Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 82
Busca::..
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Ásia News
10/08/2020 10h26

Ásia News

Respondendo aos impactos da Covid-19

O quanto a indústria de fixadores de Taiwan foi afetada pela Covid-19? A tabela abaixo mostra dados das exportações de fixadores de aço entre o primeiro trimestre (Q1) 2010 e o Q1 2020. Na segunda década do século XXI, o valor médio de vendas do Q1 era de US$ 926,13 milhões. Em 2020 o valor está em US$ 1,026 bilhão, 10% à média desses 11 anos. O peso dessas exportações nesse mesmo período aumentou 3,3%, provando que as indústrias de fixadores de Taiwan têm melhorando substancialmente sua qualidade, desenvolvendo produtos com alto valor unitário. Porém, tanto em peso quanto em valor as exportações caem em 2020 na comparação com 2018 e 2019. Particularmente, em peso a queda foi de 8,18% e o valor cai de 7,47% comparado a 2019. É definitivo que a pandemia afetará o segundo o Q2, e nem ninguém sabe se veremos recuperação no Q3 e Q4.

A grande recessão de 2020 na indústria de fixadores é inevitável. Qual é o tamanho do impacto? Numa estimativa conservadora, uma queda superior a 10% em relação a 2019 é inevitável.

Com as companhias aéreas globais quase paradas, as viagens entre países são extremamente difíceis. Muitas nações selaram suas fronteiras, deixando estrangeiros praticamente sem acesso, interromperam visitas e feiras de negócios. Já é impossível para os empresários de Taiwan ir para o exterior, desenvolvendo mercados e se relacionando com clientes. Os proprietários estão procurando maneiras de economizar custos para lidar com a demanda e pedidos reduzidos.

Sun Chen Fasteners: novo escritório e com a melhor equipe de todos os tempos

Fabricante taiwanesa de fixadores há 26 anos, a Sun Chen Fasteners está de casa nova. E um dos recursos mais atraentes do novo escritório é a recém-construída sala de controle de qualidade, na qual ela planeja introduzir projetores, medidores de profundidade para ter ali um rigoroso sistema de qualidade.

Ela também planeja adicionar mais equipamentos e contratar mais funcionários para o controle da qualidade.

"Esses controles são essenciais, e expandir os itens de inspeção de qualidade na empresa pode otimizar ainda mais. Em outros itens solicitados por nossos clientes podemos enviá-los para outras unidades terceirizadas em inspeção”, disse Mr. Chen, presidente.

"Quando se trata da Sun Chen Fasteners, sempre se pensa em nossa alta capacidade de transformar desenhos especiais em realidade e alta flexibilidade. Clientes ao nos contatar sempre obtém soluções satisfatórias. Certa vez, um cliente dos EUA buscava tampas de aço inox. No entanto, a fabricação de um produto assim inevitavelmente causaria linhas ou abrasão em sua superfície. Para solucionar, recomendamos que ele usasse filmes de PE com alta viscosidade e ele ficou bastante satisfeito com o resultado obtido”, disse Chen.

Trata-se de uma empresa conectada a uma enorme rede de fornecedores, e é por isso que ela pode lidar com qualquer tipo de pedido sem dificuldades. Suas equipes sempre visitam as fabricantes parceiras para acompanhar o status de fabricação. Quando um cliente reclama é possível analisar e agir rapidamente. "Certa vez tivemos uma reclamação de um cliente que, após a conclusão de nossas análises, ele se desculpou e nos compensou pelas perdas. Antes das remessas aos clientes vamos às fábricas parceiras para inspeções em produtos e embalagens. Esses produtos só são enviados após ok de nossa equipe", concluiu.

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com