafusos no air bag da Toyota 

De acordo com o portal Toyota USA Newsroom, desde dezembro de 2016, a montadora oficializou uma convocação sob o número de campanha 16V906000. O recall se refere a quatro modelos Avalon, 2016, e oito Camry, ano/modelo 2017, nos EUA.

Segundo a empresa, é possível que durante a montagem desses veículos tenham sido aplicados fixadores incorretos na instalação do conjunto que forma o airbag próximo aos joelhos do passageiro dianteiro, o que implica em riscos. Informações: pressroom.toyota.com


Recall na fixação dos assentos do Audi Q7

Defeito na fixação de assentos do SUV esportivo Audi Q7 3.0 provocam uma convocação divulgado pela Audi do Brasil, em 24 de outubro de 2016. A medida adotadaserá a aplicaçãode um reforço de metálico na estrutura da fixação, situado na terceira fileira de bancos. Os modelos convocados foram produzidos entre 30 de agosto de 2015 e21 de abril de 2016. O tempo estimado de manutenção é de uma hora. A ausência do reparo evidentemente implica em um risco que a montadora deve evitar, sobretudo em caso de algum tipo de colisão, pondo em risco especialmente os ocupantes que possam estar na parte traseira do veículo. Informações: 0800 777 2834, www.audi.com.br


Fixação de cadeirinha infantil leva BMW a ampliar recall

Em dezembro último, a BMW anunciou a ampliação do recallno seu modelo X3, envolvendo mais de 120 unidades do carro que podem apresentar problemas nas cadeirinhas de fixação Isofix. Como risco de se desprenderem, essas cadeirinhas já impactaram, desde setembrode 2016, em mais de 5 mil unidades dos modelos X3 e X4, devido ao mesmo problema. A montadora informou que a estimativa de tempo de reparo é de 1 hora e 35 minutos. Informações: 0800 707 3578, www.bmw.com.br/recall


Fixadores da drenagem de óleo causam recall com quadricíclos

A Polaris do Brasil Importação e Comércio de Veículos e Motocicletas Ltda.(“Polaris Brasil”) realizou no final de 2016 um recall envolvendo seus modelos RZR XP Turbo EPS, fabricados entre outubro e novembrode 2015. O reparo é necessário para a troca dos fixadores da linha de drenagem de óleo do turbo alimentador. Em alguns casos, esses fixadores podem se afrouxar, permitindo uma liberação de óleo do motor.  Em casos mais graves, o veículo poderá se incendiar, podendo causar danos de ordem material e/ou à integridade física do condutor ou de terceiros que estejam por perto, incluindo queimaduras e morte. O uso desse veículo deve ser suspenso imediatamente até que averificação e reparo, que demanda 1 hora. Fonte: http://sistemas.procon.sp.gov.br/Informações: (19) 3115.9344, garantiabr@polaris.com 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com