Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 38
Busca::..
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Notas
14/03/2013 10h46

 NOTAS

 

Inscrições abertas parao 4º Prêmio Ciser de Inovação Tecnológica
 
O Prêmio Ciser de Inovação Tecnológica, lançado em 2008, tem o objetivo de identificar e reconhecer jovens talentos e aproximar o meio acadêmico do mercado. Nesta 4ª edição, serão distribuídos R$ 72,5 mil reais entre os ganhadores.
 
Essa iniciativa, pioneira no Brasil, alia a troca de experiências ao incentivo à pesquisa, inovação e criatividade, e já recebeu inscrições de acadêmicos de todo o país. O concurso é voltado a estudantes de cursos de graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado (categoria Ensino Superior) ou de cursos técnicos (categoria Ensino Técnico).
 
A proposta do projeto para concorrer ao prêmio deverá se encaixar em uma das três categorias:
 
• Inovação em Produtos: Apresentação de novos produtos ou de mudanças em peças já existentes, buscando melhoria nas aplicações, redução de custos e a inovação no mercado de fixadores.
 
• Novas Aplicações: Apresentação de soluções para substituir outros sistemas de fixação, como soldas e encaixes, por parafusos ou demais tipos de fixadores.
 
• Processos: Apresentação de melhorias em qualquer etapa do processo de produção de fixadores.
 
O concurso conta com o apoio de entidades ligadas à inovação, como o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), Fapesc e Anpei, e com a parceria da Gerdau, SAP e do Banco HSBC. São empresas que, assim como os apoiadores, apostam na criatividade e na inovação como motores para o desenvolvimento e o sucesso.
 
O Prêmio Ciser de Inovação Tecnológica será concedido aos melhores projetos, avaliados por uma comissão julgadora, e seguirá os critérios estabelecidos no regulamento. As inscrições já estão abertas e poderão ser feitas pelo site do Prêmio Ciser até 31 de maio de 2013. Acesse www.premioinovacao.ciser.com.br e boa sorte!
 
 
 
A inglesa BST está de olho no Brasil
 
 
 
Diego Jezler tem 34 anos, é natural de Salvador, BA, está na Inglaterra desde 2007, e agora tem a missão de buscar novos negócios no Brasil para a fabricante de parafusos especiais BST Manufacturers of Special Nuts & Bolts. Segundo Jezler, a empresa tem forte atuação na produção de elementos de fixação forjados e usinados destinados para aplicações críticas, onde demanda alta resistência em situações extremas de pressão, temperatura e corrosão - algo comum em ambientes offshore. Neste escopo, o agente do departamento de Novos Negócios cita que entre os seus clientes se incluem, também, empresas de equipamentos para reatores nucleares e defesa, fazendo-a constar numa seleta lista de fornecedores da Marinha Britânica. Ainda, segundo o agente de novos negócios, uma equipe deverá estar no Brasil próximo da Brasil Offshore, feira do setor que acontecerá em Macaé, RJ.
 
 
Land Rover anunciou recall do Range Rover Evoque
 
A Jaguar e a Land Rover do Brasil convocaram os proprietários dos veículos Range Rover Evoque, ano/modelo 2012 e chassis 2BGXCH705704 a 2BG6CH704517, para agendar a inspeção e aplicação de torque específico nas fixações de apoio da caixa de direção. No Brasil, apenas 04 unidades precisam fazer o reparo. No mundo, são 808.
 
Segundo comunicado da empresa, tal medida se dá em razão da possibilidade de ocorrer desgaste das fixações de apoio da caixa de direção, podendo provocar, em casos extremos, a perda de dirigibilidade e risco de colisão com eventuais danos físicos e/ou materiais aos ocupantes e/ou terceiros, sendo que até o presente momento nenhum acidente foi registrado.
 
Outro lote da linha Evoque, e também da Freelander, foi convocado para recall devido ao aperto insuficiente dos parafusos que prendem as pinças de freio. Foram enviadas cerca de 70 unidades ao EUA para a correção do problema, todas produzidas no dia 11 de junho de 2012, e nenhuma unidade defeituosa foi destinada ao mercado brasileiro. A falha poderia ocasionar a soltura do componente com o carro em movimento, danificando todo o conjunto e oferecendo risco de acidente. Os reparos também começaram a ser feitos em janeiro de 2013.
 
