Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 32
Busca::..
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Investimento
18/06/2012 11h05

 

INVESTIMENTO

A jovem Zirmax aposta em nova fábrica e  modernos equipamentos

Com expansão de local, empresa amplia capacidade produtiva em 300% e visa inserção em outros mercados

 

 

Fundada em 2008, a Zirmax Beneficiamento de Metais é uma empresa familiar que cresceu muito em pouco tempo. Com apenas três anos de atuação, acaba de investir em uma nova fábrica, adquiriu novos equipamentos e linhas de produtos, aumentou sua capacidade de produção e almeja conquistar mais. Os investimentos totais aplicados, hoje, giram em torno de R$ 1,5 milhão. O segredo, segundo o diretor comercial Rodrigo Cardozo, é confiar que com a aquisição sempre vem o retorno esperado. “Acreditamos que o mercado, principalmente o automobilístico, está em grande ascensão. Portanto, novas tecnologias têm que ser empregadas para atender o alto nível de exigência dos clientes”, afirma.

Para se adequar a esta demanda, a empresa investiu em uma linha automática de gancheiras, uma estufa e centrífugas de secagem de peças e retificadores automáticos. Soma-se a isso os demais serviços em tratamentos de superfícies já oferecidos, que inclui linhas automáticas e manuais de zinco com tambores rotativos, linhas automáticas e manuais de zinco com gancheiras, linhas de fosfato e linhas de zinco ligas (níquel e ferro). Toda essa estrutura está situada agora em um outro ponto de Diadema - SP (mais bem localizado que a antiga sede), em uma área de 2.200m², e conta com 30 funcionários operadores. Certificada pelo ISO 9001/2008, possui também um laboratório de análises completo, que realiza o controle de qualidade das peças e análises dos banhos isentos de cianeto, e uma estação de tratamento de efluentes, onde a água utilizada na produção passa por rigoroso procedimento antes de ser descartada.

Além de aumentar a capacidade produtiva em 300% com esta nova sede, a Zirmax possui boas perspectivas em relação ao mercado, o que a estimula investir mais, tanto a curto quanto a longo prazo. “Estamos implantando uma linha de zinco mecânico, que deve entrar em operação nos próximos meses, e em uma nova linha de zinco, automática com tambores rotativos. Esses novos investimentos totalizarão uma movimentação de R$ 600 mil”, estima Cardozo. Como hoje o setor automobilístico representa cerca de 90% da sua capacidade, sendo os 10% restantes divididos em construção civil, componentes eletrônicos e linha branca, a empresa planeja para os próximos anos a introdução em novas áreas. “Visamos aumentar nosso percentual de participação nos segmentos agrícola, construção civil, petrolífero e também na área de pesados, de acordo com as regras sobre emissão de poluentes. Ansiamos que o Brasil irá expandir muito e gerar grandes lucros nesta esfera”, finaliza.

 

 

                                                                                                                     

 

 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com