Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 08
Busca::..
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Investimentos: Belenus
28/02/2008 01h34

Belenus investe 95 milhões de reais em programa de parceria, nova fábrica e sistema logístico

Fundada em 2002, a fábrica de parafusos e porcas Belenus inicia o ano com o pé direito e investimentos, muitos investimentos. Ela anuncia para este ano três novos projetos: Programa de Vantagens Belenus-Caixa/ MasterCard, a construção de mais uma nova unidade fabril no Distrito Industrial de Vinhedo e a modernização do sistema logístico. Em entrevista coletiva, o presidente da empresa, João Marcos de Lucas, juntamente com Fátima Aparecida de Abreu Oliveira, da Caixa Econômica Federal; e Regina Motta, da MasterCard, falaram sobre o lançamento do programa de vantagens, realizado em parceria com a MasterCard e a Caixa Econômica Federal.
Neste mesmo dia, a Belenus apresentou as novidades para clientes e convidados num evento em Vinhedo, com a presença de Renata Fan (Rede Bandeirantes de Televisão e Rádio Globo), shows do humorista Tom Cavalcante, da Banda Edinho Santa Cruz e Escola de Samba Vai-Vai.
Super-Vantagens
Com investimentos de R$ 2 milhões, o programa de  vantagens consiste num sistema de fidelização, que comtempla lojistas e revendedores dos produtos da empresa, com pontuação que gera benefícios e prêmios. Um deles é a possibilidade dos clientes da Belenus adquirirem produtos da empresa em 12 vezes sem juros, aumentando, dessa forma, o seu capital de giro. O Programa de Vantagens Belenus-Caixa/MasterCard permite ainda que o cliente compre com um prazo de pagamento maior, via financiamento da Caixa Econômica Federal.
“O nosso engajamento neste programa se deve, entre outros fatos, pelas medidas de incentivo que o governo federal vem adotando no setor de construção civil. O cartão é um complemento do sistema de crédito que a Belenus utiliza, na qual o faturamento mínimo é de um salário mínimo”, disse o presidente da empresa. “Nossas projeções é a em emissão de 7 mil cartões no primeiro ano de operação do Programa, além de um aumento de 20% a 30% no faturamento no período”, declara.
Nova fábrica
A nova fábrica custará à empresa cerca de R$ 75 milhões (em construção, máquinas e equipamentos) e tem data estimada de inauguração para outubro. A empresa produz atualmente cerca de 1.500 toneladas/mês, a meta em dois anos, e com a nova unidade, é atingir o montante de 5.000 toneladas/mês.
Ela ficará numa área de 150 mil metros quadrados, sendo 40 mil metros quadrados construídos, e prevê a geração de 600 novos postos de trabalho. Além desta, a empresa também possui uma unidade que produz parafusos e porcas na cidade de Jundiaí, São Paulo. Segundo João Marcos de Lucas, presidente da Belenus, a escolha de Vinhedo, se deve, dentre outras razões, pela qualidade de vida e os incentivos fiscais que a região oferece.
“Um bom exemplo, é a devolução de parte de impostos arrecadados, incluindo uma parte do ICMS, numa forma de incentivar as indústrias ali instaladas. Isso ocorre com o Centro de Distribuição de peças e acessórios originais da Volkswagen na América Latina. O compromisso assumido com Vinhedo é de ter 70% dos postos de trabalho da fábrica preenchidos por trabalhadores da própria cidade”.
Ele disse ainda que “a modernização do Centro de Distribuição da Belenus trouxe um remanejamento dos funcionários para outras áreas (embalagem, expedição e outros), evitando assim demissões. Um bom número de colaboradores já esta em treinamento na fábrica de Jundiaí e os demais contrataremos a partir de agosto.” A empresa precisará, em algumas situações, recorrer a recrutamento de profissionais de outros municípios, pois sabe-se que a fabricação de parafusos requer uma especialização que não encontra embasamento didático, ou seja, não há cursos específicos nesta área.
Logística
Outro ponto abordado, durante a coletiva, foi o sistema logístico da companhia. “A Belenus é a única empresa no Brasil, dentro do seu segmento, a operar com um Sistema de Automação Logístico que conta com trans-elevadores”, conta João Marcos Lucas.
Na implantação do equipamento de tecnologia japonesa e espanhola, a empresa anuncia investimentos de R$ 12 milhões. O sistema movimenta 25 mil itens de produtos, do Centro de Distribuição de Vinhedo, e reduziu o tempo de armazenagem dos estoques, de uma hora para três minutos.
Esse sistema logístico ainda representou redução de espaço da área armazenada, porque tem capacidade de operar até a altura do pé direito do prédio (15 metros) - estoque verticalizado. Em 2007, a companhia alcançou um faturamento de R$ 205 milhões e a previsão para 2008, é de R$ 260 milhões. Possui 30 mil clientes cadastrados em todo Brasil, 400 profissionais e comercializa ferragens, ferramentas, fixadores e materiais hidráulicos e elétricos, além de fabricar parafusos e porcas.
COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com