Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 15
Busca::..
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Feiras
30/04/2009 03h21

E o mercado reage

A Automec 2009 recebeu 986 expositores e um público de mais de 62 mil pessoas. O resultado dos cinco dias de evento demonstra uma reação do mercado, após seis meses de oscilações e precauções nos négocios





A 9ª edição da Automec – Feira Internacional de Autopeças, Equipamentos e Serviços – aconteceu de 14 a 18 de abril, e demonstrou sinais de retomada dos negócios após um período de incertezas no mercado e, em consequência, retração na economia mundial. A exposição recebeu 968 expositores e marcas, sendo 542 nacionais e 426 internacionais, com destaque para a Argentina, China, França, Uruguai, Espanha, Itália, Singapura e Taiwan.

O Pavilhão do Anhembi, em São Paulo, SP, recebeu um público de 62.314 visitantes e compradores. “Quem esteve na Automec ocupou espaço junto à indústria e à malha distributiva e, com certeza, terá mais oportunidades de aproveitar esse momento de reação da economia”, analisou Evaristo Nascimento, diretor da Reed Exhibitions Alcantara Machado, organizadora do evento. Ele destacou a presença de 130 novos expositores, de médio e pequeno porte.

A Revista do Parafuso esteve lá para saber quais são as empresas do segmento de fixação que acreditam que a Automec é uma excelente oportunidade para divulgar a marca e produtos. Encontramos a Neumayer Tekfor, que com a proposta de oferecer soluções inovadoras e pioneiras aos clientes, apresentou um comando de válvula, que segundo o Diretor de Engenharia de Desenvolvimento, Mauro Moraes de Souza, diferencia-se dos demais produtos similares disponíveis no mercado pela forma de fabricação e montagem. “Todo o processo é de alta qualidade e com um baixo custo”, contou.

Na área de fixação, o carro chefe da empresa são as porcas especiais e de segurança. Por isso, a marca apresentou a Porca Enko, uma solução clean para aplicações que precisam de um controle de torque bem pré-definido e linhas de montagem automáticas. “Consegue-se fazer montagens em alta velocidade, sem danificar outra peça. Não tem problemas com temperatura. Possui controle de todas as condições de torque e pré-torque da junta. É muito adequada para aplicações como ponta de eixo”, explicou Souza, ressaltando a flexibilidade deste item. “É um conceito que se aplica em diversas soluções”. As porcas menores têm medida M12 e as maiores (para caminhões) são M98/M100. “Possui várias aplicações com uma grande confiabilidade”, concluiu. Outra novidade é porca Spider utilizada em rolamentos, onde se necessita a garantia de travamento em uma determinada posição, sem que se danifique o excesso de força no rolamento. “Desenvolvido em 2008 em parceria com alguns clientes, este projeto é patenteado por nós”, encerrou Souza.
 

 


Ciser Automotive
Esta foi a primeira participação da Ciser Automotive na Automec – a fábrica destinada para a produção de elementos de fixação para o setor automotivo foi inaugurada em setembro de 2008. De acordo com o Gerente de Vendas Automotivas, Geraldo Callegari, a receptividade dos visitantes foi muito boa, afinal, a marca já é conhecida do mercado tradicional em que atua. Indagado sobre a coincidência de a crise mundial ter estourado próximo ao início dos trabalhos da nova unidade, Callegari disse que a empresa não sentiu este impacto. “No ano passado, no momento em que o setor estava aquecido, a Ciser desenvolvia muitos produtos e trabalhávamos intensamente para alavancar as vendas. E como no setor automotivo os resultados não acontecem à curto prazo, começamos a colher agora os frutos que plantamos em 2008”.



 




Metalúrgica Agathon
A Metalúrgica Agathon, há 40 anos no mercado, desenvolve elementos de fixação em geral, como anéis, tampas e discos de vedação. “Produzimos qualquer tipo de peças estampadas, de acordo com as necessidades do cliente”, explicou o gerente geral, Eugenio Baranzini, apresentando algumas abraçadeiras de aço inox. Aproximadamente 60% da produção da empresa são destinadas para a indústria automobilística, mas também atua nos ramos moveleiro e geração de energia, entre outros. “A parte de anéis da linha automotiva é o nosso forte. Temos materiais específicos em aço 1.080 encruados, que é um diferencial no mercado”, explicou Baranzini. A marca fabrica qualquer tipo de elementos de fixação que sejam estampados em prensas de 8 até 400 toneladas, de acordo com o desenho do cliente.

 



Stamper
A Stamper Indústria e Comércio de Peças Ltda faz estamparia leve de metais e elementos de fixação, e levou para a Automec algumas novidades, como a Stamper Lock, produto que tem a finalidade de fixar e ao mesmo tempo dar um acabamento – embelezamento – sem denotar a fixação ao local. Segundo o diretor financeiro, José Roberto Loureiro, a fábrica recebeu em 2007 e 2008, investimentos maciços em máquinas e equipamentos, além de construir um laboratório. “Essas aplicações nos possibilita aumentar nosso faturamento. Hoje, o grupo gera mensalmente R$ 2 milhões, o que para nosso porte é um número bastante substancial”, explicou Loureiro. “Após a crise, creio que vamos crescer em média de 3 a 4% ao mês”, prevê.


