Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 57
Busca::..
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Notas
02/06/2016 12h28

 Notas

 

“Manufatura por Conformação Mecânica: projetar, fabricar e utilizar” é o novo livro de Lírio Schaeffer 

 

Lançado em fevereiro de 2016, o novo livro é parte de uma sequencia de obras anteriores ancoradas sobre o mesmo tema: “Conformação Mecânica” e “Conformação Mecânica: Cálculos aplicados em Processos de Fabricação”. O autor Lírio Schaeffer é professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e doutor pela Universidade de Aachen, Alemanha. Em seu prefácio ele relata que a obra é destinada aos estudantes que se debruçam sobre o tema, bem como técnicos e engenheiros envolvidos com o dia-a-dia no chão de fábrica. Grande parte do apresentado é fruto de trabalhos realizados Laboratório de Transformação Mecânica, LdTM, sediado no coração da universidade gaúcha.  

 

Fey completa 50 anos

Fabricante de fixadores metálicos, sediada em Indaial, Santa Catarina, a Metlaúrgica Fey chega ao cinquentenário em 2016. O dia 11 de maio de 1966 marcou o início das suas atividades, quando a Cia produzia apenas duas toneladas ao mês de porcas usinadas e torneadas em furadeiras manuais. Atualmente, a empresa comandada pelos fundadores Adolfo e Bertoldo Fey produz porcas sextavadas, uma ampla linha de parafusos, grampos e pinos para molas, peças especiais conformadas e usinadas, produtos destinados aos fabricantes de caminhões e ônibus, de autopeças, implementos rodoviários e distribuição. Sua capacidade produtiva atual é de 2,2 mil toneladas por mês; possui 450 colaboradores; é certificada ISO 9001, ISO/TS 16949, ISO 14001 e VDA 6.3, além de ser a única empresa brasileira a compor o seleto grupo de sete fabricantes de fixadores mundiais na “Global  Fastener Alliance” (GFA).  

 

Perigo: flagrado caminhão usando capas pontiagudas para proteção de parafusos 

Em fevereiro deste ano, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Espírito Santo flagrou um caminhão usando como “proteção de parafusos” capas pontiagudas. O motorista foi abordado no quilômetro 5, da BR-262, em Cariacica. De acordo com a PRF, esse tipo de acessório põe em risco motociclistas, ciclistas e pedestres, e tem seu uso proibido pela legislação. Pela infração, o motorista recebeu multa e teve que remover o perigoso acessório, ainda durante a abordagem. Ainda segundo a PRF, nenhum veículo pode circular com rodas com partes cortantes ou elementos protuberantes, conforme artigo 230, XII do Código de Trânsito Brasileiro e Resolução 426/12 do Conselho Nacional de Trânsito. E essa não foi a primeira abordagem naquele mês pela mesma infração. No último dia 18/2, a PRF flagrou outro caminhão, também na BR-262, mas em Ibatiba.

Fonte: Folha Vitória.  

 

Jomarca destaca sua linha de dobradiças na ForMóbile

 

O pavilhão Anhembi, em São Paulo, SP, receberá entre 26 e 29 de julho a maior feira do continente dedicada às indústrias do setor moveleiro, a ForMóbile edição 2016. Nela, a Jomarca, indústria especializada em fixadores para este setor, destacará sua linha de dobradiças de 26 e 35 mm, 100% nacional. “Além das dobradiças fabricadas na matriz industrial da Jomarca Guarulhos, grande SP, os visitantes poderão conferir nossas linhas de kits moveleiros produzidos nas unidades industriais da Jomarca Kits, em Itaquaquecetuba e Mirassol (SP), Linhares (ES) e Rodeiro (MG). Além disso, teremos acessórios importados, como rodízios em gel, pistões e fechaduras”, declarou Pedro Coelho, diretor comercial da Jomarca Kits.

 

  O Sucateiro inaugura na web

Lançado recentemente, o site www.osucateiro. com é uma plataforma on-line focada na aproximação de compradores com vendedores de produtos considerados de baixo giro, estocados há muito tempo ou ainda considerados sucata industrial. Trata-se de um sistema capaz de gerar economia para os compradores, auxiliar os vendedores no fluxo de caixa e gestão de estoque de sucatas e resíduos industriais. Segundo a direção de O Sucateiro, “mais do que nunca, os estoques de baixo giro aparecem como vilões na saúde financeira das empresas, absorvendo, em média, até 40% dos custos de um negócio” (fonte SEBRAE-SP). O grande diferencial do Sucateiro é que através do site se obtém um novo canal para vendas, com maior abrangência e por consequência capaz de alavancar vendas de produtos estocados e em desvalorização. Para conhecer, basta entrar no site e se cadastrar, optando por pacotes de divulgação e disponibilização de produtos pela negociação direta (venda, compra, doação e permuta) ou pela opção de leilões, muito utilizada na venda de sucata industrial. Sistema de baixo custo, o investimento pode custar a partir de R$ 0,06 por produto lançado.

Senso Comunicação Integrada
Cláudia Mara Pontel
 

Fixação do cabo na bateria gera recall na Mercedes-Benz

Em março deste ano, 16 carros de passeio da Classe C da Mercedes-Benz foram convocados para reparo. De acordo com a Cia “o cabo negativo da bateria pode não ter sido devidamente fixado na carroceria do veículo”, criando, assim, a chance de aumento de temperatura e eventual fogo no compartimento. Segundo a montadora, tratava-se de um serviço de apenas 25 minutos, envolvendo modelos C 180, C 200 e C250, unidades fabricadas entre 20 de maio e 8 de novembro de 2014. Informações: 0800 970 9090.

 

  Recertificação ISO 14.001 na Lubrificantes Fênix  

Indústria de óleos localizada em Paulínia, SP, há 120 km da capital paulistana, a Lubrificantes Fênix recebeu entre os 07 e 11 de março deste ano auditores da RINA Brasil para a recertificação do seu sistema de gestão ambiental. A norma ABNT ISO 14.001 leva em conta aspectos ambientais influenciados pela organização e outros passíveis de serem controlados pela Cia certificada.

“A Fênix demonstra-se cada vez mais comprometida com um Sistema de Gestão Ambiental adequado, identificando, priorizando e gerenciando riscos diariamente. Esse compromisso traz benefícios para empresa e seu entorno, como aumento da qualidade do produto, redução no consumo de matéria prima, economia de água e energia, além da melhoria à imagem de seus produtos e serviços, perante ao mercado e a comunidade onde esta inserida”, de acordo com Rodrigo Domene, gerente geral da Fênix. A primeira certificação ocorreu em 2012 e anualmente a Cia se submeteu, com êxito, às auditorias de manutenção. Estas acontecem durante os três anos em que o certificado é válido e garantem que o processo de adequação seja contínuo. “Com a ISO 14001 demonstramos nosso compromisso com o meio ambiente. Temos consciência que nossas atividade são fatores preponderantes para o combate à poluição”, concluiu Domene.

Lubrificantes Fênix

Erramos

Na pág. 5 do Anuário do Parafuso (Janeiro de 2016),  em caminhões, ônibus, motocicletas, máquinas agrícolas e ferroviárias o correto a ser publicado seria “em milhões” de fixadores, não “em milhares”

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com