Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 73
Busca::..
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Eventos - Gerdau
14/02/2019 11h28

Eventos

Tech Day Gerdau apresentou aços mais leves e com maior resistência

O “fazer mais com menos” esteve no centro do encontro da siderúrgica  

 

Envolvida com as questões relativas à redução de poluentes e o aquecimento global – bem como os compromissos e metas ambientais estabelecidas na 21ª Conferência do Clima (COP 21) realizada em Paris, França, no ano de 2015 – a Gerdau Aços Especiais apresentou linhas de aços capazes de fazer mais, mesmo tendo maior leveza.

Em seu Tech Day 2018, realizado em outubro na cidade de Guarulhos, SP, a siderúrgica expôs – para uma plateia de profissionais de montadoras automotivas, sistemistas e fabricantes de partes e peças – suas novas linhas, como o aço GG Max Hiductility, que apresenta propriedades mecânicas diferenciadas em função da combinação de um processamento termomecânico especial e composição química diferenciada.

“Buscamos reduzir o peso desses aços como um caminho para a eficiência, ou seja, fazer mais com menos. Aqui abordamos diversos aspectos metalúrgicos, e em um deles procuramos desenvolver tecnologias que aprimorem o refino de grãos, alcançando assim significativa elevação em resistência, mas sem comprometer a tenacidade”, disse o especialista em pesquisa, desenvolvimento e inovação da Cia, engenheiro Rafael Stella Galdino.

Com este refino de grão, o GG MAX Hiductility alcança ganhos de até 18% no limite de escoamento e aumento de até 3 vezes na tenacidade, possibilitando aumento de resistência em aplicações sem tratamento térmico.

“Aqui demonstramos alguns exemplos de aços para produção de fixadores e engrenagens, expondo como chegamos a esses resultados e os benefícios alcançados. Nossa busca está na redução entre 1 a 2 ASTM no tamanho de grão médio do material, porém, o refino não é tudo. Por trás, existem outras etapas além do processo de fabricação que, combinados, serão decisivos no nível de melhoria”, concluiu Galdino. 

“Esses novos produtos estão na fase final de desenvolvimento, onde se inclui o fornecimento de lotes pilotos para testes, mas a Gerdau já se estruturou para colocá-los na produção em escala. Tudo é uma questão de tempo em encontrar parceiros, fornecer o necessário para testes, passando em seguida para produção e fornecimento sistemático, sejam eles destinados à conformação a frio ou a quente”, concluiu o gerente de relações técnicas da Cia, Samuel Freese.

 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com