Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 60
Busca::..
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Eventos- construmetal 2016
27/11/2016 09h31

    Eventos

Construmetal 2016

 

Congresso e feira de negócios do setor da construção metálica reuniu mais de 2 mil pessoas entre expositores e visitantes em sua 7ª edição

 

 

Em setembro último a Associação Brasileira de Construção Metálica-ABCEM realizou a 7ª edição do Construmetal, ciclo de palestras e debates no campo técnico e feira de negócios com empresas expondo produtos e serviços. Este evento tem três dias de duração e foi realizado em um local fora do circuito normal deste perfil, o Centro de Exposições do Shopping Frei Caneca, distante cerca de 100 metros da Avenida Paulista, na capital de São Paulo. O porte do evento cai como uma luva neste local, com vantagens imensas como alimentação e estacionamento em preços de shopping, bem mais civilizado do que o praticado nos grandes pavilhões, além de sua ótima localização. O compacto e simpático espaço deveria ser visto por mais organizadores de eventos que nem sempre tem demandas de feiras como Automec, Feicon e outras, assim como shoppings maiores poderiam entrar neste negócio, que geralmente acontecem em dias e horários relativamente ociosos. 
 
Entre as palestras, César Bilibio, presidente da ABCEM, ressaltou a necessidade de promover maiores esforços, de todos os organismos na América Latina para fomentar a construção em aço, unir e integrar, para o bem de todos. As demais palestras debateram sobre os avanços da arquitetura em aço, onde se ressaltou necessidade de critérios elevados para escolha dos materiais utilizados na obra e da análise do local; abordou-se a necessidade de profissionais de arquitetura e engenharia trabalharem de forma integrada; sobre o Brasil necessitar de investimento em pesquisa e desenvolvimento, e por aí foi... 
 
Na parte que cabe à Revista do Parafuso, a seguir, conversamos com duas fabricantes de fixadores sediadas no Sul do Brasil, participantes ativas do evento. Ótimo para elas, afinal de contas, as demais fabricantes de fixadores, em especial as nativas na Grande SP, devem estar demasiadamente ocupadas com suas abarrotadas carteiras de pedidos, o que inviabiliza qualquer participação ou atendimento a novos clientes.
 
                                    Manzato
 
Empresa com forte atuação neste setor, a fabricante gaúcha de fixadores Manzato dedica cerca de 30% de sua produção para aplicação em estruturas metálicas. Mas sua produção vai além, produzindo parafusos de M2 a M25, em classes de resistência até 10.9, atendendo diversos outros setores como ônibus, móveis e linha branca. É a única fabricante de parafusos homologada pelo selo da ABCEM e única produtora de autoperfurantes no Brasil. Além disso, seus produtos saem de fábrica com altos níveis de durabilidade com o uso do revestimento Aluseal Super, marca exclusiva da Manzato, que em testes de Salt Spray comprovou resistência em torno de 1,5 mil horas sem corrosão vermelha, de acordo com Andrade.
 
                                                                      Ciser
Segundo Valdecir Furtado, gerente de Marketing e Negócios da Ciser, a participação visa a solidificação da marca, mas neste mercado ele destacou o sistema de fixação Tenex, feito em aço médio carbono ao boro temperado e revenido e com dureza de 25 a 34 HRC. Trata-se de um item específico para estruturas metálicas, produzido dentro da norma ASTM F 1852. Ele também destacou a linha Stud Bolt, indicado para uso em estruturas mistas de aço-concreto, especialmente vigas e lajes e, finalizando, o reconfigurado Fast – Parafuso Telha Ponta Broca, de aplicações mais rápidas com menor esforço, além de melhorias na geometria e na resistência mecânica.

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com