Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 31
Busca::..
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Eventos - Fastener Fair Brasil
24/03/2012 10h03

 

Eventos 

 A estreia da Fastener Fair no Brasil

 

 

Consagrada mundialmente, a feira teve sua primeira edição em São Paulo, tornando-se um marco no setor nacional de fixação

 

A Fastener Fair faz parte da série de exposições comerciais direcionadas para a indústria de fixação realizada na Alemanha (Hannover e Stuttgart), Índia (Mumbai) e Tailândia (Bangkoc). Entre os dias 8 e 9 de novembro de 2011, o Expo Center Norte, em São Paulo, sediou pela primeira vez a Fastener Fair Brazil com 171 expositores e especialistas que, durante um simpósio, falaram sobre processos de produção, garantia de qualidade, tratamento de superfície, aplicação e as últimas inovações e tendências. Stephen C. Brooks, presidente da Mack Brooks Exhibitions, empresa britânica, organizadora do evento, destacou que o Brasil é um mercado bem estabelecido para as tecnologias de parafusos e fixadores para construção, o que é um enorme potencial de crescimento no futuro próximo. Com eventos esportivos confirmados, como a Copa do Mundo 2014 e os Jogos Olímpicos 2016, o Brasil embarcou em um programa massivo para reconstruir sua principal infraestrutura. “Setores como: construção, ferroviário, automotivo, telecomunicações, energético, petroquímico e aeroportuário participam de um importante papel na economia do país neste momento, proporcionando excelentes oportunidades para o mercado de fabricantes e fornecedores da indústria de parafusos e de fixação no geral”, afirma Brooks. 

Na ocasião, um grande número de fabricantes e distribuidores locais, da Europa, Estados Unidos e Ásia abordaram o mercado brasileiro e estabeleceram relações de negócios nesses dois dias. “Segundo Candyce Costa, coordenadora do evento, a próxima edição será realizada no mesmo local, ou seja, no Expo Center Norte em São Paulo, nos dias 20 e 21 de novembro de 2012, colocando o Brasil, definitivamente no circuito Fastener Fair Internacional”. 

Confira nas próximas páginas os depoimentos de algumas das principais empresas do setor, personalidades, seguido de um panorama das palestras no simpósio tecnológico.

 

 

Rosano Gianesi, diretor executivo da Nylok Tecnologia em Fixação“O evento foi uma grandeoportunidade para estreitarmos relacionamentos e fazermos novos contatos, tanto no mercado interno como externo. Nestes dias recebemos diversas visitas do exterior, como James Zima e Nilo Urbani, respectivamente, presidente e diretor internacional da Nylok LLC, EUA. Por outro lado, recomendo que nas futuras edições da feira, busquemos uma maior participação dos fabricantes de equipamentos, assim como uma maior presença de profissionais de indústrias consumidoras”. 

 

James Zima, Rosano Gianesi e Nilo Urbani.

 

Luiza Rodrigues, diretora da unidade Brasil da Brighton-Best International, distribuidora de fixadores
“Próximos de alcançarmos 90 anos de atividade, nossa empresa busca permanentemente atender os distribuidores de fixadores, algo que reiteramos nesta feira, onde também divulgamos nosso novo website, sobretudo nas linhas de sextavado interno e externo, além de estarmos ampliando nossa linha de produtos”. Nesses dias, o estande da empresa contou com a presença da vice-presidente executiva de Operações, Peggy Shieh, do vice-presidente de Produto, Jun Xu, ambos da Brighton-Best International, EUA.

                                                                                                                                                                Peggy Shieh, Luiza Rodrigues e Jun Xu

 

 

Douglas Bandeira, gerente de marketing da SurTec, produtos para
tratamento de superfície
“Nosso grande destaque é para o Sekor Top 250, um selante para aumento da resistência à corrosão, que evita a reposição de peças após desidrogenização, lançado oficialmente nesta feira, com comercialização prevista para o começo de 2012. Estou impressionado com a aceitação, a qualidade e o volume de expositores neste evento”.

 

Marcelo Pontes Rodrigues, gerente comercial para América do Sul da fabricante de ferramentas para produção de parafusos, Sala Punzoni
“Por ser a primeira edição, o mercado está com uma expectativa muito grande, pois é muito focado em ferramentaria e no mercado de fixadores, o que é excelente comparado a outras feiras que temos por aqui. A Sala Punzoni é um importante fornecedor europeu, principalemnete em países como a Alemanha, França, EUA e China. Sua qualidade é excepcional ao ponto de competir num mercado como o chinês”.

 

Alberto Spaziani, responsável pela divisão industrial da Parasmo fabricante de parafusos
“De 10 visitas que recebemos no estande, oito eram para vendas. As empresas estão querendo mais vender do que comprar produtos. Por isso, a feira ficou um pouco abaixo das nossas expectativas em relação a vendas. Porém, sem dúvida poderá resultar em futuras parcerias, além de ver as novidades de importação, estreitar laços com nossos clientes e divulgar nosso trabalho”.

