Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 38
Busca::..
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Pelo Mundo
14/03/2013 10h49

Pelo mundo

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 Empresas holandesas, importadoras de fixadores, criaram a primeira associação da indústria local
 
 
Em dezembro de 2012, numa reunião em Tilburg, cinco empresas criaram a NEVIB - primeira Associação Holandesa de Importadores de Fixadores e Produtos Similares Industriais. NEVIB representará os interesses das indústrias deste segmento junto ao governo holandês em Haia e junto a União Europeia, em Bruxelas, na Bélgica. O princípio orientador de políticas desta nova associação é a promoção do livre comércio. Dada a sua grande rotatividade anual, e o fato de gerar milhares de empregos, segundo NEVIB, “a indústria de fixadores holandesa é um negócio importante e um notável player do setor de nossa construção”.
 
A entidade informa que irá cooperar, o máximo possível, com associações similares de outros países europeus e com a associação europeia abrangente, a Associação Europeia Distribuidor Fastener. Robert Klaasen, da Eurobolt, é o seu presidente, com Vincent Van Dijk como secretário.
 
 
Heinz Soyer vence o Innovator Fastener 2013 na Fastener Fair Stuttgart
 
 
A tecnologia patenteada Soldagem de Parafuso Prisioneiro, da Heinz Soyer Bolzenschweisstechnik GmbH, foi a vencedora do prêmio Fastener Technology Innnovator 2013 durante a Fastener Fair Stuttgart na Alemanha, em fevereiro. 
 
Ao anunciar o vencedor no último dia da feira, os juízes foram unânimes na opinião de que o sistema premiado era um notável avanço técnico, oferecendo uma excelente gama de produtividade e benefícios econômicos para os usuários. 
 
A competição, que foi patrocinada pela Fastener + Fixing Magazine, teve a premiação apresentada por Jamie Mitchell, diretor da revista. O segundo colocado foi um produto que combina duas tecnologias bem estabelecidas, num avanço significativo na fixação conjunta de segurança numa máquina da série X da Nord-Lock. O terceiro foi o parafuso da böhl Gruppe, que os juízes descreveram como “um parafuso de qualidade e projeto muito inteligente”.
 
Na condição de editor da Fastener + Fixing, fiz parte do júri, ao lado de Bernd Stapf, secretário da European Fastener Distributor Association (associação dos distribuidores europeus de fixadores), e Mark Salmon, um conceituado consultor no segmento de fixação que, regularmente, contribui publicando artigos conosco. 
 
Quero destacar a vasta experiência de meus colegas juízes (19 ao todo), e expressar meu apreço pela avaliação de um conjunto muito variado de 2013 participantes. As decisões não têm sido fáceis. Tivemos uma difícil tarefa para escolher os vencedores. Apesar dos trabalhos apresentarem elevado grau de qualidade, não consideramos apenas méritos técnicos, e sim os benefícios que estes poderiam oferecer aos usuários de fixação. Consideramos de grande valor a participação de todos, pois a inovação desempenha papel crucial no sucesso da indústria de fixadores, bem como os seus negócios.
 
 
Brighton-Best International lança programa online que permite compras diretamente do estoque das fábricas
 
 
Introduzido nos EUA há pouco mais de 12 meses, e atualizado em julho de 2012, o programa da Brighton Best International (BBI) agora está sendo oferecido ao mercado europeu através de sua sede em West Midlands, no Reino Unido. O programa é baseado no fluxo constante de inventário do que está sendo produzido e do que está pronto para a expedição, junto aos melhores fornecedores da BBI.
 
A BBI destaca que o programa funciona porque os distribuidores são capazes de obter redução de custos, maior controle de estoque, redução do lead-time, maior fluxo de caixa, entre outros.
 
Segundo Mike Churchill, gerente de filial da BBI, “no Reino Unido, o programa foi lançado em novembro de 2012 com uma variedade de parafusos sextavados em diâmetros M4 a M36 e em comprimentos de 35 mm a 200 mm. Vamos lançar futuramente em polegadas e porcas. Os clientes podem encomendar contêineres cheios diretamente de nosso armazém no Extremo Oriente, reduzindo o lead-time, beneficiando de nossos preços vantajosos. Ao fazer login no site da BBI, os clientes poderão ver o produto no chão da fábrica, ainda em Taiwan, e em seguida organizar o transporte. As encomendas são processadas automaticamente, ou seja, não há tempo de fabricação, assim, basta puxar os paletes e enviá-los.”
 
Para conteineres completos de compradores do Reino Unido não terão custos adicionais ou trabalho braçal, os preços serão CIF na porta dos clientes. Para clientes europeus, os preços serão baseados em termos CIF do porto local. A BBI permitirá aos clientes do Reino Unido pedidos mínimos de 10 paletes para ser enviado para o armazém do BBI em West Midlands. O cliente só será responsável pelo frete a frente.
COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com