O atendimento, em toda a rede de concessionárias Land Rover Brasil, será sem custo para o cliente e não possui tempo determinado para finalização. Mais informações pelo telefone 0800 012 2733, de 2ª a 6ª feira, das 8 às 20h, ou pelo site www.landrover.com.br.
 
 
GM faz recall de 8.519 unidades do Chevrolet Malibu
 
 
A General Motors convocou 8.519 unidades do modelo sedã 2013 Chevrolet Malibu nos EUA devido a problemas com parafusos. De acordo com a National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), os veículos afetados podem ter um ou mais parafusos de suspensão que não foram suficientemente apertados, o que poderia levar à perda de movimentação do carro e aumentar o risco de acidente.
 
A GM já iniciou o processo de notificação para os proprietários e irá inspecionar os parafusos e aperto gratuitamente. O recall também afetou 1.060 modelos vendidos no Canadá, México e exterior. Os proprietários podem entrar em contato pelo telefone 800-630-2438 ou obter mais informações no site da NHTSA www.safercar.gov.
 
 
Mercedes-Benz faz chamado de uma unidade no Brasil
 
A Mercedes-Benz do Brasil convocou no dia 31 de janeiro o proprietário do único Classe G presente no país para um “recall exclusivo”. O utilitário é alemão e possui o chassi WDCY7AF2BX190006. Na realidade, foram afetadas as unidades fabricadas na Alemanha entre 30 de setembro de 2010 e 17 de abril de 2011, mas apenas uma embarcou para cá.
 
De acordo com o divulgado, o exemplar poderia apresentar “desprendimento do suporte do airbag do passageiro dianteiro, tendo como possíveis consequências o não funcionamento correto do mesmo e/ou o lançamento no interior da cabine dos componentes de tal suporte, provocando, em casos extremos, danos físicos aos ocupantes do veículo”. Segundo a empresa, o proprietário já foi localizado e o problema solucionado. O reparo consistiu em introduzir novos pinos na estrutura metálica do painel de instrumentos.
 
Mais informações sobre este e outros recalls poderão ser obtidas através do telefone 0800 970 9090 ou pelo site www.mercedes-benz.com.br.
 

Caminhões da Ford passam por recall devido problema da válvula do freio

 

A Ford anunciou em fevereiro o recall dos caminhões dos seguintes modelos: Cargo 712, modelo 2012, chassis CBB01184 até CBB99527; Cargo 815, modelo 2012, CBB00975 até CBB99535 e Cargo 816, modelo 2013, CBS00582 até DBS13859. Os proprietários dos modelos produzidos de 29 de agosto de 2011 até 20 de março de 2012 devem comparecer a uma concessionária da marca para substituição da válvula do freio de estacionamento.
 
A montadora constatou a possibilidade de variações no processo de produção dos parafusos de fixação da tampa inferior da válvula do freio de estacionamento, podendo resultar na quebra dos parafusos. Caso isso aconteça, poderá ocorrer vazamento instantâneo de ar que provocará o acionamento involuntário do freio de estacionamento e travamento das rodas traseiras, com risco de acidentes.
 
A Ford disponibiliza o telefone 0800 703 3673 para mais informações e para verificar se a unidade está envolvida no recall, visto que pode haver variações no sequenciamento da produção.
 
 
 
Autopeças terão selo do Inmetro
 
De acordo com a portaria n° 301, publicada em 21 de julho de 2011, pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), a partir de 2013 a fabricação e importação de peças de reposição específicas deverão ter a certificação e o selo do órgão. Com isso, oito tipos de peças automotivas deverão apresentar a certificação, ajudando a atestar a segurança dos produtos e reduzindo a pirataria. A comercialização destas peças no varejo será obrigatória a partir de julho de 2014.
 
As autopeças que terão o selo do Inmetro são: amortecedores de suspensão; bombas elétricas de combustível para motores do ciclo Otto; buzinas ou equipamentos similares utilizados em veículos rodoviários automotores; pistões de liga leve de alumínio; pinos e anéis de trava (retenção); anéis de pistão; bronzinas; e lâmpadas para veículos automotivos.
 
O selo do Inmetro será obrigatório para autopeças destinadas a veículos fabricados ou importados, a partir de 1º de janeiro de 2000. Ficam isentos da obrigatoriedade componentes para linha de montagem, recall e de veículos de produção descontinuada fabricados até 31 de dezembro de 1999.
 
