Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 43
Busca::..
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Balcão
21/01/2014 02h15

 Balcão


Gaúcha Multifix tem planos de estender sua atuação no varejo


De gerente a proprietário da empresa, Ivan Schapke, agora, quer ampliar mercados

 


Para conhecer a história da Multifix Distribuidora de Parafusos, é preciso entender a trajetória de seu proprietário, Ivan Schapke, no ramo de fasteners. Sua experiência na área de fixadores começou em 1976, também em Porto Alegre, na Companhia Geral de Indústrias, empresa que fabricava fogões, cozinhas industriais e parafusos. Em 77, Ivan já trabalhava dentro da fábrica, na estamparia, no rosqueamento, no laboratório. Depois, foi para o escritório trabalhar no departamento financeiro e, posteriormente, migrou para a área comercial.

Em 1985, a Companhia montou uma distribuição de parafusos no Brasil, com lojas em Porto Alegre, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Vitória, Rio de Janeiro e SãoPaulo (em parceria com a Sartóri). Ivan passou por treinamento na loja de Minas Gerais e, em 1990, assumiu agerência da loja do Rio de Janeiro, onde ficou por dois anos.

Por questões pessoais, Ivan desligou-se da Companhia Geral e mudou-se para Aracaju (SE), onde ficou até o ano de 1999 – fora do mercado de fasteners. Devolta a Porto Alegre, foi trabalhar na loja de parafusos de um amigo, a Açopar, onde ficou até 2002. No ano seguinte, assumiu a gerência da Multifix, que na época pertencia a parentes seus. Com a saída de um dos sócios, surgiu a grande oportunidade para Ivan: entrar para a sociedade, já que seu trabalho era imprescindível. A sociedade durou por três anos, até que Ivan comprou a empresa.

Com cerca de 250 m² de área e estoque de, aproximadamente, 3 mil itens, a Multifix dedica-se, especialmente, ao varejo, apesar de atuar também no atacado. Trabalhando com fornecedores como Fischer, Âncora, Walsywa, Ciser e Belenus, a Multifix encontrou um nicho de mercado: “atendo muitos instaladores de ar condicionado, serralheiros e marceneiros. Estamos estabelecidos entre esses profissionais”, explica Ivan. Mas a Multifix também tem planos de expansão para a área da construção civil, já que está numa região em que muitos prédios começam a ser construídos: “o bairro e toda esta área está mudando. Vamos aumentar o mix de produtos, partir para além do ferramental, investir também em hidráulica e elétrica, porque vai haver procura”, aposta o empreendedor.

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com