Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 71
Busca::..
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Ásia News
05/10/2018 11h03

Ásia News

 Taiwan tem trimestre recorde na exportação de fixadores

Somente as cias norte-americanas mportaram 40% do total

As estatísticas alfandegarias de Taiwan apontam que sua exportação de fixadores (parafusos e afins) alcançou entre os três primeiros meses (Q1) deste ano cerca de 403.178 toneladas (t), ao preço médio de US$ 2.864 por kg, um recorde para apenas um trimestre. As principais classificações de fixadores foram: diversos parafusos (classificação 7318159000); porcas (7318160000); parafusos auto-atarrachantes (7318140000); chipboard (7318120000) e pregos de ferro (7317009010).

Exceto os pregos que tiveram expressiva queda de 23,80%, nos demais fixadores o crescimento girou entre 7 e 9%, dominado por "diversos parafusos" e "porcas" que representaram mais de 70% do resultado. Os cinco principais destinos foram EUA, Alemanha, Holanda, Japão e Canadá, cabendo aos americanos 160 mil t, cerca de 40% do montante.

 

Fastener & Hardware Trader Eto, Japão, abre escritórios na China e Vietnã

 

Expandindo mercados, a japonesa Fastener & Hardware Trader Eto estabeleceu dois novos escritórios em abril, um na cidade chinesa de Dongguan (província de Guangdong); outro em Hanói, no Vietnã. O escritório na China se chama “Eto (Shanghai) International Trading Co., Ltd. Dongguan Officee”. Já o Vietnã foi batizada como "The Representative Office of Siam Eto Co., Ltd. in Hanoi City".

 

Vietnã é a estratégia DIY para Chin Well Fasteners

 

Indústria de fixadores fundada em 1989, a taiwanesa Chin Well tem o Vietnã como ponto chave para expandir seus negócios. Segundo a diretora executiva do grupo, Tsai Chia-ling, trata-se de um país que oferece mão de obra de baixo custo e que pode ser treinada de maneira econômica. A linha de fixadores “do-it-yourself” (DIY), ou “faça você mesmo” é um dos segmentos que a Chin Well busca expandir nesta unidade estratégica.

“Atualmente, produzimos no Vietnã linhas destinadas ao Sudeste Asiático, como fixadores para conectar barras de concreto armado, usadas em edifícios. Atualmente essa planta produz 60 mil tons/ano em fixadores em geral, e nossa previsão é que essa unidade fomente em dois anos nossas receitas entre 30% e 40%”, relatou. “Buscamos ampliar o DIY já no terceiro trimestre, e já dispomos de um cliente norte-americano que poderá absorver 15% dessa linha” disse a executiva que informou já ter planos para a Europa.

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com