Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 28
Busca::..
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Eventos
24/08/2011 10h31

 

Feimafe reúne expositores mundiais e mais de 71 mil visitantes

 

Evento movimentou mais de R$ 6 milhões em novos negócios

 

A cidade de São Paulo recebeu, entre os dias 23 e 28 de maio, a 13a. edição da Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura (Feimafe), e a 11ª Feira Internacional do Controle da Qualidade. Realizado no Centro de Exposições do Anhembi, o evento contou com expositores nacionais e internacionais de segmentos como máquinasferramenta, automação, controle de qualidade integrado à fabricação, equipamentos, auxiliares, acessórios e componentes, ferramentas e serviços.

O resultado foi a visita de mais de 71 mil profissionais, sendo que cerca de 1,3 mil são provenientes de 51 países como Alemanha, Argentina, China, Espanha, Estados Unidos, Índia, Itália, França, Taiwan e Turquia. De acordo com a organização da feira, mais de R$ 6 milhões foram fechados em novos negócios.

Confira o que as empresas no setor de fixação falaram sobre sua participação. 

 

 

Amatools

Estande: 48m² e cinco pessoas na equipe.

“Esta é a nossa primeira participação na Feimafe. Atendemos muito do que é relacionado ao universo das ferramentas, desde instrumentos de medição até construção civil, indústria e ferramentas para máquinas.

Nosso objetivo no evento é o maior contato com os clientes e dar melhor suporte para nossos representantes”, José Enrique Fretes, analista de importação.

 

Eurolls

Estande: 150m² e 12 pessoas na equipe.

“Destacamos nosso programa de fabricação no Brasil de prensas horizontais da marca Vitari, uma linha de máquinas automáticas de multi-estágios para conformação a frio de parafusos e peças especiais. Participar da feira é de extrema importância, onde temos a possibilidade de nos aproximarmos e demonstrarmos a qualidade dos produtos e fomentarmos a concretização de novos negócios”, Antônio Andrade, representante da marca.

 

 Belenus

Estande: 50m², com sete pessoas na equipe e investimento de R$ 150 mil.

“Nosso objetivo é associar a BelTools com nossa marca mais conhecida, a Belenus, já consolidada na área de fixadores (parafusos, porcas rebites, entre outros). A Feimafe é um evento tanto institucional quanto de negócios. Além de divulgar a BelTolls, fomos procurados nos dois segmentos e fizemos novos clientes”, Paulo Roberto dos Santos, diretor comercial.

  

Cavour

Estande: 50m² e 10 pessoas na equipe.

“Trouxemos um novo modelo de laminadora, a TLC-30, onde um dos principais objetivos do projeto foi obter maior precisão nos sistemas de transmissão de movimentos, possibilitando o controle preciso de rotação e movimento angular, por meio de um sistema automatizado. Além disso, ela possui entrada USB para controle de back-up e interação com outros acessórios eletrônicos, onde as preparações (set-up) poderão ser gravadas para utilizações futuras. Para nós, a Feimafe é o principal evento do ano, pois além de gerar um ótimo volume de negócios durante sua realização, muitos outros se concretizam meses depois”, Gustavo Monesi, gerente comercial.

 

 Schuster

Estande: 50m², com oito pessoas na equipe e investimento de R$ 70 mil.

“Apresentamos uma prensa para estampagem a frio da nossa linha Evolution, com três estágios de conformação para produção de  peças especiais, parafusos e rebites. São máquinas “2 em 1”, trabalhando como uma part former (estampando e perfurando) ou como uma bolt former (estampando e ou recortando). A Feimafe nos dá oportunidade de contatos com visitantes de grande potencial, inclusive do Mercosul, já que se trata de um evento internacional. Vale destacar que exportamos máquinas e peças para Argentina e estamos com perspectivas em atender Europa e Estados Unidos”, - Mauro Schuster, diretor.

 

 Wafios

Estande: 70m², com sete pessoas na equipe e investimento de R$ 1,6 milhão (incluindo as máquinas).

“Na área de pentes laminadores de rosca atualizamos nosso software, enviamos técnicos à Alemanha para fazerem cursos, e aprimoramos nossa produção com melhorias e ferramentas. Essa busca por inovações e qualidade é sentida pelos nossos parceiros e clientes, principalmente no set-up de suas laminadoras, além da qualidade final de seus produtos”, Frank Fassnacht, diretor industrial.

“Temos a F3 Ecocoiler para produzir molas de compressão, um equipamento simplificado, de alta produtividade e o melhor custo-benefício para o mercado brasileiro. A Feimafe nos oferece a oportunidade de fazer novos contatos e atender clientes de forma personalizada, abrindo boas perspectivas de vendas. O contato com empresas que procuram novas soluções é o lado mais interessante do nosso negócio”, Guilhermo Taboada, diretor comercial.

