Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 76
Busca::..
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Eurásia News
31/07/2019 02h25

Eurásia News

Coalizão na indústria de hardwares turca vale US$ 8 bilhões

Com 14 mil empresas e US$ 8 bilhões em tamanho, o setor de hardware (partes físicas/ materiais de máquinas e equipamentos) da Turquia está criando a Hisiad, uma associação sob a presidência da Çetin Tecdelioğlu.

Tecdelioğlu ressaltou querer a inclusão, não apenas dos industriais e fabricantes, mas também de distribuidores e revendedores, pois eles têm experiências muito valiosas de muitos anos em redes de distribuição e logística. (Foto - Çetin Tecdelioğlu)

"O negócio de comerciantes já se transformou em logística. O que precisamos fazer sobre eles, como vamos confi gurar redes de distribuição, como entrar no e-commerce? Temos um monte de concorrentes globais. Nos grandes sites do mundo, penetramos, e abrimos armazéns. Encontraremos uma maneira de desafiá-los e como manter nossa existência sem perder o mercado de hardware".

Discursando durante a fundação da Hisiad, ele disse que estão unindo forças em um novo nível e absorvendo empresas globais. Apontando que o hardware é um setor muito abrangente, Tecdelioglu afirmou que as quase 14 mil empresas que operam neste setor criam empregos para um milhão de pessoas, juntamente com a indústria subsidiária e setores relacionados.   

Çetin Cıvata contınua crescendo

Com três plantas industriais na Turquia e uma na Malásia, além duas unidades de comercialização, uma delas na Alemanha, a Çetin Civata figura entre as maiores no segmento de fixadores na Turquia e pioneira na Europa. Esta realidade, bem como seu crescimento provém, por mais de 43 anos, das metas estabelecidas por seu presidente, Mustafa Necati Tecdelioğlu, tornou a empresa capaz de responder de forma flexível e rápida às demandas da clientela. (Foto - Mustafá, Abdullah e Çetin Tecdelioğlu)

“Fazemos toda diferença no setor de fixadores com nossos jovens, dinâmicos e experientes membros que operam com princípios e espírito de equipe. Além do négócio com fixadores, existem dentro do Grupo Tecde outras 15 empresas, incluindo no setor de informática, eletrônica, energia e construção, todas elas atuantes no mercado nacional e internacional, empregando mais de 1.000 pessoas, totalizando US$ 170 milhões de dólares em 2018”, disse Tecdelioğlu.

 

Telsama acelera a produção para a indústria de Defesa

Uma das líderes turcas em exportação de molas e grampos, a Telsama assinou um contrato para distribuição exclusiva de itens para uso no no setor de armamento e aeroespacial. Ao oferecer produtos nacionais para a MKE e organizações públicas similares que têm usado principalmente molas e grampos importados há muitos anos, o grupo Telsama - ARM terá alcançado tanto fabricantes nacionais que usam peças especiais, quanto todos os públicos-alvo no mercado mundial.

Paralelamente ao acordo, o grupo, que acelerou os investimentos necessários, inicialmente incluiu uma máquina multifuncional de alta performance, Made in Taiwan, para processamento de chapas e arames em seu parque de máquinas, mantendo negociações para aquisção de uma segunda máquina.

Por muitos anos, Telsama tem produzido e exportado buchas, grampos e aramados a partir de aços planos e longos, principalmente para o setor automotivo.

ÇIB promove encontro em Stuttgart

Associação de exportadores de aço da Turquia, a ÇİB (Çelik İhracatçıları Birliği) realizou em abril último - simultaneamente à Fastener Fair Stuttgart, Alemanha - um encontro de negócios, captando grande interesse por suas indústrias locais de fixadores que estavam na feira.

Membro do Conselho da ÇİB, o presidente da indústria de fixadores Besiad, sr. Mustafa Tecdelioğlu, disse em seu discurso que a Turquia alcançou o status de terceiro maior país produtor de fixadores europeu, atrás apenas da Alemanha e Itália. Sua produção em 2018 foi de 135 mil toneladas, com suas exportações batendo US$ 472 milhões entre 178 países, cabendo 70% desse montante para a União Européia. Tecdelioğlu relata o principal destino dos fixadores turcos tem sido a Alemanha, que é segundo maior importador de fixadores em todo o mundo, depois dos EUA.

Adido Comercial do Consulado Geral de Stuttgart, na Turquia, Mehmet Ali Çolakoğlu expressou as dificuldades que as empresas turcas enfrentam na Alemanha, como o visto e formação de empresa, efeitos das questões políticas entre ambas nações, atividades industriais e os reflexos da política interna na imagem turca na Europa.

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com