 

 

Anton Kittler, gerente da KS Import, ferramentas para produção de parafusos
“Notei a presença massiva de empresas chinesas, o que reforça o fato deles terem vantagem em relação à indústria brasileira. Considero este evento como um nascimento de uma empresa, apesar de ter 18 anos de mercado. A KS Import é uma empresa nova, fundada há cerca de um ano, e fizemos um grande investimento em pinos de extração, elaboramos um software novo e vejo a feira como um ponto de partida”.

 

 

J.B. Graef, diretor da SouthWind
Tradicional fornecedora das fabricantes de fixadores – tanto em máquinas e ferramentas para produção, quanto para inspeção e acabamento – a empresa destacou uma aplicação para embalagem de parafusos e porcas. “Apresentamos uma embaladora automática de fixadores em sacos plásticos, confeccionados no próprio equipamento, que também pode rotular textos e códigos de barras durante o processo. A novidade, da marca holandesa Weighpack, permite a memorização de até 500 itens diferentes, fazendo com que a troca de produtos seja de apenas cinco minutos, com quantidades variando de 100g até 5 kg”.

 

 

Marcos Caldeira, gerente da indústria Arber Parafusos
“O evento por si só é inédito e a Arber não poderia ficar de fora. Nosso objetivo aqui é mostrar o que fazemos no setor automotivo há 56 anos. Seria interessante que a feira fosse realizada, pelo menos, a cada dois anos”.

 

 

Patrícia Damásio, consultora de marketing e vendas da Metalbrax
A Metalbrax tem se destacado como uma fabricante de parafusos de grande porte, visando construções pesadas, como os setores naval, Oil & Gas, torres de transmissão, energia eólica e indústrias. “Foi um momento bom para atrair novos clientes. Apesar de ser pequena, acredito que esta feira irá crescer muito, pois a concorrência aqui é forte, principalmente com os importados da China. Como nossa linha é totalmente artesanal, e nossos produtos bem diversificados estão nos destacando nessa competição”.

 

 

Rodolpho Georg Filho, gerente geral da Flecha Parafusos
Somos fabricante de parafusos, sediados no Rio de Janeiro, e concluímos que nossa participação na feira foi extremamente válida, onde deveremos participar novamente.
Fomos muito felizes na escolha da metragem e do local (bastante estratégico). Conseguimos contatar novos clientes, reaproximar dos antigos e, ainda, reposicionar a empresa no mercado. Foi um evento de elevado nível técnico e comercial.

 

 

Karine Camassola, gerente comercial da Manzato, indústria de parafusos
“Conheço a feira da Alemanha e senti que o mercado de importados é bem abrangente aqui também. Começamos como uma empresa de usinagem e hoje estamos há 41 anos no mercado com nossas linhas de parafusos standard, e peças especiais. Fabricamos e exportamos para a Colômbia, Bolívia, México e Índia e, por isso, estamos investindo para competir com o mercado exterior”.

 

 

Davut Dolgun, gerente de Comércio Internacional da Berdan Civata
“Na Turquia, em Tarsus – cidade onde nasceu o apóstolo Paulo de Tarsus, o que justifica o nome –, a empresa produz linhas pesadas em parafusos, porcas, arruelas e chumbadores, destinados aos setores da construção, máquinas, petroquímica e transmissão de energia. A Berdan Civata busca maior presença na América Latina, sobretudo em energia eólica, principalmente por estar presente no fornecimento, para a Alstom Brasil, na construção de aerogeradores e sistemas de transmissão.”

Heinz Gruber, representante no Brasil da National Machinery/Mectron, máquinas para produção de fixadores“A feira foi além das nossas expectativas. Apostamos que ela deva continuar a cada ano, como nos outros países. Apresentamos uma máquina da Mectron que facilita o setup de conformadoras, para manter a qualidade das medidas. Isso economiza muito tempo para liberar a estampagem de lotes. Sobre a National, aproveitamos a oportunidade estreitarmos ainda mais nossos laços com as indústrias brasileiras de parafusos de alta precisão, nossos principais clientes, além de conhecermos outros”. Também, estiveram presentes Jerry Bupp e Bill Van Camp (vicepresidente de Marketing e Vendas, gerente de Produto da National Machinery, EUA) e Terry Hoffman (vice-presidente da Mectron, EUA).

 

                                                                            Jerry e Bill Van Camp

 

 Roger Yuji Azeka, gerente de Produto CRC, da Atotech do Brasil
“Nossa empresa é uma das lideres mundiais em fornecimento de sistemas integrados, incluindo produtos químicos, equipamentos e know how, para aplicações em tratamento de superfícies, decorativa e funcional, de semicondutores e circuitos impressos.
Esta feira foi estratégica, pois, proporciona soluções conforme os requisitos do mercado, o que inclui os revestimentos para os elementos de fixação, atendendo leis ambientais, contribuindo com o desenvolvimento sustentável. Além disso, foi uma oportunidade de, não somente apresentarmos nossos novos produtos, mas de mostrarmos como atuamos nos processos produtivos, reduzindo custos e melhorando a qualidade para mantermos a liderança tecnológica.”

