Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 70
Busca::..
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Eventos - ForMóbile 2018
31/07/2018 09h57

Eventos

ForMóbile 2018

A maior feira latino americana da indústria moveleira e sua cadeia de fornecimento concluiu sua 8ª edição

A internet torna, “ou deveria tornar”, as informações mais acessíveis. Mas não foi o caso da ForMóbile, feira internacional do setor madeira-móveis, realizada entre 10 e 13 de julho último. Antes de ir a um tipo de evento como este é comum a busca através do site da feira algumas informações como, por exemplo, quem estará expondo, algo que a organização não disponibilizou nesta edição. Ao chegarmos no pavilhão São Paulo Expo, na Rodovia dos Imigrantes, em São Paulo, SP, recebemos um folder contendo, finalmente, os nomes das “358 misteriosas empresas expositoras”. A ForMóbile é a maior e mais completa feira técnica do setor madeira-móveis na América Latina, e a mais misteriosa.

Outro mistério está em todas as demais feiras na capital paulistana, que oferecem o serviço guarda-objetos a preços bem superiores a outros países. Em comparação, na feira Wire Düsseldorf, Alemanha 2018 (foto), para guardar casacos e outros objetos o preço é € 2 (R$ 9,00) contra R$ 25,00 deste pavilhão. E vale reforçar que aqui o serviço é composto de uma ou duas pessoas, no máximo, e um monte de caixinhas, contra um grupo de pessoas atendendo um a um na Alemanha. Não precisamos de gratuidades, e sim de mais serviços, com mais eficiência e menos oportunismo. Embora tenhamos endurecido as críticas aqui, em si o evento foi muitíssimo bem. Nos mais de 50 mil m² de área de exposição havia uma grande movimentação, prometendo sucesso e expansão para quem esteve lá, seja para comprar ou vender.

A edição desta Revista do Parafuso fechou antes do final dessa que foi a 8ª ForMóbile, que tinha expectativa de contabilizar mais de 60 mil visitantes, provenientes de fábricas de móveis seriados de grande porte, a médias e pequenas marcenarias, revendas, madeireiros, designers de produtos, arquitetos e outros agentes da cadeia de suprimentos, do Brasil e de outras partes do mundo. Dentre as 358 expositoras estavam duas das maiores fabricantes de fixadores no Continente, a Ciser e a Jomarca, conteúdo a ser conferido a seguir.  

Jomarca

“Este é o evento que reúne a nata da cadeia de fornecimento moveleiro, e cerca de 60% dos negócios do Grupo Jomarca é focado neste setor. Na fabricação de parafusos, porcas e similares, que é aquilo que temos de melhor, somos uma marca reconhecida além das fronteiras brasileiras. Aqui destacamos a linha Jomarca de assessórios para produção de móveis, tal como rodízios, fechaduras, pistões, dobradiças e as corrediças telescópicas, denominadas soft closing, que proporcionam para a gaveta do móvel deslizamento suave, livre de ruídos ou impactos. Não importa a força que você aplica no fechamento da gaveta, pois ela deslizará suavemente, mas quando o curso está nos dois últimos centímetros ocorre um amortecimento. Outro destaque está nas dobradiças produzidas em nossa planta industrial de Guarulhos, SP, que atende indústrias de móveis seriados, além de servir as marcenarias, um mercado que consome dobradiças com fechamento macio. Considerando que o negócio parafusos é hegemônico no Grupo, temos trabalhado fortemente para expandir as demais divisões de kits e ferramentas, especialmente na ForMobilie, evento que nos trouxe uma movimentação média no estande de mil visitantes/dia, incluindo muitos clientes e prospects, provenientes também do Mercosul. Estamos prestes a atingir meio século de atividades e já estamos comemorando”. Conclui Pedro Coelho, diretor da divisão de kits moveleiros.

  Ciser

“A presença nesta feira é um indicativo claro do quanto o setor industrial moveleiro é relevante para nós”, declarou Jorge Brito Marques Gonsalves, gerente regional de vendas da Ciser Parafusos e Porcas. A linha de produtos para este setor é ampla, onde o executivo destacou a linha de parafusos moveleiros Fixer, complementados com ponteiras e porcas. Fixer possui alta capacidade de fixação em materiais como pinus, aglomerados e MDF (Medium Density Fiberboard: placas de fibra de média densidade). Sua ponta aguda minimiza a força axial na aplicação e pode até mesmo dispensar a pré-furação, pois ele fura e forma a rosca simultaneamente. Desloca menor volume de material (cavacos), reduz o risco de rachaduras e possibilita remontagens, além de gerar ótimo acabamento. Mas não são só parafusos. A edição 2018 da feira marca a entrada das linhas complementares Ciser, incluindo itens como brocas para madeira (chata e três pontas), disco de serra de widea, para corte em madeira e MDF, bem como outros destinados à montagens de gavetas, como dobradiças, corrediças telescópicas e pistões.

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com