Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 102
Busca::..
Edição 103
Edição 102
Edição 101
Edição 100
Edição 99
Edição 98
Edição 97
Edição 96
Edição 95
Edição 94
Edição 93
Edição 92
Edição 91
Edição 90
Edição 89
Edição 88
Edição 87
Edição 86
Edição 85
Edição 84
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Ásia News
18/03/2024 11h43

 Ásia News

É realmente necessário exigir que as indústrias taiwanesas de fixadores tenham plantas no exterior?

O primeiro e mais importante é identificar a faixa impacto e ganhar a confiança dos compradores

A tensão entre Taiwan e a China é em grande parte influenciada pela rivalidade e atrito entre os Estadam indiscutivelmente para o aquecimento da tendência “+1” (a marca de+ (mais) de nota “extra” e “+1” de nota “uma localização extra”). No entanto, vale a pena esclarecer se esta tendência afeta a indústria de fixadores de Taiwan. Abaixo estão alguns pontos para reflexão através de diferentes perspectivas.

Taiwan não tem intenção nem pré-requisitos paraprovocar a China?

Taiwan nunca quis uma guerra, nem irá iniciá-la. Existe um sentimento complicado entre Taiwan e a China,e o desenvolvimento econômico que construíram em conjunto tem sido muito bem-sucedido, o que não levará Taiwan a inventar algo que justifique o confronto.

O preço da guerra é alto?

Muitos especialistas internacionais alertam enormesriscos e consequências de uma guerra através doestreito marítimo que os separam. No caso de conflito,ambas economias seriam destruídas, e demandariam décadas de reconstrução. Quem pode arcar com umfardo tão pesado? Se a China atacasse, Taiwan teria 700mil reservistas para responder imediatamente. Taiwan também adquiriu armamento sofisticado por meio dasua condição de fornecedor de semi condutores, e acredita-se que seu poder é suficiente para sua defesa.

Quais componentes dos fixadores taiwaneses sãosubstituíveis e quais não são?

Os fixadores Made in Taiwan situam-se, variavelmente,no meio da faixa de preços do mercado e, no casode uma guerra, não seria difícil encontrar outros países que comprassem o mesmo nível de produtos que os de Taiwan. No entanto, é necessário salientar que, embora suas linhas de fixadores de Taiwan possam vir a serem substituídos em termos de preço, em relação a sua capacidadede P&D, sua gestão produtiva, credibilidade, bem como sua cadeia de abastecimento que é a mais completado mundo, além de possuir produtos e serviços de elevado valor agregado, são algo único em Taiwan.

Fixadores não são um tipo de recurso de alto valortático e crítico?

Como não se trata de itens extremamente críticos e táticos, como são os semicondutores, havendo guerra apossibilidade de suas fábricas de fixadores serem alvosnão é elevada.

A linha de tendência de fixação de Taiwan permanece inalterada?

Nos últimos três anos, Taiwan nunca foi afetada por preocupações com guerras e pela COVID. Mesmo nos últimos 20 anos, suas exportações de fixadores mostraram uma linha de tendência ascendente de 20 graus (ver Figuras 1 e 2), que estará sujeita apenas ao clima econômico global, mas não a fatores políticos e de guerra.

A adição de locais no exterior se traduz necessariamenteem uma oferta de preços mais baixos?

O custo de instalação de linhas de produção noutros países não é inferior ao custo de produção em Taiwan, o que pode impedir os proprietários taiwaneses de oferecer aos compradores melhores preços e satisfação do serviço.

Esclarecida aqui a extensão do impacto na indústria taiwanesa de fixadores, mediante tensões de um conflito no “Estreito de Taiwan”, acreditamos que clientes aoredor do mundo não devem necessariamente temer epedir aos proprietários dessas fabricantes que sigama tendência "+1", porque, como já mencionado, isso não levará necessariamente a melhores preços. Taiwan tem se destacado no mundo de uma forma única e, portanto, precisamos que a clientela global veja os pontos fortes desses fixadores produzidos internamente, e,com isso, mantenham-se confiantes, para que todos nós possamos juntos continuar a criar relações mútuas e benefícios, seja paraTaiwan,  seja para as demais regiões globais.

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com