Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 57
Busca::..
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Evento - Feicon
02/06/2016 01h50

Eventos

Feicon 2016 

Feicon resiste ao ambiente da incerteza

 

Sábado 16 de Abril de 2016 marcou o final da feira do setor de construção e acabamento, Feicon Batimat de 2016. No dia 17, domingo, o Brasil parou para assistir a votação que culminou no primeiro passo para o impedimento da presidente da República, Dilma Roussef. Coincidentemente, na cobertura anterior da Revista do Parafuso sobre esta feira de negócios, publicada na edição RP50 (março de 2015), a foto e a chamada de abertura já indicavam o começo das mudanças no País. Na ocasião, a presidente foi vaiada ao chegar para a cerimônia de inauguração.

Voltando, a feira recebeu mais de 96 mil visitantes, dentre eles, varejistas, arquitetos, construtores e engenheiros, de acordo com a organizadora Reed Exhibitions Alcantara Machado, afirmando que entre os visitantes, 36% tinham poder de decisão onde atuam; 20% eram sócios-proprietários; 13% diretores e 11% gerentes.

Os tradicionais expositores presentes foram também “heróis da resistência” diante do difícil cenário, o que os torna especiais em face dos ausentes, mas isso não inviabilizou a feira. Encontramos alguns novos players em fixadores, indicando um recomeço, que poderá ser conferido na Feicon Batmat 2017, agendada para 04 a 08 de abril, não mais no Anhembi. Dessa vez ela será no São Paulo Expo, na rodovia dos Imigrantes, na capital SP, com ou sem a Dilma.

 

                             Âncora

Uma das empresas que mais se mantém atuante na Feicon, a Âncora Sistemas de Fixação trouxe para esta edição mais novidades, dentre elas se inclui a FGA850, uma ferramenta de fixação a gás, indicada na aplicação de pinos em concreto e aço. Outra novidade foi o Nutbolt, um chumbador mecânico tipo parafuso e com rosca interna, indicado para instalações elétricas, hidráulicas, ar condicionado e sistemas anti-incêndio. Finalizando, Rafael Bernardi, responsável pelo Marketing, apresentou o APL380PRO e o APL400PRO, aplicadores que geram ao usuário conforto e economia, fazendo com que aumentem sua produtividade. Segundo Bernardi, “o evento foi bom, com muitas oportunidades para negócios e com um aumento significativo na presença de visitantes no estande, muitos deles muito mais focados e capacitados”.

 

                                                                                  Walsywa

Especializada em sistemas de fixação para construção civil, a Walsywa teve entre os lançamentos o Concrete Bolt, chumbador tipo parafuso para concreto, que forma a rosca na parede do furo no atarraxar. Outro foi o Concrete Bolt, versátil para aplicações permanentes ou não, de fácil remoção e reutilizável. Já o Blue Bolt é indicado para aplicações em bases maciças e ocas, como blocos em concreto e cerâmica, substituindo fixadores com buchas plásticas, pois é muito mais seguro e de aplicação simples e ágil, além de removível e reaplicável. É revestido com organometálico e está disponível com cabeça chata em phillips, sextavada e fenda comum. “A feira é um termômetro para nós, tivemos uma variação nos volumes entre visitantes e interessados em incrementar seus negócios. Foi satisfatório e, apesar do momento, aumentamos nossa carteira de clientes e houve grande demanda para nos representar”, relatou Eric Ferraro, gerente de vendas.

 

                               S Fixa

Revendedora através do sistema auto serviço, a S Fixa opera por meio de disposição de produtos encartelados em displays em pontos de vendas, como em home centers, varejos de materiais de construção/elétricos e outros. Segundo Marcos Pereira, gerente comercial, os fixadores, principal linha da Cia, são produzidos pela Jomarca, mas isso se estende também para itens como cadeados, dobradiças, TV/vídeo, ferragens e outros. Fundada em 1995 em Itapevi (grande São Paulo), a S Fixa opera numa sede com mais 1000 m² e 30 colaboradores. Que atendem mais 500 clientes no País, com frota personalizada para entregas. Em 2016 ela marcou sua segunda participação na Feicon. “Aqui buscamos melhorar o relacionamento com aqueles que já compram, bem como uma expansão de clientes novos no território brasileiro”, comentou Andreia Fernandes, supervisora de vendas.

 

                                                                            Sharpower Fasteners

Representada no Brasil pela Prime Products, de Bento Gonsalves, RS, a fabricante chinesa Sharpower esteve pela terceira edição na Feicon. De acordo Priscila Belitzki, responsável pelo atendimento na feira, a fabricante dispõe de fixadores para diversos setores além da construção civil, dentre eles parafusos de concreto, barras roscadas, chumbadores, porcas e arruelas, bem como parafusos drywall, auto-perfurante, auto-atarraxante, chipboard e telheiro.

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com