Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 46
Busca::..
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Balcão
31/07/2014 11h49

Balcão

 

F. Souza: parafusos, ferramentas e sonhos  

 

Após 10 anos, os jovens e determinados Francisco e Cíntia voltaram da capital paulistana para Sumaré para construir suas carreiras na fixação

 

Localizada na região de Campinas, no interior de São Paulo, Sumaré é uma cidade com mais de 241 mil habitantes, Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 0,762, considerado alto, e renda per capita de US$ 12,9 mil, superior à média brasileira, US$ 10,9 mil.

Toda grande história tem que ter um começo, e esta seção da RP sempre tem destacado revendas com muitos anos de estrada, mas, nesse caso, conversamos com uma loja de parafusos que está apenas começando a construção de sua trajetória.

Nome de uma espécie de orquídea, Sumaré foi a cidade em que encontramos uma dessas empresas, e seus “empreendedores emergentes” que colocaram a disposição e a determinação como escada para alcançar os seus sonhos, superando o sempre difícil começo.

Falando de Copa – assunto em voga no dia de fechamento deste texto – em 2010 Dunga era o treinador da nossa seleção de futebol, no mesmo ano em que os jovens Francisco Pereira de Souza e Cíntia Sayuri (hoje, respectivamente, com 39 e 33 anos) fundaram a F. Souza Parafusos e Ferramentas.

“Trabalhamos na capital paulista por dez anos, eu como vendedor em uma loja de parafusos, a Cíntia operando máquinas numa fábrica. Em 2010 resolvemos abrir nosso próprio negócio, criando assim a revenda”, comentou Souza.

A loja ocupa um salão comercial de 90 metros quadrados na Avenida da Amizade, 2813, em Sumaré, SP, mesmo local onde começaram, onde pode-se encontrar mais de quatro mil itens em estoque, entre ferramentas, EPIs (equipamentos de proteção e segurança), abrasivos, correias, colas, cabos de aço, correntes, rodízios e muitos outros, além de parafusos, porcas e similares de fixação mecânica e química. São produtos de grandes marcas como a Rocast e a Noll, exclusivas da Amatools; linhas da Tramontina, Robust, Klingspor, Stam, Titanium e itens de fixação da Jomarca. O giro maior são dos parafusos e dos abrasivos e a circulação diária gira acima de 50 clientes no balcão.

“Vencemos a primeira etapa; agora a próxima será a aquisição de nossa sede própria. Desistir dos nossos sonhos seria abrir mão da felicidade, porque quem não persegue seus objetivos está condenado a fracassar 100% das vezes”, encerrou o diretor. 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com