Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 30
Busca::..
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Eventos - SAE Brasil
16/12/2011 08h46

 

Congresso SAE BRASIL destaca o papel da engenharia brasileira da mobilidade

 

 

Sob o tema “inovação, meio ambiente e eficiência”, o evento contou com paineis temáticos sobre os novos desafios de redução de emissões, sistemas alternativos de propulsão, baixo consumo energético, sustentabilidade, reciclabilidade, entre outros

 

Com público recorde de 12.240 visitantes, o Congresso SAE BRASIL debateu, entre 4 a 6 de outubro, em São Paulo, o tema ‘Inovação, Meio Ambiente e Eficiência: O Papel da Engenharia Brasileira da Mobilidade’ em 20 paineis temáticos com especialistas nacionais e estrangeiros ligados às áreas aeroespacial, caminhões e ônibus, duas rodas, educação de engenharia, ferroviária, internacional, manufatura, máquinas agrícolas e de construção, motorsport, segurança veicular, sustentabilidade, telemática e infotainment, tecnologia da informação e veículos leves. Foram 142 expositores, sendo 11 montadoras, os principais sistemistas e empresas do setor da mobilidade. Neste ano além dos expositores e outros temas, foram apresentados, dentre diversos trabalhos, dois papers abordando temas envolvendo fixação, apresentados a seguir.

 

Avaliação do tempo para desidrogenização de fixadores automotivos de alta resistência mecânica

 

Considerando os elevados volumes no uso de fixadores nas indústrias automobilísticas e suas fornecedoras e a crescente necessidade de prevenir falhas, o grupo estudou o fenômeno “Fragilização por Hidrogênio”. Foram avaliados parafusos das classes de resistência 10.9 e 12.9, concluindo que as diferenças no comportamento destes fixadores - como perda de torque, presença de fissuras, trincas - ocorrem com tempos maiores que 1h15 na espera para desidrogenização. Além disso, quantidades de anomalias no comportamento dos fixadores aumentam proporcionalmente com o aumento do tempo em testes. Os autores tiveram o apoio da fabricante de fixadores Max Del, Volkswagen e da Faculdade de Engenharia de Materiais, da Fundação Santo André.

 

Autores
Adriano R. Puga (Max Del) -
adriraipuga@gmail.com
Cleber C. Machado (Max Del) -
clebermachado5@hotmail.com
Fábio M. Hatae (Promax) -
fabiohatae@yahoo.com.br
Júlio Cesar da Silva (Volkswagen) -
portuganet@itelefonica.com.br
Marco A. Colosio (Fund. Sto. André) -
marco.colosio@gm.com
 

Uma solução inovadora para fixação segura com garantia da tensão de tração e torque prevalente

A garantia de fixação em juntas montadas ainda é um desafio para os projetistas, especialmente em relação à perda de torque e consequente afrouxamento dos elementos de fixação. Entre os principais motivos de acidentes causados pela soltura destes elementos está a incorreta aplicação do torque (muito alta ou muito baixa) e a possibilidade do comprometimento da fixação da junta devido à vibração que atua no sistema.  

Este trabalho apresenta uma solução em fixação onde a resistência ao afrouxamento é dada pela aplicação simultânea de esforços de tração e torque prevalente no campo elástico dos componentes, o que diminui a possibilidade do autoafrouxamento.

A solução é uma porca que pode ser usada em todos os tipos de juntas a qual aplica força tensora pela ação de duas arruelas montadas ao corpo da porca.

 

Autores
Mauro Moraes de Souza -
mauro.souza@neumayer-tekfor.com
Juliano Savoy -
juliano.savoy@neumayer-tekfor.com
Hamilton Corrêa -
hamilton.correa@neumayer-tekfor.com
Paulo Cesar Sigoli -
paulo.sigoli@neumayer-tekfor.com
 

 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com