Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 34
Busca::..
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Eventos - ABTS
20/09/2012 02h41

Eventos 


 

 ABTS e Sindisuper promoveram mesa-redonda sobre fiscalização

 


Duas palestras, ministradas por especialistas da área, expuseram informações essenciaisde órgãos incumbidos de manter as atividades do setor dentro da legalidade

 


Na quinzena em que se comemorou o “Dia doQuímico” (18 de junho), a ABTS (Associação Brasileirade Tratamento de Superfície) e o Sindisuper (Sindicatoda Indústria de Proteção, Tratamento e Transformaçãode Superfícies do Estado de São Paulo) realizaram, nodia 26 de junho de 2012, uma mesa-redonda com otema “Legislação de Produtos Controlados e ImplicaçõesAmbientais”, no Auditório da sede da ABTS, na capitalpaulistana. Esta atividade é praticada mensalmente peloórgão, na maioria das vezes na última terça-feira de cadamês, na qual são apresentadas palestras ou mesas-redondasde alto nível técnico com abertura para o públicoelaborar perguntas aos palestrantes.

A mesa de abertura deste evento foi composta pelapresidente da ABTS, Wilma Ayako, e do diretor cultural,Antônio Carlos Oliveira Sobrinho, ambos ao lado dos palestrantes: Dr. Américo Neto, delegado titular de Investigaçãosobre Infrações contra o Meio Ambiente e ProdutosControlados de São Bernardo do Campo – SP; e AelsonGuaita, supervisor de Fiscalização do CRQ (ConselhoRegional de Química) – IV Região e presidente do SINQUISP(Sindicato dos Químicos, Químicos Industriais eEngenheiros Químicos do Estado de São Paulo).

Para iniciar o tema, Dr. Neto comentou que estetrabalho é uma atuação difícil, onde algumas de suas ações,como vistorias e investigações, acabam incidindo em aplicaçãode multas, fato que ocorre, inclusive, com grandesempresas nacionais e multinacionais. “Nosso papel é fazervaler as leis, zelando, assim, pelos anseios da sociedade. Ocorrem casos onde os responsáveis são conduzidos paraa delegacia, seguido de prisão. As fianças podem variar até 100 salários mínimos, ou seja, R$ 622 mil”, enfatiza. Amaioria dos casos citados durante seu pronunciamento envolve flagrantes de produtos vencidos e descartes feitos deforma e local inapropriados, tema este que se deve ter muita atenção devido às implicações ambientais. “Em algumas situações, empresas e profissionais que assumem riscos de cometer irregularidades deste tipo podem ser enquadrados autores de infração dolosa”, justifica Dr. Neto.

Em seguida, Aelson Guaita demonstrou um panorama do segmento abordando a história sobre a legalização da atividade a partir da Consolidação dasLeis Trabalhistas - CLT, que, através do Decreto-lei Nº5.452 de 1º de maio de 1943, regulamentou a profissão no campo da Química até os dias atuais. Frisou trechos do artigo 322, que alerta sobre as penalidades aplicáveis ao exercício ilegal da profi ssão, e também do artigo343, que confere ao CRQ a realização de investigações para identificar pessoas envolvidas nas atividades Químicas.“O CRQ é um órgão que atua não na defesa dos profissionais, mas sim da Atividade em si, mantendo seu exercício dentro das leis”, explica.

Guaita lembrou, também, das responsabilidades destes profissionais da Química, onde sua atuação não deve ser desenvolvida em mais de uma ocupação, acumulando cargos em mais de uma empresa. “O profissional deve estar ciente que seu expediente pode terminar, por exemplo, ao final de um dia, mas sua responsabilidade é permanente enquanto ocupar o cargo. Em caso de nomeação ou afastamento da atividade numa empresa, este deve comunicar ao CRQ em 24 horas, por escrito e protocolado, sob pena de imperícia. Ele não deve usar de seus conhecimentos para práticas desqualificadas, pois poderá ser suspenso entre um a 12 meses e responder processos civil e penal”, explica. Por outro lado, as empresas contratantes são obrigadas a comprovar que suas atividades na área Química são exercidas por profissionais habilitados e registrados pelo órgão. Dependendo da sua estrutura, pode estar sujeita a contratação de mais de um técnico para esta função.

Após a finalização do debate, que teve como ponto norteador esclarecer que a fiscalização deve ser entendida como uma atividade aliada da boa condutada sociedade como um todo, seja ela composta por empresase/ou profissionais, os presentes puderam prestigiarum coquetel de encerramento.

Dr. Américo dos Santos Neto (Delegacia - SBC), Antônio Sobrinho e Wilma Ayako (ABTS), Gilbert Zoldan (Pavco), Cássia Santos (Surtec), Alfredo Levy (ABTS) e Aelson Guaita Gilbert Zoldan (Pavco), Wilson Bernardo, Fábio Olivier, Wander Braga e Mauro Colpi (Volkswagen), Antônio Oliveira Sobrinho (ABTS)
Wilma Ayako (ABTS), Roberto Colombo, Deborah Uliviere e Adalva Jorge (Electrochemical) Roseli Dias, Daniella Carminholli e Bruna Oddo (Surtec)
Bertha Mesquita e Débora Fogo (Mercedes - Benz), Maria Cleide (ABTS), Gilberto Cândido (Mercedez-Benz) Antônio Sobrinho (ABTS), Dr. Américo dos Santos Neto (Delegacia - SBC), Aelson Guaita (CRQ) e Muniz Marciano (Realiza)
Fábio Olivier e Mauro Colpi (Volkswagen), Roberto Motta (Quimidream), Cássia Santos (Sutec) e Mário Mreino Lopez (Surtec - Mexico) Sílvia Boffa (Coventya), Willyan Sheid (Sew Eurodrive), Alfred Rosenitsch (Consultoria AR) e Elisângela Perondi (Coventya)

 

 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com