Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 68
Busca::..
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Entrevista
12/04/2018 04h58

 Entrevista

Tu-Chin Tsai é o novo presidente do Taiwan Industrial Fasteners Institute

Editor da revista Fastener World Magazine, Gang Hao Chang entrevistou o presidente de uma empresa de galvanização e que agora atua, também, na proteção dos parafusos e parafuseiros taiwaneses  

Além de chefiar a defesa dos fabricantes locais de fixadores na condição de presidente do Taiwan Industrial Fasteners Institute (TIFI), Tu-Chin Tsai também é o "homem da cadeira" na Sun Beam Tech Industrial Co., Ltd, empresa com forte atuação no setor de galvanização a quente, dona de uma participação em mais de 70% do mercado em Taiwan. Particularmente na Malásia, esse market share é ainda mais notável, com mais de 90%. Tsai considera que o TIFI - já próximo de alcançar seu 50º aniversário - é um centro crítico para manter a unidade dos associados (672) e para desenvolvimento da indústria de fixadores em seu país. Boa leitura!

Sobre os planos TIFI?

O futuro de nossas indústrias de fixadores está, definitivamente, atrelado com a atualização e expansão para mercados de alto valor agregado, como a indústria automotiva, a aeroespacial e a eletrônica. Especialmente, o foco do desenvolvimento futuro estará no mercado de fixadores para carros, que registrou crescimento de mais de 30% em 2017. Num exemplo, o TIFI organizou uma delegação que participou expondo na feira em Colônia, Alemanha, a International Hardware Fair Cologne and International Fastener Expo. Esta foi uma ação que visa dar suporte aos associados para que eles se desenvolvam e atuem em nível global. Além disso, a feira de negócios Taiwan International Fastener Show - organizada por TIFI e Taitra (Taiwan External Trade Development Council) - está em 2018 batendo seu próprio recorde ao alcançar 410 empresas expositoras, além de 1.100 estandes padronizados. Esse evento continuará combinando ações que somam exposição e visitas em indústrias localizadas ao sul de Taiwan, criando assim infinitas oportunidades de negócios.

Como promover ativamente atualização e a transformação técnica da indústria em face da competição global?

De acordo com nossas estatísticas de negócios, as exportações de fixadores feitos em Taiwan tiveram um bom desempenho, crescendo 4%, totalizando 1,46 milhão de toneladas nos primeiros 11 meses de 2017. Isso se traduz em crescimento de 13%, ou US$ 3,9 bilhões em termos monetários . Diante da intensificação da concorrência global, Taiwan deve considerar a atualização técnica e a transformação industrial, além de ver uma indústria sustentável de fixadores como o objetivo final. Também devemos considerar nossa atualização a partir do mercado automotivo, ferroviário e 3C para criar mais valores agregados nossas indústrias. Estudos indicam que a demanda total por fixadores automotivos superou em mais de 30% da toda produção global de 2016, um aumento de 3% em relação a 2015. A partir dessa tendência de crescimento estável, espera-se que a demanda desses itens cresça ano a ano. Ao mudar e melhorar a tecnologia e libertar-se da concorrência de preços, todos podem compartilhar o mesmo alvo e apontar para a produção de peças de alto valor. Sendo assim, Taiwan pode encontrar aí a chance de se tornar em 2020 o gigante no fornecimento de parafusos, porcas e todos itens similares de para aplicações automotiva.

China e ASEAN indicam oportunidades de negócios que valem uma especial atenção das empresas interessadas?

Sob a tendência da globalização, TIFI mantém-se incentivando suas associadas a se desenvolverem cada vez mais para atender o mercado global. Observe que a China importou US$ 3,2 bilhões em fixadores durante 2016, com o preço unitário de importação em torno de US$ 10,00/ kg. Mais de 50% desses itens foram fabricados por Japão, Alemanha e Coréia do Sul. Apenas 7% são Made in Taiwan. Considerando nossa alta qualidade e preços razoáveis, realmente vale a pena nos desenvolvermos para ampliar nossa participação na China. Por outro lado, no que diz respeito ao mercado emergente da ASEAN (sigla da Associação de Nações do Sudeste Asiático: Brunei, Camboja, Filipinas, Indonésia, Laos, Malásia, Mianmar, Singapura, Tailândia e Vietnã), essas nações têm um mercado automotivo crescendo substancialmente, o que os tornam também nossos alvos para expansão nos negócios.

Gang Hao Chang
Fastener World Magazine
COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com