Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 53
Busca::..
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Eventos - Concrete Show
16/10/2015 12h36

Eventos


 A feira da cadeia produtiva do concreto foi como um reality show

 

Em meio as imensas obras no novo pavilhão de exposições da rodovia dos Imigrantes, na capital paulistana, nunca antes na história deste país a Concrete Show teve um cenário tão real

 

O segundo maior evento mundial neste setor -  de acordo co organizadora - a Concrete Show South América 2015, expôs uma ampla gama de máquinas, equipamentos, tecnologias e serviços usados em canteiros de obras, desde a terraplanagem até o acabamento. Ali são imprescindíveis soluções que aumentem produtividade com segurança e otimização dos custos. Guindastes, betoneiras, máquinas e operadores se confundiam entre a exposição e o cenário real do novo point de feiras que está surgindo. Areia, concreto, caminhões para todo lado, estacionamento improvisado, prédios em fase de estruturação, enfim, raramente pode se ter um ambiente tão harmônico entre o virtual e o real. Houveaté expositor parafuseiro que comentou ter entrado no canteiro de obras para prospectar e vender.

 

                                   Walsywa

Fornecedora de fixação para construção civil, a empresa reforça sua marca na feira especialmente em seu cinquentenário, declarou Haroldo Izarelli, gerente de Novos Negócios. Umas das novidades foi o Concrete Bolt, um chumbador tipo parafuso para concreto, que gera formação de rosca na parede do furo durante a fixação, podendo ser facilmente retirado e reutilizado. Umas de vantagens é a velocidade de instalação e aplicação na maioria dos materiais maciços. Ele não gera tensão devido a ausência de expansão na base, possibilitando fixações bem mais próximas entre si ou da borda.

Já o chumbador Blue Bolt também forma a rosca no material de base quando rosqueado, especialmente em bases maciças e ocas, como blocos de concreto ou cerâmico. Substitui, com muitas vantagens, fixadores comuns com buchas plásticas, pois é muito mais seguro e sua aplicação é simples e rápida. Com cabeça chata, fenda comum e phillips, além de sextavada, ele é de fácil remoção, reutilizável e possui proteção organometálica (resistência de até 500 horas em névoa salina).

Para fixação principalmente em tetos apresentou-se como novidade o chumbador Fastbolt, que também gera rosca no furo. Indicado para dutos, tubulações, leitos elétricos e sistemas contra incêndio.

“Aqui sempre aparecem novos clientes”, segundo Haroldo Izareli.

 

                                                                       Shuangfei Fastener

Já na sua segunda participação na feira, a chinesa da cidade de Jinzhou, província de Hebei, a Shuangfei Fastener Co. LTD trouxe suas linhas de fixadores para formas de concreto. Suas linhas se dividem entre pinos, grampos, barras roscadas, chumbadores, parafusos, porcas, olhais e outros. De acordo com o diretor de vendas da Cia, Han Bing, a Shuangfei, fundada em 1988 por seu pai, possui duas plantas industriais com mais de 150 funcionários e produz mais de 50 toneladas/dia. Seu retorno ao Brasil ocorre porque ele já efetuou vendas aqui e aposta no crescimento, mas vê como necessário a adoção de representantes locais.

 

                                  Âncora

Fabricante de sistemas de fixação, a empresa trouxe quatro novos produtos neste evento, dentre eles o Codbolt, uma patente exclusiva Âncora. Trata-se de um chumbador para união de estruturas metálicas, chapas e perfis. Já o CBA é um chumbador de expansão controlada por torque. Patenteado, ele possui guias no cone, uma solução para evitar giros em falso, permitindo assim um perfeito encaixe na jaqueta. O QEP 1500 é um sistema de ancoragem adesiva bicomponente à base de epóxi. Indicado para altas cargasem concreto, ele é utilizado em conjunto  com barras roscadas ou vergalhões em aplicações de materiais de bases maciças como concreto ou rocha. Fechando, a FAI 72N é uma ferramenta de ação indireta e semi-automática acionada à pólvora na fixação de pinos seja em concreto ou aço estrutural.

De acordo com o diretor de Novos Negócios da Cia, Ricardo Muniz, um dos mais importantes pontos nesta passagem pela Concrete Show foi a atuação da Âncora que encabeça um comitê de atuação junto aos departamentos de engenharia de empresas e entidades técnicas, buscando criar e estabelecer normas para uso de ítens de fixação mecânica e química na construção civil. “Seja em estruturas metálicas ou pré-moldados, de um modo geral, nada se aborda em fixação na Norma NBR 15575”, concluiu Muniz.

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com