Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 88
Busca::..
Edição 88
Edição 87
Edição 86
Edição 85
Edição 84
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Balcão
13/07/2021 04h55

Balcão

AutoInd e o “ouro roscado”

Entre os Séculos XVII e XVIII o Brasil viveu sua corrida do ouro; séculos depois, em 2017, o fundador da AutoInd concluiu que o parafuso é o “ouro da indústria”

Márcio Levi, Vilson Kimmel, Joao Kimmel, Júlio Cesar, Mateus Kimmel, Thiago Sokacheski, Mauro Favoretto, Joelma Heleno, Edson Augustinhaki, Rafael Granado, Suellem Paiva, Allan Kimmel, Jefferson Cavalin, Rodrigo Paiva e Diego de Paula  

Allan Kimmel trabalhou por três anos em uma revenda de peças metálicas, exceto fixadores. Em 13/10/2010, com 21 anos de idade, ele fundou a AutoInd Produtos para Indústria, em Curitiba, PR.

Inicialmente, a AutoInd só revendia itens para linhas de montagem e manutenção industrial em fábricas de máquinas em geral. Entre suas linhas já havia fixadores, mas sem rosca, como pinos, anéis, chavetas e manípulos. Além das fábricas, a revenda já atendia lojas de parafusos na Grande Curitiba e região sul do Brasil.

“Em 2017, após um amigo comentar que o parafuso era o ‘ouro da indústria’, decidimos incluí-lo entre nossas linhas. Foi um grande divisor de águas, e que nos levou rapidamente a elevar em 100% o nosso faturamento. Em 2020, entre as revendas de Curitiba, ocupamos o 3º lugar em volumes de compras junto à Belenus, ficando no Top 10 no Paraná. Antes de adotarmos o parafuso o faturamento oscilava em R$ 50 mil mensais. Em março de 2021 registramos a marca de R$ 1.000.006,53.

“Voltando a outubro de 2010, apenas eu e um amigo iniciamos a AutoInd, locados em 10 m² na garagem na casa do meu pai, com dois computadores, um telefone e muita vontade de empreender. Já em março de 2011 mudamos para o imóvel onde estamos até hoje, na época com 120 m², o que nos tirou da dependência total do telemarketing, podendo atender presencialmente.

Hoje nossa sede é própria, tem 500 m² de área, operamos com 15 colaboradores, atendemos ao mês cerca de 500 clientes remotamente e mil no balcão. Temos mais de 25 mil itens em estoque entre parafusos e fixadores similares, linhas de alças, alavancas, o’rings e muitos outros.

Nossa atuação se divide entre a indústria em geral, como o setor automotivo, químico e alimentício, além das revendas de parafusos e ferragens. Nos próximos anos partiremos para uma expansão incluindo a montagem de um centro de distribuição, bem como no avanço sobre outras regiões do país.

AutoInd
COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com