Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 16
Busca::..
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Feiras
30/06/2009 10h21





A 12ª edição da Feimafe – Feira Internacional de Máquinas-Ferramentas e Sistemas Integrados de Manufatura – e a 10ª Qualidade – Feira Internacional do Controle da Qualidade –, aconteceu entre os dias 18 e 23 de maio, no Pavilhão do Anhembi, em São Paulo, SP. Mais de 67 mil pessoas – 1.218 vindas do exterior – circularam e visitaram mais de 1.300 expositores. De olho no potencial brasileiro, 37 companhias estrangeiras participaram do evento pela primeira vez. Segundo dados da ABIMAQ – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos –, nos três primeiros meses de 2009, a indústria de máquinas-ferramentas exportou US$ 45,53 milhões, o que representou um crescimento de 18,6% em relação ao mesmo período de 2008, quando alcançou US$ 38,38 milhões. Já as importações cresceram 10,7%, passando de US$ 286,03 milhões para US$ 316,58 milhões.

 


Dah-lian Machine
A Dah-Lian Machine é uma empresa de Chang-Hsien, Taiwan, e possui 23 anos de mercado. Produz estampadoras a frio de parafusos; máquinas automáticas para rosquear com pentes; máquinas para rosquear com rolos; estampadoras de porcas com 5, 6 e 7 estágios com extração positiva nos martelos; máquinas automáticas para rosquear porcas; estampadoras a frio de rebites semi e tubulares; estampadoras a frio para rebites tipo pop; ferramentas para indústrias de parafusos; máquinas automáticas de chanfrar e máquinas para dobrar arame. Pela primeira vez na Feimafe, a direção da empresa informou que vende aproximadamente 60 máquinas por ano, exportando para a Europa e América do Sul, sendo neste continente, o Brasil o país mais atuante  em negócios, segundo Thomas Wu (General Manager) e Marcos Santos Alves (Nelson Fasteners, representante no Brasil).



 

 

 

Brassinter
A Brassinter S.A Indústria e Comércio fornece produtos diversificados e de alta tecnologia, utilizados praticamente em todos os setores das industrias. A linha da empresa divide-se em metal duro, peças sintetizadas, contatos elétricos, discos e materiais de fricção e metal pesado. Segundo Márcia Ramos Machioni, responsável pela divisão de metal duro, a Brassinter apresentou na Feimafe as novas classes para pastilhas de torneamento: MC7415, MC7425 e MC7435, que atendem a uma ampla gama de aplicações e materiais, tais como aços em geral, aços inoxidáveis, materiais ferrosos e não ferrosos.



 

 

Durit
Com 19 anos de atividades, a Durit Brasil tem sede em Simões Filho, BA, e um escritório comercial em Santo André, SP. A unidade brasileira é responsável pelo atendimento da América Latina, sendo Brasil, Argentina, Chile, Equador e México. A empresa fornece peças e ferramentas de aço e metal duro de grande precisão, de acordo com desenho ou amostra enviada pelos clientes. Está certificada de acordo com a norma ISO 9001:2000 pelo BVC. O diretor da empresa, Carlos Celso Navarro, informou que a Durit sempre marca presença na Feimafe, Rio Oil&Gás no Rio de Janeiro, feiras em Pernambuco, Rio Grande do Sul, Argentina, Chile, Colômbia e México.  “Atendemos os mais variados segmentos de mercado que necessitam de ferramentas que apresentem maior rendimento, como o siderúrgico, alimentício, embalagens metálicas, papel e papelão, petrolífero, metal mecânico etc”, falou. Como novidade na Feimafe, Navarro apresentou revestimentos técnicos com a nova empresa do grupo TEandM.



 

 

 

 

 

Carlo Salvi
Expandindo negócios no Brasil, a italiana Carlo Salvi – produtora de máquinas para a produção de elementos de fixação em geral – também esteve presente. “Temos máquinas no Brasil há mais de 15 anos, e em 2008, vendemos oito unidades no País. Hoje, atendemos empresas como a Tramontina, Bigfer, Manzato, Max Del, entre outras”, contou o gerente de marketing Marco Pizzi. A empresa fabrica prensas de conformação a frio de duplo golpe, para produção em alta velocidade e precisão de parafusos e rebites em geral; prensas de duas matrizes e quatro punções, para parafusos especiais, componentes tubulares e semi tubulares e peças especiais de difícil transporte em prensas progressivas, devido às formas complexas, tais como: cabeça grande e corpo reduzido; prensas progressivas de cinco e seis estágios, projetadas para produção em alta velocidade de peças de altíssima precisão e de forma muito complexa, para diversos setores, em especial, para os setores automotivo e aeroespacial - com possibilidade de receber aquecedor

 

 

 

 

 





Wafios

A empresa é uma multinacional de 115 anos, com sede em Reutlingen, Alemanha. Produz máquinas para a transformação de arames e tubos, atuando também na conformação maciça a frio – especialmente com relação à fabricação de prensas. Possui um volume de exportações de aproximadamente 65% e conta com representantes em 71 países. Há 40 anos no Brasil, tem faturamento aproximado de R$ 20 milhões ao ano. “Nosso forte é máquinas, sendo que trabalhamos também com pentes laminadores, que é uma divisão da nossa empresa aqui no País. Atuamos neste segmento há cinco anos e somos líderes de mercado na produção de pentes para laminação de rosca em parafusos, principalmente, pentes especiais”, declarou o diretor, Guillermo Anselmo Taboada.

