Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 95
Busca::..
Edição 103
Edição 102
Edição 101
Edição 100
Edição 99
Edição 98
Edição 97
Edição 96
Edição 95
Edição 94
Edição 93
Edição 92
Edição 91
Edição 90
Edição 89
Edição 88
Edição 87
Edição 86
Edição 85
Edição 84
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Especial
20/10/2022 04h36

Especial

Böllhoff celebra 145 anos no mercado global

Atuante em sistemas de fixação e montagem, a empresa alemã mantém seu crescimento em nível mundial guiado pela inovação, apoiando clientes em toda sua cadeia de valor agregado, otimizando processos e reduzindo custos

Michael W. Böllhoff , Dr. Wolfgang e W. Böllhoff (diretores) 

Nome consolidado no globo em sistemas de fixação, a Böllhoff está celebrando 145 anos de atividades. Com inovação em seu DNA, a empresa segue crescendo, fechando o ano de 2021 com € 671 milhões em vendas globais.

Fundada em 1877, sua história da Böllhoff iniciou em Herdecke (região de Dortmund), Alemanha, onde Wilhelm Böllhoff abriu uma revenda de ferragens para servir os setores de forjaria, metalurgia e mineração. Ao longo de décadas de conquistas, em 1923 a segunda geração da família abriu uma filial distante 120 km, em Bielefeld, local este que sedia seu headquarter, onde iniciou sua produção própria de fixadores em 1953.

Sete anos depois, em 1960, o Grupo Böllhoff começou sua trajetória de expansão internacional. Em 1964, abriu instalações no Brasil e, em 2001, fixou presença na Ásia. Hoje, a Böllhoff se tornou um fabricante mundial e especialista em elementos de fixação, sistemas de montagens e fornecedor de serviços e sistemas de tecnologia de fixação, com uma rede de 51 empresas e 13 instalações de produção distribuídas em 45 localidades de 25 países em todo o mundo.

"Somos apaixonados por inovação, mantido de geração para geração. Já estamos na quarta geração da família e, à medida que a tecnologia avança, identificamos oportunidades incríveis de evolução do nosso portfólio com produtos de ponta. Ano a ano oferecemos produtos mais robustos e abrangentes com foco em incrementar a produtividade, eficiência e agilidade operacional de nossos clientes, mundialmente. Tudo isso nos permite dar suporte e apoiar à clientela em toda sua cadeia de valor agregado, otimizando processos e reduzindo custos", destaca Flávio Silva, CEO da Böllhoff Brasil. "Somos reconhecidos como um parceiro inovador de grandes players do mercado por combinar tecnologias, sistemas de montagem e soluções logísticas", completou.

Com mais de seis décadas de operação no País, Silva considera o Brasil como um mercado chave para a Böllhoff. "Certamente a aposta na expansão do mercado brasileiro é uma de nossas prioridades, para a qual manteremos investimentos para inovar com o mesmo padrão de qualidade global, contribuindo para o desenvolvimento tecnológico do setor de fixação e sistemas de montagem. Nossa unidade brasileira tem comercializado em média mais de 620 milhões de fixadores por ano. Desse volume, cerca de 40% são exportados para a Alemanha, Argentina, Chile, Colômbia, EUA, França, Itália, Japão e México. Dentre as indústrias que atendemos com a produção brasileira estão a automotiva, de construção civil, agrícola, aeroespacial, máquinas e equipamentos", concluiu Silva

Bollhoff Service Center Ltda. (Brasil)
COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com