 


Suprens
A Suprens também foi outra empresa que chegou na Automec com muitos lançamentos. O Superintendente Industrial, Ney Curtolo, apresentou essas novidades: Abraçadeira Stepless: são utilizadas em tubos de escapamento de toda a linha de caminhões – leves e pesados.  São fabricadas em aço inox AISI-430 e AISI-304; Abraçadeira Flexil Jet com engate rápido: usadas principalmente em instalações de telefonia ou qualquer outra aplicação que precise de uma rápida instalação ou em locais de difícil acesso; Cintas metálicas para fixação de silenciosos ou cilindros de ar comprimido: utilizadas principalmente, em caminhões de todos os tipos e capacidades; Mangotinho: produto complementar à linha Mangote, projetado para mangueiras rígidas e mangotes; CRON: abraçadeira extremamente versátil, com largura de 12 mm; Radial: indicada para linhas de combustível, de concepção extremamente simples Estampados: nova linha de estampados leves e médios, para atender o mercado automotivo. Pode ser desenvolvida de acordo com o desenho do cliente; ZIP: projeto simples, há possibilidades de ser aplicada na amarração de cabos e fixar elementos. Possui sistema de auto-travamento com esfera de aço.

Curtolo informou que a Suprens sempre conversa com os clientes e colaboradores a fim de entender as suas necessidades e dificuldades, principalmente neste momento delicado da economia mundial. “Além disso, procuramos manter o estoque de todas as linhas de abraçadeiras para um pronto atendimento”, encerrou.

 

Usistamp Parafusos
Há quase 30 anos atuando na fabricação de parafusos para as linhas automotiva, agrícola, industrial e especial, a Usistamp Parafusos participou pela quinta vez da Automec. O Engenheiro José Ricardo Biazola Junior, disse que a maior novidade da empresa está na produção de novos parafusos de roda para o segmento de tratores. A  marca desenvolve constantemente novos produtos e adota soluções para se adequar as novas tendências de mercado. “Recentemente, investimos no departamento de vendas e contratamos profissionais para atendermos todo o território nacional. Também fizemos uma revisão na política de preços, frente a pratica efetuada no segmento”, declarou. A Usistamp participará em 2009, da M&T Expo e Fenatran.





 


Böllhoff
Presente em 22 países, o grupo Böllhof é um distribuidor internacional com produção, engenharia de aplicações e desenvolvimento próprios. Atende os ramos da indústria automobilística, de fabricação de máquinas e equipamentos, indústria eletroeletrônica, plástica e estamparia, indústria moveleira e agroindústria. O gerente de divisão e marketing, Ivar Benazzi Júnior, comentou sobre a porca automotiva recém-lançada pela Böllhof e exposta com destaque na Automec. “Esse produto passa a integrar a nossa família de elementos de fixação para a indústria automotiva. As porcas atendem os requisitos internacionais de qualidade, aliados à competitividade de preços e competência logística”. Benazzi salientou que essas porcas podem ser subdividida em dois grupos. “Nos itens normalizados (onde o cliente exige preço competitivo), somos distribuidores e nos responsabilizamos pela qualidade e logística. E nos itens especiais, nos quais desenvolvemos soluções que atendem às exigências de nossos clientes”, encerrou.



 

Metalúrgica Fey
A Metalúrgica Fey participa da Automec desde 1999 e lançou durante a feira deste ano, itens novos para o aftermarket automotivo, agrícola e de tratores. “Em nosso catálogo, estamos com cerca de 120 itens novos para aplicação em rodas de caminhões e carretas, de tratores agrícolas e rodoviários”, explicou o Gerente Administrativo de Vendas, Freymund Germer. “Todos os produtos conformados pela Fey obedecem a critérios rígidos de projeto, processo de fabricação e controles, o que assegura aos compradores e usuários o padrão de qualidade Fey”, afirmou.

 

ZM S.A
A ZM é uma indústria metalúrgica do ramo automotivo, que atua nas linhas de solenóides para motores de partida, parafusos de roda e peças especiais conformadas a frio. Segundo o Coordenador de Marketing, André Graf, a empresa participa da Automec há nove anos, incluindo a Automec Pesados & Comerciais. Apresentou durante a edição de 2009, parafusos e porcas de roda para diversas linhas como: Volvo, Toyota Bandeirante, Volkswagen Kombi, GM, Iveco Daily, Caminhões Eurocargo, Eurotec, Stralis Tractor e Mercedes-Benz.

“Para o segundo semestre desse ano, teremos o lançamento da linha parafusos e porcas – Linha Trator, composta por parafusos e porcas de lâmina e esteira”, declarou Graf, que explicou que a ZM segue com a estratégia de desenvolver constantemente novos produtos e ampliar o catálogo de produtos. “E isso só é possível devido aos altos investimentos em máquinas e equipamentos realizados ao longo dos últimos sete anos”, completou o coordenador.


 


 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com