Segundo estimativas do GMA – Grupo de Manutenção Automotiva, a medida atenderá a 71% da frota circulante no País, estimada em mais de 40 milhões de veículos entre automóveis, comerciais leves, motos, caminhões e ônibus. Já Hércules Ricco, diretor da AUTOMEC - Feira Internacional de Autopeças, Equipamentos e Serviços, divulgou em nota que apesar de só começar a vigorar em 2014 essa normatização já reflete positivamente no setor. “É notável a movimentação positiva da indústria. Além da questão da segurança, as empresas têm nesse momento uma oportunidade real de aumentar a lucratividade dentro das novas regras, já que esse selo do Inmetro será um instrumento para o consumidor identificar prontamente a procedência de determinados produtos”, explica.  
   

  Construction Expo 2013 apresentará novidades em serviços, materiais e equipamentos para construção
 

A Sobratema – Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração promoverá a Construction Expo 2013 – 2ª Feira Internacional de Edificações e Obras de Infraestrutura, entre 5 e 8 de junho, no Centro de Exposições Imigrantes – São Paulo. A exposição é uma oportunidade para engenheiros, empresários, gestores e profissionais da cadeia da construção conhecerem as principais novidades e lançamentos em serviços, materiais e equipamentos que elevem a produtividade e eficiência em uma obra.

 
O evento se denomina inovador por contar com três tipos de salões: temáticos, grandes construções e sistemas construtivos, além da área de exposição das empresas. Esses salões formarão um panorama completo da cadeia da construção por englobarem setores específicos, enfatizando a evolução e os benefícios de sistemas construtivos e demonstrando a evolução das principais obras em construção no Brasil. Ainda, será um espaço de demonstração de novas tecnologias, modernização dos processos construtivos e de valorização da sustentabilidade ambiental, social e econômica.
 
A integração da cadeia de construção será dividida em:
Edificações – residenciais, comerciais, industriais, shopping centers e hospitais;
Infraestrutura – rodovias, ferrovias, hidroelétrica e termoelétrica, portos, aeroportos, túneis/metro, saneamento e infraestrutura para o agronegócio;
 
Salões temáticos – construção seca, construção industrializada de concreto, sustentabilidade e green buildings, produtividade e competitividade, equipamentos para obras urbanas, rental, e oportunidade de investimentos em infraestrutura nos estados habitações de interesse social (HIS).
 
Inscrições e outras informações pelo telefone (11) 3662 4159, e-mail contato@constructionexpo.com.br ou pelo site www.constructionexpo.com.br.
 
 
Começaram as inscrições para o Congresso Brasileiro do Aço
 
 
Cenários da indústria mundial do aço, Desafio Brasil Competitivo, Desafios da Sustentabilidade da Indústria do Aço e Situação da economia mundial e perspectivas serão os temas centrais dos debates da 24ª edição do Congresso Brasileiro do Aço, que acontecerá nos dias 08 e 09 de maio de 2013, no Centro de Convenções SulAmérica - Rio de Janeiro.
 
Na última edição, cerca de 700 congressistas participaram do congresso no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Esta também terá a presença de grandes destaques nacionais e internacionais e tratará dos principais temas para a indústria do aço no Brasil e no mundo. A abertura contará com os apontamentos de Albano Chagas Vieira - Presidente do Conselho Diretor do Instituto Aço Brasil – e Fernando Pimentel - Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Ainda, foi convidado para a palestra inaugural do congresso o professor de economia política internacional da Universidade de Harvard, Dani Rodrik – que recebeu o prêmio Albert O. Hirschman da Social Science Research Council e o Prêmio Leontief por Avanços das Fronteiras do Pensamento Político.
 
Mais informações pelo site www.acobrasil.org.br/congresso2013, telefone (21) 2524 6917 ou e-mail eventos@acobrasil.org.br
 
 
Curso de Dimensionamento de Juntas na Metalac
 
A Metalac, empresa fabricante de parafusos e fornecedora de fixadores de alta resistência no Brasil, está promovendo o curso Cálculo e Dimensionamento de Juntas Rigidamente Fixadas por Parafusos. O objetivo é habilitar os participantes a entender o mecanismo envolvido numa junta rigidamente fixada por parafusos e conhecer conceitos básicos para cálculo, dimensionamento e aplicação.
 
O curso, que deve atrair engenheiros e técnicos ligados à área de engenharia de projetos, processos, industrial, testes e qualidade, será ministrado nos dias 01 a 05/04/2013 e 07 a 11/10/2013 na própria Metalac. Serão abordados temas como o aperto de Juntas aparafusadas; técnicas de montagem; fatores importantes de influência; roteiro de cálculos – Exercícios; e ainda visitas à fábrica e laboratórios da empresa. O investimento é de R$ 1.100 por participante e o curso terá uma carga de 40 horas.
 