 



A marca participa da Feimafe deste que o evento iniciou atividades, e para essa edição apresentou duas novas máquinas: FMK 3 – CNC para produção de molas de torção, com um sistema inovador de mesa cartesiana que permite aproximação do ferramental em qualquer ponto de trabalho. Permite a produção de até 85 peças por minuto. E a BM 30 – com um cabeçote para a produção de peças dobradas e enroladas com duas ou três dimensões, bem como quadros de arame e materiais de perfis. É mais rápida, com maior velocidade de dobra e possibilita a produção de peças mais complexas. por indução para produção de peças em titânio, inox e ligas especiais. Desde 2004 a empresa é representada no país, com exclusividade, pela New Direction.



 

 

 

Cavour
Fundada em 1968, a Cavour fabrica máquinas laminadoras de perfil, ferramentas para laminação de perfil, tais como roscas normais e especiais, recartilhas (paralelas, cruzadas e helicoidais), pentes e outros, que atendem as indústrias do segmento de fixadores. O gerente comercial da empresa, Gustavo Monesi, informou que a empresa tem faturamento mensal de aproximadamente R$ 1 milhão, e que também exporta, tendo realizado negócios na Itália, México e África do Sul. Na Feimafe, a Cavour mostrou a máquina TLR 30, equipamento especial para laminação de recartilhas. Totalmente automatizada, trabalha com sistema de transmissão por homocinética, servomotores, motoredutores entre outras funções. É equipada com IHM, o que facilita o sincronismo do processo de laminação.

 

 



 

 



SouthWind
A SouthWind fornece máquinas, ferramental, equipamentos e tecnologia para os processos industriais de fabricação de parafusos, porcas, rebites e peças especiais conformadas a frio ou quente em processos automáticos. Com seis participações na feira, a empresa apresentou as prensas horizontais de dupla-ação (uma matriz e dois martelos) Yih Woen, fabricadas em Taiwan e exportadas pela Dagan International. São destinadas à produção de parafusos e rebites sólidos por estampagem a frio a partir de arame. Também mostrou as trefilas em linha da Tecno Impianti séries SKP, horizontais do tipo monobloco que ficam posicionadas na entrada do arame, nas máquinas conformadoras a frio.

Na ocasião, J.B. Graef, da SouthWind, e Renato Marelli Ferrari, da Smart – fabricante italiana de laminadoras de roscas –, anunciaram uma parceria para comercialização destas máquinas no Brasil





 

 

Prensas Schuster
Sediada em Cabreúva, SP, a empresa produz máquinas automáticas para a fabricação de parafusos, similares e peças especiais: laminadoras de rosca, alimentadores, fendadeiras e máquinas especiais conforme a necessidade do cliente. Segundo a diretora Iara Schuster, os projetos são desenvolvidos com software 3D. Durante o evento foram apresentadas a prensa CN (com regulagem automática, controle de produção digital por CLP, tela touch screen, entre outros itens) e a máquina de multi- estágios. “Após 20 ou 30 dias da feira, sempre registramos um aumento de vendas, que pode chegar até 50%. Em nosso setor, é importante estar presente na Feimafe, pois além de divulgar nossa marca ao público, também identificamos outras empresas que fornecem itens que podem ser produzidos por nossos equipamentos, abrindo oportunidades para contatos importantes”, detalhou Iara.



 


Hardy
A empresa faz parte de um grupo italiano chamado OMCD, e na Feimafe, além dos seus produtos, também apresentou itens da Celsia: indústria voltada para o segmento de solda trimetálica, usada no processo de soldagem de peças de metal duro e cobre tungstênio para máquinas de eletroerosão. O diretor Horácio Quinteiro Junior, informou que a Hardy atua no setor de estampagem e conformação. “Fabricamos buchas de metal duro e segmentos, focando muito os fabricantes de parafusos e produtores de matrizes para os parafuseiros”, explicou. Quinteiro comentou que a marca foi reestruturada para aumentar a capacidade produtiva. “Hoje, podemos produzir buchas de Dia Ext até 150,0 mm e com comprimento de até 250,0 mm de altura”, contou.

 

 

 



Ort Italia
Localizada na cidade de Trigolo, Cremona, na Itália, a Ort Itália (agora representada no Brasil pela New Direction) produz máquinas sob pedido. Segundo o gerente Riccardo D’Ambrosio, o faturamento em 2008 foi de aproximadamente €$ 12 milhões, com produção em torno de 100 itens, sendo que deste número quatro foram vendidos para o Brasil. “As exportações correspondem a 80% dos negócios da Ort Itália, tendo a Alemanha, China, Canadá, EUA e México, como principais clientes”, declarou. O executivo garante que a participação na Feimafe estimula a realização de bons negócios.

A Ort Italia é especializada no projeto e fabricação de laminadoras de rosca, entalhadeiras e rosqueadeiras a frio/quente. Possui um moderno escritório de desenvolvimento, que responde a todas as exigências dos clientes. Seu laboratório de metrologia e testes, ocupa-se da homologação de todos os novos produtos.

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com