Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 76
Busca::..
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Eventos - EMO Hannover
31/07/2019 02h16

Eventos 

EMO Hannover na Expomafe

Maior feira metalúrgica global realizou encontro com a imprensa com ação promocional de sua edição 2019  

EMO Hannover realiza encontro com imprensa especializada no campo metalmecânico, realizado simultânemente à Feira Internacional de Máquinas-Ferramentas e Automação Industrial, a Expomafe. A organização se deu entre a Deutsche Messe AG (DMAG) e a Associação dos Construtores de Máquinas-Ferramenta Alemãs (VDW), além da Câmara Brasil-Alemanha, sua representante local EMO Hannover.

Três foram os palestrantes, todos alemães, cabendo a condução dr. Wilfried Schäfer, diretor administrativo da VDW, Frankfurt am Main, e Hartwig von Saß, porta-voz da Deutsche Messe AG, que enfatizaram as virtudes e números do evento, que salta aos olhos dos brasileiros – afinal estamos falando da Alemanha, maior economia e um dos mais importantes centros mundiais em se tratando de tecnologia dos metais, não apenas hoje, mas ao longo da era moderna. Uma característica que chama a atenção é a não permissão da presença de expositores não fabricantes, que segundo eles, essa é uma das marcas EMO Hannover, ou seja, a confiança do visitante de estar falando, sempre, diretamente com quem produz.

Em termos gerais, o evento teve 2133 indústrias expositoras, sendo que a edição 2019 já contava provisoriamente com 2007 no começo de abril, com expectativa de recorde até cerimônia de abertura em 16 de setembro próximo. Europa lidera com 73% dos expositores, seguido pelos 23% da Ásia e 3% das Américas, que dividirão 290.000 m² dos pavilhões com visitantes de todas as partes do mundo, que em 2017 alcançou 130 mil visitantes de 160 países.

Entre os slides, constava que 70% dos expositores usam essa feira como plataforma de lançamentos, tendo a Indústria 4.0 como a grande onda deste primeiro quarto de século.

Já o palestrante convidado foi Karl-Heinz Freund, diretor da Hydrokomp GmbH, indústria fundada em 1998. A Hydrokomp projeta e fabrica sistemas de acoplamento, acoplamentos rotativos, tecnologia de fixação e elementos da máquina para aplicação duradoura na rotina diária industrial. “Nossa primeira participação na feira foi em 2005, desde então demos continuidade porque ela alavancou nossos negócios pelo mundo afora, onde fizemos alianças com representantes em diversas partes do mundo, incluindo o Brasil”, concluiu o Freund. Falando em Brasil, ocupamos em produção a 17ª posição, com € 400 milhões, e a 20ª posição em consumo, com € 700 milhões, segundo dados de 2018 da EMO Hannover. Primeiríssima, a China produziu € 16,4 bilhões (Alemanha em 2º, € 12,7 bilhões; Japão em 3º, € 12,5 bilhões), e consumiu € 21,8 bilhões (EUA em 2º, € 8,6 bilhões; Alemanha em 3º, € 6,8 bilhões).

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com