Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 42
Busca::..
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Balcão
25/11/2013 11h57

Balcão

 
Sob comando feminino, Polus Parafusos completa um ano de atividades
 

 

Zelia Melo já tinha 27 anos de experiência no varejode parafusos – dois anos planejando e preparando-se para investir em um empreendimento próprio – quando decidiu abrir a Polus Parafusos, em Mauá, SP. “Eu entrei como auxiliar de faturamento e passei por todas as funções na revenda onde trabalhei. Fiz um bom trabalho e cresci. Comecei comprando parafusos, função que me permitiu conhecer tudo sobre o produto, e me tornei gerente de vendas”, conta sobre sua trajetória. Em busca voos mais altos, Zelia aproveitou a experiência e o conhecimento que já tinha nesse mercado e convidou a irmã Elianna Melo, engenheira civil, para ser sua sócia em uma loja de parafusos.

Os entraves típicos de um novo negócio, como a dificuldade de ficar conhecido e de aparecer no mercado, as irmãs sócias preferem ver pelo lado positivo: “Isso também é uma vantagem, porque, entre todas as lojas de parafusos, você acaba sendo uma possibilidade, uma aposta. Tem aí uma oportunidade de se destacar, porque o cliente quer saber o que você tem para oferecer de diferentedas outras lojas”, avaliam.

Sobre os diferenciais pra continuar crescendo, as empresárias acreditam em valores como compromisso e disponibilidade total para o cliente. “O que eu não tenhona loja, eu providencio com a máxima rapidez. Nosso diferencial é o atendimento”, enfatiza Elianna. “Nosso atendimento é rápido e, aqui, o cliente não é mais um entre tantos outros, ele é único. Damos o respaldo técnico para que ele faça a melhor compra. Já temos esse retorno dos clientes, que falam sobre a atenção que recebemem nossa loja”, completa Zelia.

Localizada em uma região estratégica, junto ao principal polo metal-mecânico do país, a Polus ocupaum espaço de 300 m² e conta com a colaboração de 7 profissionais, além das sócias. Especializada em fixadores, sua gama de produtos avança para EPIs, ferragens e ferramentas trabalhando com marcas como Âncora, Belenus, Brighton-Best, Ciser, Jomarca e New-Fix.

Zelia e Elianna relatam não terem encontrado dificuldades pelo fato de serem duas mulheres no comando de uma empresa num mercado comumenteo cupado por homens: “Ser mulher é um crédito. As características femininas só acrescentam a esse setor. E elas fazem questão de esclarecer o porquê do nome Polus.“Pollux é a estrela mais brilhante da constelaçãode Gêmeos. É isso que faremos da nossa loja: que ela brilhe, que ela traga soluções para nossos clientes ”, finaliza Zelia Melo.

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com