Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 72
Busca::..
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Persona
28/11/2018 04h55

Persona 

Nossa missão social

 

O que podemos e o que estamos fazendo em nossos deveres com a sociedade?

Acredito que existam mais empresários do setor de parafusos envolvidos em ações sociais, mas tomo aqui a iniciativa de expor o que fazemos naquele que chamamos de “Terceiro Setor”.
 
Em 2000 criei um projeto denominado “Violência é uma Droga”, que teve sua incursão na rede de ensino fundamental em Guarulhos, cidade da Grande SP, como bjetivo de instrumentalizar os educadores e neutralizar, por meio da própria educação, ações que fomentamo aumento da violência. Um dos nossos métodos transcorre em informar de maneira lúdica, dentro do núcleo familiar, com o foco direcionado aos jovens desde a sua formação intelectual até a idade adulta.
 
Desde então nossas ações se dividem entre formar, fomentar e incentivar o maior número de pessoas que estejam, ou não, pré-dispostas a exercerem a prática do bem, que denominamos como “sustentabilidade humana”. Tudo isso em prol de um futuro melhor para todos. “De Corpo e Alma, Amor e Paz”, título de uma coleção de livros, incluindo um que sou autor “O Amargo Algodão Doce”, onde descrevo minha trajetória e conquistas, são alguns dos materiais utilizados.
 
Aliás, neste acervo, que subsidio junto as ações da ONG SH11, abordamos diversos assuntos e setores de utilidade pública, entre eles a educação no trânsito, a prevenção da violência (drogas, bullying e ciber bullying), auto ajuda, virtudes motivacionais e conhecimentos gerais. De forma lúdica construímos temas musicais, peças teatrais, danças e dinâmicas socio educativas que são realizadas em escolas, associações e empresas.
 
Grato ao atencioso leitor, finalizo com um conceito extraído do meu dia a dia profissional: “A exemplo de um bom parafuso, é na hora do aperto que descobrimos quem são os bons e verdadeiros amigos”.
 
Eduardo José Bragança Lopes
Bacharel em Direito, com formação técnica administrativaem Gestão de Negócios e Marketing, é diretor-fundador daInox-Par Parafusos, além de acumular outros cargos, incluindo no terceiro setor.
COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com