 

 SouthWind

Estande: 42 m², com sete pessoas na equipe e investimento de R$ 80 mil.

“Lançamos o sistema de laminadora planetária de rosca de alta velocidade por rolo e setor, uma máquina da Videx, nossa representada de Israel. Este tipo de máquina possui um conceito que existe há décadas, porém estava abandonado por causa do custo da ferramenta.

Conseguimos reduzir o preço e ter uma durabilidade superior devido aos novos materiais e revestimentos utilizados. A feira foi uma ótima oportunidade para receber nossos clientes e mostrar aos novos que utilizam processos de conformação a frio ou rosqueamento, as nossas soluções”, J. Graef, diretor comercial.

 

Aços Böhler-Uddeholm do Brasil 

Estande: 30m², com 30 pessoas na equipe e investimento de R$ 120 mil.

“Destacamos a linha K360 destinada à produção de ferramentas de conformação a frio, punções, matrizes, estampos, cunhos e rolos laminadores de roscas. Tratase de um aço para trabalho a frio (com refusão pelo processo Eletroslag) de alto desempenho com tenacidade e elevada resistência ao desgaste e a compressão, além de estabilidade dimensional. Apropriado para trabalhos em aços austeníticos ou em aplicações onde são exigidas elevada resistência ao desgaste abrasivo e adesivo. Nossa marca já é conhecida, mas ficamos mais fortes depois da abertura do mercado nos anos 90”, Valdir Batista, vendas.
 

 

Zobor

Estande: 40m², com seis pessoas na equipe e investimento de R$ 50 mil.

“Esta é a primeira feira que estamos trabalhando a máquina de laminação de rosca da marca argentina Zurzolo, que faz peças laminadas com muita precisão e capacidade de torque excelente. Produzimos um modelo similar, porém mecânica e com sete toneladas de pressão. A Zurzolo, por sua vez, é hidráulica, com até 40 toneladas de pressão e possui tradição nessas linhas. Para nós é extremamente importante participar da feira porque não estivemos na última devido a crise de 2009. Um evento como este reflete negócios para os dois próximos anos”, Júlio César de Lima, gerente nacional de vendas.

 

 Sema Industrial

Estande: 35 m², equipe com seis pessoas e investimento de R$ 110 mil.

Apresentamos equipamentos para conformação de peças, direcionada para fabricantes de elementos de fixação em geral, equipamentos para tratamentos térmicos de peças cilíndricas como pinos, buchas e eixos. Neste período recebemos 1023 visitantes e fechamos o evento com a venda de seis equipamentos de 30 à 200KWS. Além disso, estamos muito satisfeitos com os resultados pós-feira, onde recebemos muitas solicitações de visitas técnicas, propostas e demonstrações. Registramos um aumento na carteira de clientes de 33% focados no mercado de conformação de peças, sendo 11% na indústria de elementos de fixação.

Esses índices são pós-feira (em nossa carteira). A Feimafe é conceituada pela referência de empresas e produtos inovadores que nela se apresentam. Além de termos a oportunidade de firmar a marca, mostramos nossos produtos com a mais nova tecnologia aliada a custo X benefício. Nela também se gera a oportunidade de coletar informações da necessidade do mercado para apresentar alternativas aos processos”, Viviane Deise de Oliveira - gestora de vendas técnicas.

 Trifem

Estande: 25m², com quatro pessoas na equipe e investimento de R$ 30 mil.

 

“Este ano lançamos uma linha de laminadoras (H20/40R, H30/50R e H50/120R) especialmente para o setor de moto e autopeças. São máquinas sem folga na transmissão, excelentes para laminar entalhados (splines), contando com os ajustes obtidos eletronicamente, arquivados no banco de dados”, Celso Fiuza, diretor.

 

San Shing

Estande: 50m², cinco pessoas na equipe (sendo três de Taiwan) e investimento de R$ 214 mil.

“Nesta feira mostramos ao setor o modelo SNF 14B5S, com capacidade de produção 320 ppm, produzindo porcas de solda quadrada M8. Somos pioneiros em máquinas para fabricação de porcas, atuando desde 1968 no mercado. Nossos equipamentos são 30% mais rápidos que os demais, além de desenvolvermos e produzirmos ferramental para estampagem a frio. Neste segmento, temos máquinas para rosqueamento com quatro machos; para montar nylon em porcas e para inspeção da qualidade do produto acabado, sendo a Nelson Fasteners Máquinas e Ferramentas a representante ofi cial para o hemisfério sul”, Nelson Alves Jr., vendas.

 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com