Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 92
Busca::..
Edição 93
Edição 92
Edição 91
Edição 90
Edição 89
Edição 88
Edição 87
Edição 86
Edição 85
Edição 84
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Ásia News
31/05/2022 02h11

Ásia News

Exportação de fixadores taiwaneses cresceu em faturamento e volumes

Com a demanda em recuperação nas principais indústrias, como automotiva, construção e eletrônicos o frete marítimo aumentou tal como preços de fixadores

Segundo informações alfandegarias, entre o Q1 e Q3 de 2021, Taiwan exportou quase 1,25 milhão de toneladas de fixadores, 19,28% acima do mesmo período de 2020. Calculado em valores, foram exportados cerca de US$ 4 bilhões entre parafusos e similares, valor 32,30% superior a janeiro-setembro 2020. Já o preço médio caiu em US$ 3.2 por kg, um aumento de 10,91% em relação ao mesmo período 2020. O desempenho dessas indústrias do país apresentou aumento tanto nos volumes quanto nos preços.

Além dos EUA representarem continuamente mais de 45% do total e serem o principal destino a cada ano, Alemanha, Holanda, Itália, Polônia e a Espanha também são importantes portais dessa exportação para a UE. Outros países como o Reino Unido, Canadá e China também estão na lista dos 10 principais parceiros da exportação taiwanesa. Comparando o mesmo período de 2020 - com exceção do Japão, que apresentou apenas 0,78% de margem de crescimento no volume de exportação de fixadores de Taiwan - todos os outros países revelaram a margem de crescimento entre 11,83% e 50,64%. Calculado por valores também há crescimento, entre 11,65% e 57,09%. Exceto para a China mostrando uma média mais alta. preço em US$ 5.66 p/kg, outros países orbitam entre US$ 2.41 e US$ 3.7 p/kg, com base em suas demandas de mercado específicas.

A tabela mostra que mais de 60% desses fixadores foram para Europa e EUA

CSC anuncia preços de aço para o Q1 2022

A Direção-Geral do Orçamento, Contabilidade e Estatística de Taiwan elevou a previsão do PIB de 2021 para 6,09%, um valor recorde desde os últimos 11 anos. O setor manufatureiro e a exportação de Taiwan continuam a ganhar força, e o valor das exportações do país atingiu um recorde de US$ 41,58 bilhões em novembro de 2021. As indústrias consumidoras de aço se beneficiarão da demanda de aço derivada de grandes projetos de infraestrutura locais e no exterior. O mercado de aço de Taiwan permanecerá em alta, estável e forte no futuro. Além disso, o imposto antidumping da União Europeia (UE) sobre os fixadores da China será fonte de pedidos junto aos fornecedores taiwaneses.

A Baowu Group e a Anshan Iron & Steel Group, siderúrgicas da China, anunciaram que irão manter seus preços (de janeiro de 2022) estáveis, sinalizando que os preços de mercado estão se estabilizando. Além disso, a produção de aço bruto da China caiu mais do que o esperado. A produção total projetada para 2021 é de cerca de 1,04 bilhão de toneladas (queda de cerca de 26 milhões de toneladas), e deve se reduzir. O último preço do carbono da UE subiu mais de € 80, um crescimento anual de mais de 150%. Além disso, a Tata Steel indicou que os preços futuros do aço serão muito mais altos do que na última década devido ao aumento do custo do material e à redução das exportações da China.

Como a variante Covid avançava, a cadeia de suprimentos ficou sob pressão. O congestionamento portuário e a escassez de contêineres continuarão no curto prazo. Os clientes domésticos da China Steel Corporation - CSC, siderúrgica de Taiwan, aguentaram a pressão do fluxo de caixa limitado e do acúmulo de mercadorias que não podem despachar devido a barreiras logísticas. Diante disso, a CSC decidiu reduzir os preços do primeiro trimestre de 2022 (Q1) em uma média de 2,15%, de 0 a 900 dólares taiwanês (US$ 31.82) por tonelada, medida que visa aumentar a competitividade das indústrias consumidoras de aço, em receber pedidos e exportar. 

 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com