Para mais informações e inscrições envie e-mail para Cláudia Fabri, cfabri@metalac.com.br, ou entre em contato pelo telefone (15) 3334 3586.
 
 
BMW e Caoa são habilitadas no programa Inovar-Auto como investidoras
 
 
As empresas BMW do Brasil Ltda. e Caoa Montadora de Veículos S.A. estão habilitadas como investidoras, a partir de fevereiro de 2013, no Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores (Inovar-Auto). A BMW anunciou investimentos superiores a R$ 600 milhões para a construção de sua primeira unidade na América Latina, em Araquari (SC), enquanto a Caoa investirá R$ 300 milhões para o início da produção do modelo Hyundai IX35 na unidade instalada em Anápolis (GO). As duas habilitações valem até 31 de março, conforme estabelece o Decreto nº 7.819/2012, que criou o Inovar-Auto, mas podem ser prorrogadas automaticamente se cumpridos os cronogramas físico-financeiros dos projetos de investimentos apresentados.
 
Com a habilitação, as empresas passam a usufruir, imediatamente, dos benefícios definidos no programa, como o crédito presumido do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para parte dos veículos apresentados no projeto de investimento e ganham o direito de importar mensalmente 500 unidades (Caoa) e 1.200 unidades (BMW) com benefício fiscal.
 
Até agora, 47 empresas pediram para participar do programa. Chery, JAC Motors e Nissan apresentaram projetos para construção de fábricas ao MDIC - Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, enquanto a Mitsubishi anunciou investimentos para o início da produção, no País, dos modelos Lancer e ASX. Chegou a 35 o número de empresas habilitadas oficialmente, segundo informativo no site do MDIC. Até 2017, quando encerra a vigência do novo regime automotivo, o governo espera investimentos de R$ 5,5 bilhões e aumento da produção dos atuais 3,3 milhões de automóveis (2012) para mais de 4 milhões por ano. “Os números revelam o acerto do novo regime automotivo, que está gerando mais investimentos no Brasil para permitir a produção de carros mais seguros e que consomem menos combustível”, declarou o ministro Fernando Pimentel.
 
 
Santos Offshore passará a ser bianual
 
A 7ª edição da Santos Offshore será realizada de 8 a 11 de abril de 2014 e sua periodicidade passa a ser bianual, adequando-se ao calendário dos eventos Offshore no Brasil e em outras partes do mundo. A feira, organizada pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, é o maior evento do setor de Exploração e Produção (E&P) do Estado de São Paulo e acontecerá no Mendes Convention Center, em Santos.
 
A edição de 2012 recebeu 12.820 visitantes e teve mais de 100 expositores presentes. Ainda, registrou a realização de rodadas de negócios que movimentaram cerca de R$ 88,3 milhões (concretizados no prazo de um ano) para o setor, valor maior que o dobro na edição anterior do evento. A expectativa dos organizadores é que a próxima edição da Santos Offshore em 2014 terá alavancada a sua presença junto as principais empresas do setor, tanto nacionais quanto internacionais, com forte intercâmbio global. Essa movimentação deverá também acentuar as trocas econômicas, trazendo mais benefícios para a Região Metropolitana da Baixada Santista, composta por nove cidades: Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande, Santos e São Vicente.
 
Igor Tavares, diretor da Santos Offshore, não tem dúvidas de que com as mudanças o evento vai superar todos os números alcançados nas edições anteriores. “Com o grande crescimento que a Bacia de Santos experimenta, a tendência é acompanhar esse ritmo. O novo patamar que a prospecção de petróleo e gás no Brasil vai registrar nos próximos anos, transformando-se, paulatinamente, em um dos maiores produtores do mundo, exige uma adequação e integração dos maiores eventos e congressos da área que são feitos no País, além de se encaixar no ciclo de produção do pré-sal”.
 
Tavares se refere também aos eventos Brasil OffShore (realizado em parceria com o IBP - Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis, que acontece em junho desse ano em Macaé - Rio de Janeiro); além dos dois outros realizados sempre no segundo semestre: o OTC Brasil e a Rio Oil & Gas Expo and Conference. Todos esses três eventos já têm periodicidade bianual.
 
COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com