Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 25
Busca::..
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Case
15/03/2011 05h15

Arber, importante parafuseira de Blumenau, SC

Conheça uma das mais importantes empresas do setor,
que completou 55 anos em 2010

Começamos o ano de 2011 destacando uma empresa que tem uma história interessante, sobretudo em sua capacidade de adaptação devido à ausência de seu fundador. Esta empresa é a Blufi x Indústria e Comércio Ltda., fabricante dos parafusos, porcas, arruelas e similares da marca Arber.
Fundada em 20 de abril de 1955, em Blumenau, onde está situada até hoje, a marca Arber, inspirada nas inicias do nome do fundador Arno Bernardes (1927-1978), foi criada por sugestão de sua esposa Brigite Staedele Bernardes. Desde o seu falecimento, a empresa é dirigida por sua família, composta por Brigite e pelos filhos Adelina Maria Bernardes, no setor de administração e finanças; e Arno Bernardes Filho, na área comercial e industrial. Com a chegada da terceira geração, a empresa já conta com Arno Bernardes Neto, engenheiro de produção, responsável pela supervisão da manutenção da fábrica, além do executivo Marcos Hercílio Caldeira, gerente geral.

 

 

 

“A empresa surgiu de uma ideia do meu marido, que vinha da área do café, e talvez por influência de minha família, de metalúrgicos, teve a iniciativa de importar uma máquina da Alemanha para produzir arruelas.
Com pouco conhecimento, mas apoiado por este laço familiar, Arno tornou-se o primeiro fabricante brasileiro de arruelas de pressão que, com o passar do tempo, concluiu que fazia pouco sentido em não ter a produção de conjuntos completos de fixadores, passando assim a produzir também parafusos, porcas e outros fixadores complementares”, relembra Brigite.
As atividades começaram na própria residência do casal, que contava com apenas uma máquina para fabricar as peças, além de dois colaboradores. “Sempre que necessário ajudava a montar as caixas de madeira onde as peças eram enviadas para os clientes, assegurando o prazo e o bom recebimento dos produtos”, diz Brigite.
Desde 1963, a empresa passou a funcionar no bairro Vila Nova, no mesmo município, onde três anos mais tarde ampliou sua linha de produtos.

 



Marcos Hercílio Caldeira (em pé), ao lado de Fernando L. Schmitzhaus, da Engenharia

 

 

 

Em 1985, surgiu a oportunidade de comprar uma empresa de nome Blufi x Elementos de Fixação, atuante na área da construção civil, fabricante de barras roscadas, ganchos, parafusos telheiros etc. Este foi mais um grande passo, promovendo em seguida a mudança para o distrito Industrial de Blumenau, em 1996, sede da Blufi x, unifi cando as duas produções, que ocupam hoje um terreno de 29 mil m², sendo mais de 5 mil de área construída.
Em sua estrutura atual, a Arber conta com mais de 100 funcionários, sendo que alguns deles tem mais de 30 anos de casa, compondo assim uma grande equipe com prensistas, engenheiros, ferramenteiros, laboratoristas, entre outros. O cenário industrial é composto por maquinário de trefilação, 25 máquinas automáticas de estampagem e laminação, que garantem alcançar uma produção mensal de 140 toneladas, numa capacidade produtiva de até 300 toneladas por mês.
No caso de serviços complementares como usinagem, tratamento térmico, tratamento de superfície e outros acabamentos, estes são realizados por fornecedores homologados terceirizados.
Seus produtos originam-se exclusivamente em processos de conformação a frio, gerando uma ampla linha em parafusos com bitolas de M4 a M16 e comprimento de até 160 milímetros, além de porcas, arruelas, pinos, rebites, barras roscadas, prisioneiros, eixos e ganchos.
Em termos de produção, 70% é destinada ao setor automotivo através das indústrias de autopeças e sistemistas, onde a empresa pretende manter esta forte atuação sem se esquecer da ampliação de sua participação em outros setores. O montante restante da produção atende os setores de motos e bicicletas, reposição, agrícola, moveleiro, construção civil e linha branca. Esta expansão já está em andamento desde 2010, indicada pela ampliação do quadro de representantes, que deve alcançar mais de 30 ainda em 2011 em todo o Brasil, além do aumento da produção com metas para 500 toneladas/mês de produtos acabados entre cinco e 10 anos.
Sobre certificações, a Arber é ISO 9001:2008, estando prestes a obter a ISO/TS 16949 neste ano, sendo ela fundamental em razão de sua forte atuação no setor automotivo, priorizando em seguida a ISO 14000.

 


Na relação com o mercado, o gerente geral Marcos Hercílio Caldeira destaca a importância do contato próximo ao cliente, sobretudo no campo do desenvolvimento, sintonizando técnicos e engenheiros da Arber com seus pares nas empresas consumidoras, em busca de produtos que atendam e, principalmente, solucionem cada vez mais as exigências de projeto, fabricação, acabamento e aplicação. Caldeira citou como exemplo um caso de uma empresa gaúcha com sérios problemas de fixação, onde a sintonia entre o pessoal da empresa compradora, aliada aos técnicos e engenheiros da Arber, desenvolveram um fixador que, em substituição a um fornecedor anterior, promoveu um significativo ganho de produtividade para o cliente.

Em mensagem aos nossos assinantes, a direção declarou: “A Arber tem por princípio não apenas atender as necessidades de seus clientes, e sim procurar soluções para a aplicação de seus produtos. O tempo, a história, não garante o futuro de nenhuma empresa, contudo acreditamos que com o nosso dinamismo na tomada de decisão, estrutura instalada, conhecimento empregado ao longo dos anos e, principalmente, nossa equipe de colaboradores, possamos superar os desafios existentes”.

www.arber.com.br

 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com