Empresa Edições on-line Fale Conosco
Edição 64
Busca::..
Edição 83
Edição 82
Edição 81
Edição 80
Edição 79
Edição 78
Edição 77
Edição 76
Edição 75
Edição 74
Edição 73
Edição 72
Edição 71
Edição 70
Edição 69
Edição 68
Edição 67
Edição 66
Edição 65
Edição 64
Edição 63
Edição 62
Edição 61
Edição 60
Edição 59
Edição 58
Edição 57
Edição 56
Edição 55
Edição 54
Edição 53
Edição 52
Edição 51
Edição 50
Edição 49
Edição 48
Edição 47
Edição 46
Edição 45
Edição 44
Edição 43
Edição 42
Edição 41
Edição 40
Edição 39
Edição 38
Edição 37
Edição 36
Edição 35
Edição 34
Edição 33
Edição 32
Edição 31
Edição 30
Edição 29
Edição 28
Edição 27
Edição 26
Edição 25
Edição 24
Edição 23
Ediçao 22
Edição 21
Edição 20
Edição 19
Edição 18
Edição 17
Edição 16
Edição 15
Edição 14
Edição 13
Edição 12
Edição 11
Edição 10
Edição 09
Edição 08
Edição 07
Edição 06
Edição 05
Edição 04
Edição 03
Edição 02
Edição 01
empresa
contato
Notas
05/07/2017 05h16

 Notas

VJ Parafusos completa 25 anos

Revendedora de máquinas, ferramentas e fixadores, a empresa fundada pelo empresário Valdemir Vieira em São Bernardo do Campo, SP, entra na rota do cinquentenário

 

Maio é o mês que marca o dia do trabalho, e é neste mesmo período que a V.J. Comércio de Parafusos Ferramentase Fixação faz uma parada para comemorar mais um ano de suas prósperas atividades, o que não é pouco e mum país tão intenso em suas mudanças de rota. O fundadorda VJ, Valdemir Vieira, que não perde o rumo, teve sua trajetória já citada nesta publicação, especificamente na edição 39, onde a empresa passava dos 21 anos (conformea foto dele ao lado da esposa e da filha).

Mas, o que é importante mesmo é testemunhar que esta empresa, homologada NBR ISO 9001:2008, está numa linha de crescimento, haja vista que o café da manhã comemorativo de aniversário ficou espremido entre as prateleiras e gôndolas de produtos, bem como em meioa circulação de colaboradores e clientes. Algumas ações promocionais são feitas no estacionamento da loja já queo espaço interno está saturado, o que é uma ótima notícia. A VJ está sediada há200 metros da Mercedes-Benz, em São Bernardo do Campo, SP; a área construída conta om 530 m², composta por um prédio de três andares com elevador e mais de 36 mil itens em estoque. Em uma corrida de rua, algo ausente em 2016, mas já prometida para este final de 2017, de acordo com a gerente de vendas Vanessa Vieira, que assim como os pais, Valdemir e Rosilene, trásem seu DNA o envolvimento com o mercado de parafusos e fixadores similares. Parabéns, Família Vieira!

 

 

 

 

 

  EIFI completa 40 anos

Associação que cuida dos interesses dos produtores europeus de parafusos e afins, a European IndustrialF asteners Institute (EIFI) já está de passagem marcada para alcançar meio século de sua fundação, comemorando quatro décadas de atividades. O ponto de partida foi em 6 de setembro de 1977, quando o Sr. H. Lorrain – o então presidente da associaçãode defesa das indústrias de fixadores da França, a Chambre Syndicale de la Boulonnerie et de la Visserie Forgeés – convocou ume ncontro que reuniu as demais associações nacionais do setor dos seguintes países:A lemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, França, Grã-Bretanha, Holanda, Itália, Liechtenstein, Noruega, Portugal, Suécia e Suíça. Este encontro, em Paris, foi o marco da criação da “European Industrial Fasteners Institute”, entidade estabelecida inicialmente em Colónia, Alemanha,em 1978. Posteriormente, o Comitê de Direção aprovou por unanimidade o Sr. H. Lorrain como primeiro presidente da EIFI, em 30 de Novembro de 1977 e as reuniões dos grupos de trabalho definiram a versão final dos estatutos da EIFI em 20 de outubro de 1978.

Atualmente a presidência é ocupada por Anders Karlsson, tendo ao seu lado os vice-presidentes Enio Fontana e Tillmann Fuchs, atuando ao lado dos demais membros da EIFI, que relacionamos abaixo:

Presidência

Anders Karlsson: presidente (Suécia)
Enio Fontana: vice-presidente (Itália)
Tillman Fuchs: vice-presidente (Alemanha)
 
Representantes das associações filiadas à EIFI
Sergio Pirovano: UPIVEB (Itália)
Geraldine Bolton: CBM (UK)
Anders Karlsson: outros paísesChristian F. Kocherscheidt: DSV (Alemanha)
Alejandro M. Olague: Asefi (Espanha)
Alain Mangeard: Artema (França)
Stefan Beyer (Alemanha): Gerente Geral da Comissão Executiva
 
Representantes setoriais (Fastener Group) 
Aerospace Fasteners Group: TBA Automotive Fasteners Group: Paolo Pozzi (Itália)
Stainless Fasteners Group: Raoul Bontempi (Itália)
General Fasteners Group: Ramon Ceravalls (Espanha)
 
Comitê Executivo
Moises Gonzales: Asefi (Espanha)
Stefan Beyer: DSV (Alemanha)
Geraldine Bolton: CBM (UK)
Gianni Pezzoli: Upiveb (Itália)
Laurence Cherillat: Artema (França)
 
Secretárias
Gianni Pezzoli (Itália)
Francesca Crisi (Itália)

Bons ventos na Brazil Windpower 2017

Reportagem em nossas páginas na edição de setembro de 2016 (RP59), a feira do setor de energia eólica terá nova edição entre 29 e 31 de agosto deste ano, no Centro deConvenções SulAmérica, na capital do Rio de Janeiro. Das empresas do setor parafuseiro, vale destacar a alemã Dörken MKS, que - segundo Robinson Lara, agente da Cia na América do Sul - segue sua tradição de fornecedora de revestimentos anticorrosivos no mercado europeu. Outro player participante será a Metaltork, indústria de fixadores e peças especiais.

