Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 07
Busca::..
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Editorial: Sérgio Milatias
30/12/2007 09h30

Os parafusos acompanham a história do homem há muito tempo. Segundo alguns autores, ele foi criado em 400 a.C. pelo matemático grego, Archytas de Tarentum. Sua evolução o colocou na categoria de elementos de fixação - que junto com ele é composta por porcas, rebites, arruelas - e são utilizados atualmente nos mais diversos produtos e estruturas, que vão desde portas, janelas, fechaduras até veículos automotores.

O crescimento da sua produção caminha no mesmo ritmo que o avanço da economia. Se usarmos a indústria automotiva brasileira como exemplo, podemos afirmar que as expectativas são bastante promissoras para 2008. Números divulgados pela Anfavea – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores apontam que as montadoras instaladas no Brasil encerraram 2007 com a produção de 2.972.822 veículos. Dados que representam um aumento recorde de 13,9% frente aos 2.611.034 de unidades fabricadas em 2006. Desta produção, 2.797.321 foram de automóveis e comerciais leves, 136.760 caminhões e 38.741 ônibus. A estimativa para 2008 é de um crescimento em 8,9%, atingindo, assim, a marca dos mais de 3 milhões de unidades.
Para se ter uma idéia do real reflexo disso tudo no setor parafuseiro, basta dar uma olhada nos números que apresentamos na seção “Fique por dentro” da revista. Na edição de número 1, mostramos que só no modelo Gol City da Volkswagen há um total de 1.220 fixadores, entre parafusos, porcas e arruelas. Nesta edição você verá que um semi-reboque furgão, implemento rodoviário produzido pela Rossetti, contém 6.710 fixadores. Ou seja, mais automóveis, mais parafusos, mais produção, mais busca por qualidade, maior crescimento.
Nós da Revista do Parafuso só podemos dizer que estamos muito felizes e orgulhosos por fazer parte dessa expansão, porque também evoluímos. Chegamos ao segundo ano da revista, numa mostra clara de que com certeza o segmento é extremamente importante. Daqui em diante nosso objetivo continua o mesmo: informar cada vez mais sobre elementos de fixação e, dessa forma, alcançar o terceiro, quarto, quinto, sexto ano... Nossos agradecimentos a todos anunciantes e colaboradores que tanto nos tem incentivado nesta grata jornada.
Tenham uma ótima leitura!
Sérgio Milatías
milatias@revistadoparafuso.com.br
COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com