Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 27
Busca::..
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Fique por dentro
20/06/2011 05h07

O sucesso da turnê do U2 foi feito de talento e muitos parafusos

Em abril deste ano, São Paulo recebeu o show do U2. Os irlandeses fizeram três apresentações no Estádio do Morumbi,com uma estrutura até então nunca vista.
Durante muitos anos tanto a banda quanto Willie Williams, responsável pela projeção da turnê, discutiram idéias para criar um palco que tivesse 360°. O primeiro esboço de uma estrutura com quatro braços foi criado em 2006, durante um jantar. Nesta ocasião, Bono Vox juntou garfos empilhados para poder demonstrar sua idéia.
Segundo Williams: “Tudo o que fazemos planejando o show está focado na procura de uma nova e interessante maneira de apresentar as músicas. Você precisa entrar na mente da banda.”
Após conseguirem criar o desenho desejado, a empresa belga Stageco foi a responsável pela montagem do palco, utilizando novos sistemas hidráulicos de alta pressão.
Somente a estrutura de aço - chamada de “a garra” - possui quase 28 metros de altura, sendo o cabo central de aproximadamente 46 metros. Com isso ela é capaz de suportar até 180 toneladas de peso.
Para criar a apresentação visual em cada show são necessários 30 mil cabos e 320 mil parafusos. Já o telão de LED possui mais de um milhão de peças, 500 mil pixels, 1300 m2 quando está aberto e pesa 54 toneladas.
Cada montagem leva quatro dias para ser realizada, sendo 12 horas somente para o telão, palco e equipamentos.
Após a performance da banda, a equipe de produção precisa de 6 horas para desmontar o telão e mais 48 para toda a estrutura de aço utilizada no estádio.
Como são necessários tempo e esforços para cada show do U2, o grupo tem dois palcos idênticos, então enquanto um é desmontado em um local, outro já é levantado no lugar da próxima apresentação. Isso faz com que o custo estimado de cada um deles esteja entre
US$ 25 e US$ 35 milhões.
 

 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com