Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 61
Busca::..
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Máquinas e Ferramentas
01/02/2017 10h41

Máquinas e ferramentas

 

Sistema de testes em pontos de ancoragem Torvel

Norma Regulamentadora NR 35 fomentou a criação do equipamento  

A Norma Regulamentadora NR 35 trata dos requisitos mínimos para segurança de trabalhos em altura de qualquer natureza. Como ela exige testes em todos os pontos de ancoragem, a Torvel Equipamentos Hidráulicos, de São Paulo, capital, desenvolveu um equipamento para sanar esta necessidade dos fabricantes e aplicadores de fixadores e prestadores de serviço em geral. Trata-se do dinamômetro D-2000, equipamento com capacidade de teste de até 6.000 kgf (quilograma força p/cm²), muito além do exigido 1.500 kgf, e pode ser utilizado para testar o limite mecânico dos pontos. Sua estrutura em monobloco, confeccionada em alumínio espacial, oferece praticidade, leveza e segurança para a operação. Seu design é moderno e pesa apenas 8,0 kg.

A Torvel começou desenvolvendo e fabricando chaves hidráulicas de torque, fazendo frente a multinacionais. Hoje, está numa posição sólida no mercado como fabricante de equipamentos hidráulicos de alta pressão.

Passo a passo para utilização:

1) Montagem do eixo central no ponto a ser testado;

2) Travamento com o pino trava;

3) Remoção da folga com a porca superior;

4) Acionamento da catraca no sentido indicado de carga;

5) Leitura no indicador analógico; 6) Aliviamento da carga invertendo o giro da catraca.

 
Torvel Equipamentos Hidráulicos
COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com