Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 49
Busca::..
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Notas
20/01/2015 09h15

 Notas

 

Fey fechou parceria com alemã e apresenta nova empresa

 

                Luciano Fey, Zmago Seidl, Ricardo Fey Neto, Claudia Fey Tognotti, Bertoldo Fey, Christian                Kocherscheidt, Adolfo Fey, Stephan Weitzel e Fernando Fey

 

Os sócios dos Grupos Fey (Indaial, Brasil) e Ejot (Bad Berleburg, Alemanha) assinaram acordo em 27 de outubro para começar uma nova empresa: a Ejot Fey Sistemas de Fixação Ltda. A empresa, que irá contar com o apoio das já tradicionais Metalúrgica Fey e Ejot Sistemas de Fixação, está prestes a obter homologação CRCC pela Petrobrás, e promete oferecer ao mercado produtos inovadores para a indústria automotiva e de construção civil, além de fomentar a cultura da inovação e do bom atendimento aos mercados mais exigentes. 


Inaugurado 1º Centro de Treinamento de Conformação a Frio

 

Com o nome de Conformak, o centro de formação profissional em conformação a frio está localizado em Itatiba, interior de São Paulo, e foi idealizado por Antônio Gilberto Halbercone, profissional com mais de 30 anos de experiência em fixadores. Além do CT, futuramente também será montada no local uma empresa de fabricação de parafusos e rebites.

Segundo Halbercone, a fundação de um centro tão importante para o setor como este surgiu após algumas pesquisas em empresas nacionais e internacionais. “A ideia me surgiu há 03 anos, enquanto fazia consultorias em conformação em algumas empresas no Brasil e na Argentina. O que tenho visto é a dificuldade em encontrar pessoas capacitadas para esta função, tanto na fabricação de parafusos como em porcas, rebites e outros”, explicou.

O curso possui duração de 60 horas, sendo 45h em teoria e 15h para prática. As aulas começarão no 1º semestre de 2015 e as inscrições podem ser feitas pelo telefone (11) 4594.3629.

 

TTB anuncia novo diretor para as unidades no Brasil e comemora prêmio de excelência da GM

 

  A multinacional americana TTB, tradicional fabricante de elementos metálicos de fixação e produtos estampados e soldados, dá mais um passo importante no processo de consolidação de sua presença no Brasil. Com o objetivo de conduzir o processo de expansão do grupo para os próximos anos, a empresa nomeou Luiz Antônio Penteado De Luca para o cargo de Diretor Presidente em substituição a José Francisco Gomes Alves, que após 12 anos na função passa a ocupar posição no Conselho de Administração. De Luca é formado em Engenharia Mecânica com MBA em Administração de Empresas, e possui mais de 25 anos de experiência no ramo automobilístico.

Prestes a completar 60 anos em 2015, a TTB também anunciou outra boa nova. Acabou de receber o prêmio GM de Excelência de Qualidade de Fornecedor 2014, o Supplier Quality Excellence Award, premiação global que contempla os fornecedores que cumprem 13 critérios específicos de qualidade. “Em épocas desafiadoras como essa que o setor está enfrentando a qualidade é a chave da competitividade, pois fomenta o desenvolvimento de produtos melhores e mais acessíveis”, afirmou Jaime Ardila, presidente da GM América do Sul.

Com unidades nos municípios de Diadema (SP) e Cabreúva (SP), a TTB é fornecedora dos principais fabricantes de autopeças, montadoras, setores agrícola e industrial sendo reconhecida no mercado por sua excelência em tecnologia, qualidade e inovação. 

   
       Rosca postiça para reparação de peças danificadas  

 

Especial para a linha automotiva, a Rosca Postiça - também conhecida como Inserto Postiço - vem sendo um grande aliado na reparação e recuperação de roscas espanadas e danificadas, principalmente de Carter, blocos de motores e outros, preservando a bitola original e possibilitando o uso do mesmo parafuso ou prisioneiro. Possui diversos pontos positivos, como a rápida instalação com redução nos custos de mão de obra, a eliminação de danos com preservação das peças de alto valor causados por técnicas invasivas, além de evitar a utilização de adesivos anaeróbicos (cola).