 

 

Antônio Andrade, responsável da Eurolls no Brasil
“Estou surpreso com o movimento da Fastener Fair. O mercado é propício a oportunidades como esta, nos aproximando dos clientes”. A empresa marcou presença na feira, em razão de estar produzindo no país as prensas horizontais de multi-estágios da marca Vitari, para fabricação de parafusos e
similares.

 

 

 

Ivan Benazzi Jr., sócio-diretor da Rivex
“Somos distribuidores de rebites, rebitadeiras hidro-pneumáticas e peças de reposição da linha de produtos Avdel no Brasil. Pretendemos participar das próximas edições desta feira devido ao grande sucesso desta primeira”.

 

 

Ricardo Suplicy Goes, gerente executivo do Instituto de Metais Não Ferrosos (ICZ)
“É a primeira vez que fazemos um forte trabalho institucional para aproximarmos das empresas que trabalham com galvanização de fixadores. O tema no Brasil é pouco difundido e esta é uma ocasião perfeita para tratarmos do assunto, que inclusive fez parte, recentemente, de um especial do jornal Valor Econômico”.

 

 

John Han, gerente de vendas da Sheh Kai
“Somos uma empresa de Taiwan e produzimos parafusos e buchas de concreto bi-metal. Temos uma combinação de 300 cabeças de aço inoxidável série e do corpo com a ponta de liga leve endurecida”.

 

Eliana Netto, gerente de engenharia de processos e vendas da Max Del, fabricante de parafusos e peças especais
“Nossos parafusos e peças especiais são conformadas a frio em modernas prensas com até seis estágios, possuem geometria complexa e são destinadas para diversos segmentos industriais, com destaque para o setor automotivo, onde a Max Del é certifi cada ISO/TS 16949.” Por outro lado, Eliana destacou estar surpresa com o número de estrangeiros no evento, o que considerou ser muito bom, principalmente para novos negócios. Além destas atividades, a empresa tem atuado fortemente em serviços de tratamento térmico, com expressivos investimentos.

 

 

Vagner Augusto Davanzo, diretor da Fontana Gruppo
“Atuamos no setor automotivo e de máquinas como importadora de parafusos. Por ser a primeira edição, estou surpreso com o movimento e o excelente nível dos fornecedores de suprimentos e máquinas”.

 

 

José Ramón Gómez, diretor da Temsa do Brasil
“Somos inovadores em máquinas de deformação a frio. Lançamos recentemente a Carbotools – ferramentas especiais de metal duro, e pela Saspi – equipamento especial para laminação de prisioneiros de alta precisão. Temos muitos clientes visitando a feira, consideramos de bom nível o evento ”.

 

 

Annemie Van Ocken, gerente de Desenvolvimento de Negócios, da Dejond “Apresentamos variedades produzidas em nossa fábrica, na Bélgica, como rebites, porcas rebites, porcas gaiola; parafusos em inox e especiais; fixadores não ferrosos (em bronze, titânio, alumínio e cobre); montagens, sistemas de instalação e ferramentas manuais. Destaque para os rebites de rosca TUBTARA®, a linha de fixadores que permite um eficaz rosqueamento em chapas metálicas finas”.

 

 

Marcelo Moraes, gerente de novos segmentos da Ciser Parafusos e Porcas
“Destaque para a linha de rebite roscado, ferramentas de aplicação, acessórios e linha química: silicone acético, silicone neutro, selante flexível e espuma expansiva. Nossa política foca o relacionamento com o usuário, por isso acreditamos na eficiência de eventos que permitem essa integração. Apostamos em treinamento, publicidade e informativos, tudo para não tornar essa interface mecânica”.

 

 

Marcelo Pontes Rodrigues, gerente comercial para América do Sul da Carlo Salvi, fabricante de máquinas para produção de parafusos
“Nossa empresa prestigiou mais uma vez o mercado brasileiro participando da primeira edição desta feira. Como são apenas dois dias de visitação, o publico foi de pessoas técnicas e com poder de decisão, ampliando assim as possibilidades de novos negócios. Realizamos contatos de extrema importância, com reais possibilidades de fechamentos no começo do próximo ano”.

 

 

Ivan Reszecki, diretor da Metaltork e General Fix, respectivamente, fabricante e distribuidora de fixadores
“Na Metaltork cerca de 95% dos produtos, onde incluímos, além de parafusos, pinos, buchas, eixos, terminais e barras de direção, pinos esféricos, varetas e conexões, são destinados para o setor automotivo. Com a vinda da General Fix, passamos a atuar fortemente no mercado de reposição, com parafusos e porcas sextavados nas classes de resistência de 5.8 e 8.8, além de parafusos e porcas de roda para caminhões.
Esta é nossa novidade”.

 

 

Frank Fassnacht, diretor da Wafios
“Temos mais de 100 anos em experiência na fabricação de pentes laminadores e uma produção feita por máquinas CNC de última geração. Trouxemos da Alemanha vendedores técnicos para repassar os conhecimentos em tecnologia e padrões de qualidade para nossa equipe brasileira”.

 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com