Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 04
Busca::..
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Feiras: Feimafe 2007
30/06/2007 01h43

A 11ª. Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura (Feimafe) e 9ª. Feira Internacional do Controle de Qualidade aconteceram de 21 a 26 de maio, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo, com promoção e organização da Alcântara Machado Feiras de Negócios e apoio da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). O evento reuniu participantes de um mercado que fatura US$ 956,8 milhões ao ano no Brasil. Nesta edição, a expectativa dos organizadores da feira era de receber 65 mil compradores/visitantes, de 45 países e mais de 1.250 expositores de 30 países.

 
Os resultados obtidos não foram divulgados até o fechamento da Revista do Parafuso. Além da apresentação de produtos e exposição institucional, ocorreu a Rodada de Negócios, em 22 e 23 de maio, e o objetivo era de que acontecessem 150 rodadas, envolvendo 17 fabricantes nacionais e 12 empresas compradoras internacionais. As exportações são significativas no faturamento do segmento. Dados de janeiro deste ano mostravam que dos US$ 49,8 milhões faturados, US$ 9,6 milhões correspondiam às exportações. A Alemanha é a principal compradora. Já no cenário nacional, a maior demanda é a indústria automobilística, seguida pelo agronegócio. A máquina-ferramenta, responsável pela transformação de metais, está no início da cadeia produtiva, por isso é chamada de “mãe de todas as máquinas”. Na seqüência, destacamos algumas fornecedoras do setor parafuseiro e os produtos expostos no evento:
Instron
A Instron Brasil expôs a máquina universal de ensaio modelo 5569 de bancada, modelo AVE, com capacidade de 50 KN, destinada à medição de resistência de materiais. O equipamento é configurado com extensômetro ótico de alta exatidão (Classe 1 - ISO 9513, EN 10002-4), tanto no sentido axial como transversal. O não contato com o corpo de prova elimina possíveis interferências nos resultados do ensaio, causadas por extensômetros convencionais, além de permitir ensaios com cargas elevadas até a sua ruptura.
 
Panambra
A Panambra Técnica Importação e Exportação Ltda. levou duas novidades à feira: um microscópio estéreo modelo PAN-LCD com tela LCD e câmera digital incorporada para inspeção e medição de peças variadas. Ele permite ampliações (zoom) de 10 a 240 vezes, fazer fotos e armazená-las em cartão de memória e possui saída de vídeo e USB para computador PC. A empresa também apresentou uma máquina de medição tridimensional 3D óptica, da marca Verth (Alemanha), modelo Easy Check 200x400, destinada a medições automáticas de peças e componentes variados. Ela tem altíssima precisão, realiza medições sem contato e permite medir detalhes de dimensões reduzidas que equipamentos tradicionais por contato não são capazes de realizar.
 
SouthWind
Dois lançamentos foram apresentados pela SouthWind Comércio Importação e Exportação Ltda. O primeiro foi a laminadora de roscas de pentes planos, marca CHIEN TSAI, modelo CTR-6HN, de Taiwan, bitola máxima de M6, comprimento máximo de 50 mm e velocidade máxima de 330 peças/minuto e ao seu lado está o engenheiro João Batista Graef, diretor comercial da SouthWind. O segundo foi a laminadora de roscas de duplo-rolo, hidráulica, marca Zurzolo, modelo LRP-15, de fabricação argentina, força de laminação 15 t e bitola máxima de rosca M40, passante ou introdução.
 
Carlo Salvi
Com 70 anos de experiência, a Carlo Salvi produz estampadoras de uma matriz duas punções (duplo golpe), estampadoras de duas matrizes quatro punções e estampadoras progressivas multi-estágio de cinco e seis matrizes, para diâmetros de 0,8 a 20mm. Estiveram presentes à Feimafe, os executivos italianos da empresa (da esquerda para direta): Marco Pizzi, diretor; Sergio Ziotti, CEO; e Marcelo Pontes Rodrigues, agente exclusivo para a América do Sul.
 
 
Bollhoff
Presente no País há mais de 40 anos, a Bollhoff é conhecida por sua atividade na produção de porcas. Na Feimafe, mostrou a linha de porcas normalizadas. São mais de 250 referências fabricadas dentro das normas ISO/TS 16949 e ISO 14001. A empresa também produz porcas sextavadas, autotravantes, flangeadas, de solda, calota e castelo, entre outras. Suas porcas padronizadas são fabricadas em aço carbono, aço liga e aço inoxidável, com acabamento superficial zincado amarelo, mas pode ser entregue em outras especificações. Na foto, o gerente de divisão FSS, Ivar Benazzi Junior.
 
Jamo
A Jamo Equipamentos Ltda. exibiu ao mercado seu equipamento para forjamento de cabeça de parafusos, com aquecimento parcial. Estava em funcionamento, inclusive com potência de um equipamento de 100 kW, numa produção de cinco peças/minuto de uma bitola de diâmetro 32mm x 80mm de comprimento de aquecimento. O equipamento possui alta produtividade, projetado para um ciclo de trabalho contínuo aliado à geração de calor por indução proporcionando a peça a 1250º. C sem carepas.
 
Cavour
Fundada em 1968 e situada em Santo André, Grande ABC, a Cavour passou a fabricar ferramentas laminadoras de perfil (roscas e recartilhas) nos anos 80 e obteve a certificação ISO 9001, versão 2000, pelo Rina. Também fornece peças para laminadoras e automatiza equipamentos. Na Feimafe, expôs a laminadora de perfil TL -15/E-80, equipada com dispositivos automatizados e controle informatizado (on line) de produção.
 
 
 
Mitutoyo
A Mitutoyo exibiu aparelhos de medição de perfis modelo Contracer série CV-3000, para obter perfis complexos com alta precisão. A empresa mostrou também o projetor PHA14, equipamento de projeção horizontal para medir peças de médio e grande portes. Ele tem componentes ópticos, indicador angular incorporado a unidade básica, anteparo goniométrico com Æ de 356 mm e gravação de linhas cruzadas e linhas seccionadas, facilitando o posicionamento das referências sobre a peça.
COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com