Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 61
Busca::..
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Ásia News
01/02/2017 10h42

Ásia news

 

Taiwan aposta mais de US$ 9 milhões no setor de fixadores aeroespaciais

A indústria de fixadores, muitas vezes chamada de “a campeã invisível”, tem mudado gradualmente seu foco geral para outros itens de alto valor agregado, como parafusos e similares para os setores automotivo, aeroespacial e ferroviário. Para corresponder aos termos das medidas antidumping da União Europeia (UE) contra algumas linhas de fixadores de aço Made-in-China e à feroz concorrência, o Ministério dos Assuntos Económicos de Taiwan anunciou o programa de modernização industrial com investimento superior a US$ 9,4 milhões, concebido para oferecer subsídios (num máximo de até 50% do seu custo de investigação e desenvolvimento - I&D) às empresas locais. O vice-presidente Lu, do Taiwan Industrial Development Bureau (escritório de desenvolvimento industrial), disse que a imagem da indústria tradicional de fixadores mudou muito nos últimos anos. A Taiwan Railways Administration e a Taipei Mass Rapid Transit já utilizam fixadores produzidos por fabricantes domésticos. Nas aplicações automotivas alguns fabricantes taiwaneses já atendem pedidos da Audi. Lu ressalta que a National Aerospace Fasteners Corporation (NAFCO) já produz parafusos e porcas para motores da GE Aviation, que exigem maior nível técnico e sofisticação.

Embora esses fixadores sejam muito pequenos, eles desempenham um papel crucial na garantia da segurança dos aviões. “Por exemplo: alguns aviões da EVA Air e da China Airlines usam motores GE, nos quais são utilizados os fixadores fabricados no mercado interno”, explicou Lu, acrescentando que o preço unitário dos fixadores nos últimos anos mudou de US$ 2,07 por kg (2006) para US$ 2,60 (2015), tornando Taiwan o terceiro maior exportador de parafusos e porcas no mundo, atrás de China e Alemanha. No entanto, no segundo semestre de 2015 o valor das exportações de porcas e parafusos taiwaneses registraram queda 4,5%, dados relativos ao período correspondente, e as suas exportações para a Europa caíram até 10%. Ministério de Taiwan de Assuntos Econômicos salienta que os preços baixos de aço da China também derrubaram os preços. Embora os níveis técnicos da concorrência não sejam tão elevados como fixadores taiwaneses, a pressão permanece.  

Porca-trava Edge Lock Nut tem nova patente

Produzida pela Osaka Forming, Japão, a porca Edge Lock Nut (E-Lock) teve seu design de anel de fricção design patenteado como uma nova tecnologia. A patente é entitulada como Anti-Loosening Nut (porca anti-afrouxamento) sob o número “5957632”, registro datado em julho de 2016. Ela é composta de uma porca e um anel de fricção. Há uma cavidade na porca e a forma tridimensional do anel de atrito de 3 asas é projetada para ser compatível com o ângulo das roscas. O anel de fricção é calafetado para combinar com a porca em uma única unidade. A forma tridimensional compatível com o ângulo fará com que o anel de fricção gere uma tensão consistente e uma força contrária correspondente que são aplicadas nas roscas para gerar um torque predominante estável. A prevenção precoce do afrouxamento pode ser conseguida mesmo se a cair a força axial de fixação.    

Fabricante japonesa Nitto Seiko tem boa atuação no mercado de autos  

 

A Nitto Seiko Co., Ltd Japão, tem tido boas vendas em sistemas de fixação ao setor automotivo na América do Norte e Sudeste Asiático, e isso tem compensando as perdas com a taxa de câmbio. Em especial, a perda é devido as linhas de produção alternadas, compensadas pela venda de investimentos em carteira e, portanto, elevou o lucro final. Nitto Seiko visa expandir suas linhas de produtos na indústria automotiva e construção.

 

Porca anti-afrouxamento da NKE deve entrar no mercado em setembro

A nipônica NKE Corporation, que produz fixadores, está desenvolvendo a Stability Pin Nut (SPN), uma porca pino que pode substituir as similares existentes, sendo superior em desempenho anti-afrouxamento. A SPN inclui uma película que fixa uma porca superior e uma porca principal com um pino inserido, formando um conjunto. Ao apertar a SPN com uma ferramenta, durante o assentamento o pino na porca principal levará a porca superior para erradicar a folga. Este mecanismo fará com que a porca superior produza o impulso e alcance o efeito anti-afrouxamento.

 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com