Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 46
Busca::..
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
China News
31/07/2014 11h40

 China news

 

Tratado de livre comércio China-Suíça isenta de impostos em cerca de 99% dos manufaturados chineses

 

Desde de 29 de abril deste ano, a China e a Suíça estão acertando detalhes do Tratado de Livre Comércio (TLC) entre as duas nações. De acordo com as disposições pertinentes, o acordo entrou em vigor oficialmente em 1º de julho de 2014. Uma vez em vigor, 99,7% dos bens importados da China estarão isentos de imposto de importação. Entre eles estão produtos têxteis, parafusos, porcas e similares, além de muitos outros produtos de origem metálica vão experimentar esta mega redução de impostos.

As negociações sobre este acordo foram lançadas em janeiro de 2011. Um memorando de entendimento finalizando as negociações do TLC China-Suíça foi assinado durante a visita do premiê chinês, Li Keqiang, para no parceiro europeu em maio de 2013. Em julho de 2013, o ministro chinês de Comércio, Gao Hucheng, assinou o acordo em Beijing, com Johann Schneider-Ammann, conselheiro federal da Suíça e chefe do Departamento Federal Suíço de Assuntos Econômicos, em nome dos dois governos.

Acredita-se que o TLC induzirá as duas nações numa grande cooperação econômica e comercial em outros níveis. Com as inúmeras regras antidumping contra a China na UE, esta é definitivamente uma boa chance para os fabricantes chineses de fixadores, voltados para a exportação, encontrarem em um novo mercado.

Os textos deste acordo, em chinês, inglês e francês estão disponíveis em:

China FTA Network (http://fta.mofcom.gov.cn).  

 

Disponíveis para produção em massa series de fixadores de aviação da Avic

 

Recentemente a Avic (Aviation Industry Corporation of China) desenvolveu quatro novas séries de parafusos de liga de titânio aeroespaciais Hi-lock, na qual. Foram quase três anos para torná-los disponíveis para produção em massa. O plano de projeto começou em outubro de 2011 e 18 try out de produção foram feitos durante esses três anos. 175 pequenos lotes de produtos foram rigorosamente examinados nas dimensões e nas propriedades mecânicas por peritos. Possuir a estabilidade e aptidão para cada padrão, quatro séries de liga de titânio aeroespacial parafusos Hi-lock tinham passado na avaliação da produção em massa com sucesso. Isso realmente significa uma nova página da história chinesa na produção da aviação.

 

Jiaxing Fastener Export: valorização de 2,65% no Q1

 

O Ministério das Finanças da província de Zhejiang registrou vendas do primeiro trimestre (Q1) de US$ 210 milhões, um aumento de 2,65% comparando com o mesmo período um ano atrás. A direção da Pasta observou que este foi o primeiro ganho no Q1 em relação ao ano anterior desde o início de 2012. Fixadores contribuíram com 4,15% do volume total das exportações neste período.

A América e a União Europeia (UE) foram responsáveis por 47,57% do valor de venda de Jiaxing, aumentando 6,88% desde o ano passado. O valor das exportações da América foi de US$ 56,9 milhões, salto de 25,99% em relação ao mesmo período de 2013. O valor das exportações de UE foi de 12,93%, até US$ 43,2 milhões.

Como o terceiro maior mercado dos fixadores de Jiaxing, a Rússia contribuiu muito para o volume de exportação, que foi de 34,4% (US$18,8 milhões), enquanto os membros dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China, África do Sul) caíram de 17,2% (US$37,4 milhões).

O preço unitário de elementos de fixação mostrou uma tendência ligeiramente para baixo. Preço médio por unidade de parafusos de aço foi de 0,15% para US$ 1,314.00 por tonelada. O preço unitário de parafusos de latão reduziu 13,69%, e está em US$ 10,260.00 por tonelada agora. O preço dos fixadores de alumínio aumentou 9,87%, alcançando US$ 2,727.00 por tonelada.

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com