Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 08
Busca::..
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Máquinas
28/02/2008 01h40

 Schwer + Kopka GmbH traz o SK2-200 para monitoramento de processos de deformação a frio e laminação de rosca

Os produtos da Schwer + Kopka GmbH (SK) oferecem recursos avançados e alta confiabilidade no monitoramento de processos de deformação a frio e laminação a rosca. Eles são utilizados no mundo todo em máquinas Cold Headers , Multi Die Cold Formers, Thread Rollers e outras.
Os equipamentos SK são construídos com modernos hardwares eletrônicos com comprovada técnica de Enveloping Curve, conhecida por ser o mais confiável método de monitoramento de máquinas de produção.
É ainda de simples de operação e rápida instalação. O sistema funciona perfeitamente sem a necessidade constante de ajustes ou regulagem de limites de monitoramento. O equipamento determina automaticamente por meio do modo Teach quais são os melhores limites para o processo em andamento. No Brasil a SK, empresa de origem alemã, é representada pela Systek Tecnologia.
 
 
 
Trefilação de arames em linha e off-line para estampagem de fixadores
A empresa Tecno Impianti S.r.l. da Itália, representada no Brasil e na América do Sul pela SouthWind, fornece uma ampla gama de trefilas em linha, modelos SKP, para bitolas de 3,0 a 35,0 mm. Todas máquinas SKP são equipadas com motores de corrente alternada com conversores de freqüência para velocidade variável, sendo possível trefilar arames pelo método de trefilação com lubrificante em pó (trefila seca) ou a óleo (trefila úmida).
As trefilas em linha são máquinas trefiladoras destinadas a trefilar o arame em linha com a máquina estampadora, ou seja, definindo a bitola e tolerância do arame na entrada da prensa.
 
 
Prensa hidráulica automática de dupla ação para produzir parafusos e peças conformadas a frio
Controlada por CLP (Controlador Lógico Programável) com quatro movimentos hidráulicos controlados pelo painel individualmente, a PH da Schuster, fabricada no Brasil, possui alimentador de material automático. Este sistema facilitou a entrada do material controlado pelo painel podendo avançar ou recuar o arame.
A PH não corta peças fora de medidas, eliminando a quebra de punções e perda de material. Este novo sistema elimina as engrenagens e peças da reversão, simplificando a preparação da máquina.
Quando o cilindro hidráulico do destacador atinge uma determinada força, se a peça não destacar por qualquer problema, o painel indica falha, parando a prensa e eliminando a quebra do pino extrator e punções. Estes movimentos individuais facilitaram a preparação das ferramentas podendo somente cortar, estampar o primeiro martelo, tirar amostras sem movimentar todas as funções.
A segurança de trabalho melhorou com o uso do CLP. Na tela digital indica a preparação automática do comprimento das peças e o controle de produção. Quando a quantidade desejada é atingida a prensa para pelo freio a disco hidráulico, sempre com o martelo recuado.
O painel também indica a queda de disjuntores, nível e temperatura do óleo e possíveis falhas. Ao criar PH, a Schuster visou facilitar a preparação e operação da máquina, evitar a quebra de ferramentas e tornar uma prensa confiável, não dependendo da atenção constante do operador, reduzir custos, facilitar a manutenção, evitar acidentes de trabalho e diminuir o ruído em até 70%.

 

 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com