Fabricada em aço inox, suporta influências térmicas, corrosão ambiental e cisalhamento, possui altura de 1,5 x o diâmetro, disponível em rosca grossa (M e UNC), e rosca fina (MF e UNF). Disponíveis em estojos com medidas individuais para reposição, kits com medidas individuais ou em kits conjuntos com 5 medidas acompanhados de brocas HSS, machos HSS, aplicadores e pinos punção para quebra do pino de arraste das roscas, todos específicos. Vídeo prático da aplicação no Youtube Amatools Comercial Ltda. Mais informações: www.amatools.com.br.    

 

Gerdau anunciou novo tipo de aço para fabricação de pino bola

A Gerdau, fornecedora mundial de aços especiais para indústria automotiva, desenvolveu um novo tipo de aço microligado (DIN 30MnVS6) que proporciona ganhos de produtividade e redução de perdas metálicas na fabricação de pino bola, componente utilizado no sistema de direção de automóveis.

Segundo a empresa, o novo aço é fornecido à empresas do setor de autopeças e diminui de sete para quatro as etapas de fabricação, contribuindo para uma redução de cerca de 20% nos custos de produção do componente. 

 

  Prosdac completa 20 anos com futebol, festa e anúncio de criação de filial na região de Joinville, SC  

 

No fechar de novembro de 2014, a Prosdac Revestimentos Metálicos, sediada em Jundiaí, SP, reuniu amigos, funcionários e seus familiares para o almoço que marcou o início de sua 3ª década de atividades, bem como a divulgação da expansão de suas atividades ao criar uma filial na região sul do Brasil.

Segundo J. Ricardo Picoli, diretor, “estrategicamente o estado de Santa Catarina é um ótimo mercado, e se torna ainda mais interessante devido a sua maior proximidade com Paraná e Rio Grande do Sul”, setores com muitas indústrias e muita demanda para tratamento de superfície. Picoli espera operar já no primeiro semestre de 2015.  

 

Problemas em parafusos do banco dianteiro geram recall nos Mini Cooper

 

Em dezembro foram convocados 134 proprietários dos modelos Mini Cooper, em suas versões tradicional, One e S, fabricados pela BMW entre agosto e setembro de 2014, para ajustar o mecanismo de inclinação dos bancos dianteiros. Segundo comunicado pela montadora, tal medida se deu pela possibilidade dos parafusos do mecanismo de controle da inclinação dos bancos dianteiros dos veículos afetados não estarem devidamente ajustados, podendo gerar um movimento abrupto nos encostos dos bancos dianteiros, ocasionando acidentes e danos físicos e materiais aos ocupantes do veículo e terceiros. O tempo gasto na realização do serviço é de aproximadamente 25 minutos. Os chassis não sequenciais envolvidos são: modelo MINI Cooper de 2A63447 a 2A64187, e modelo MINI Cooper S de 2A02973 a 2A80868.

Informações: www.mini.com.br ou 0800 707 3578.    

 

Porca da bomba de combustível é a causa de recall de 400.940 unidades para 3 modelos da GM    

  A General Motors do Brasil convocou em dezembro de 2014 os proprietários dos veículos Chevrolet Cobalt, modelos 2012 a 2014, e Chevrolet Onix, Prisma e Spin, modelos 2013 e 2014, para substituição da porca que fixa a bomba de combustível ou a eventual substituição do tanque. Há a possibilidade de falha de vedação da porca que fixa a bomba de combustível na parte superior do tanque, podendo resultar em vazamentos. A falha, aliada a condições atípicas, tais como capotamento, poderá ocasionar vazamentos contínuos pela parte superior do tanque, o que poderia causar incêndios, com risco de lesões físicas aos ocupantes e a terceiros.

A numeração de chassi, não sequencial, está compreendida entre o intervalo CB100006 a EB204194 (para Cobalt e Spin) e DG100001 a EG276280 (Onix e Prisma). O tempo estimado para a execução do serviço é de 1 hora.

Informações: www.chevrolet.com.br ou 0800 702 4200 .

 

 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com