“Aguardamos ansiosos a definição do Ministério de Minas e Energia para um novo leilão, que incrementará o setor eólico no Brasil. Apostamos também no investimento em diversas frentes de trabalho para trazer sustentabilidade e ampliar nossas exportações na América Latina”, comentou Ivan Reszecki, conselheiro administrativo da Associação Brasileira de Energia Eólica – ABEEólica e presidente da Metaltork.

Senafor: Programação 2017

O Senafor, tradicional seminário internacional sobre forjamento, realizado anualmente em PortoAlegre, Rio Grande do Sul, começa no dia 4 de outubrode 2017 com duas opções de visitas técnicas:1) Centro de Demonstração em Energias Renováveis- CEDER, da Faculdade de Engenharia, PUCRS;2) Laboratório de Transformação Mecânica (LdTM)e no Laboratório de Metalurgia Física (LAMEF).Nos dias 5 e 6 acontecerá o ciclo de palestras sobreforjamento, energias renováveis, engenharia de superfícies, bem como networking, com estandesde empresas nacionais e internacionais, além deum jantar de confraternização.

Evento organizado pelo LdTM e pelo departamentode metalurgia, ambos órgãos da UniversidadeFederal, a 37ª edição do Senafor terá comolema “Inovação, Produtividade e Eficiência Energética”,tendo como sede o Hotel Continental.

Informações: senafor@senafor.com

 (51) 3308-6134

 

 João Cravina, desde 2015 no comando da Würth do Brasil

 

Cravina conversa com colaboradores em treinamento

Com diversas atuações no mundo da fixação, incluindo o Brasil onde participou de muitas atividades comoexecutivo da Pecol, o português João Cravina assumiu em2015 o posto de vice-presidente executivo da global WürthGroup. Cravina tem tido uma agenda intensa já que seucargo se estende a comandar a Würth em Portugal, alémdas unidades latino-americanas, como o Brasil, bem comoa Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador,México, Panamá, Peru, República Dominicana e Uruguai.

Conseguimos uma brecha na agenda dele em junho,mas suas malas já estavam prontas para compromissos emoutros países, o que não o impediu de um bate-papo sobreas atividades da Cia no Brasil, no qual comentou suasatisfação com o novo site, uma aposta como grande eloestratégico entre a Cia e a clientela.

 National em visita ao Brasil


Desde agosto de 2014, a norte-americanaNational MachineryLLC, fabricantede máquinas para conformaçãomecânicade parafusos e peçassimilares derivadas de arames e barras, implantou noBrasil um escritório para dar apoio local em processosde implantação de máquinas novas e assistência técnica.Segundo Heinz Gruber, braço comercial da Cia no Brasil,os engenheiros Mateus Parra e Reginaldo Ferreiraforam treinados nos EUA, o que facilita a relação comclientes brasileiros onde o idioma pode ser uma barreira.Em junho recente, o vice-presidente e o gerentede produto da National, Jerry Bupp e Bill Van Camp,estiveram no Brasil para alguns encontros com clientes.Espontaneamente, Bupp comentou sobre a situação demelhoria em que se encontra nossa economia, gesticulandocom as mãos como um avião em decolagem.

Gerdau: novas tecnologias para a Indústria Automotiva

Da esquerda para a direita: Marco Colosio (gerente de Engenharia de
Produto – GM), Mauro Franco (gerente nacional de Marketing - Gerdau),
Claudio Papaccioli (diretor executivo - Mubea do Brasil), Mauro Paraiso
(gerente de materiais metálicos - Mercedes Benz), Mauro Moraes
(diretor do SAE Brasil e professor da FEI) e André Fagundes (gerente
de relacionamento técnico com o cliente Gerdau).

Para debater tendências, iniciativas e fomentar desenvolvimento e soluções, a divisão de aços longosda Gerdau promoveu, na última semana de maio, umencontro com membros do setor automotivo e ensino.O evento contou com a participação de montadoras,sistemistas, fabricantes de autopeças e entidadesde ensino ligadas ao setor. Com a iniciativa, aGerdau espera promover alianças, integrar conhecimentopara a criação de soluções inovadoras em açosespeciais. “Objetivamos gerar ideias que transformema maneira que a indústria automotiva enxerga a utilizaçãodo aço para a composição de novos produtos. A Gerdauestá atenta às demandas desse mercado, produzindoinsumos cada vez mais leves e resistentes para o aumentoda durabilidade dos componentes dos veículos produzidosno país” destacou Carlos Daroit, gerente de Tecnologiade Aços Especiais da Gerdau. Dentre os temas discutidos, o Rota 2030, nova política industrial do Governo Federal o Rota 2030, nova política industrial do Governo Federal o Rota 2030, nova política industrial do Governo Federal com foco em tecnologia e competitividade para o setor,foi um dos destaques, diante de seu compromisso pela integraçãodas cadeias globais automotivas.

Info.: Miguel Varanda, miguel.varanda@bm.com.

 

 

 

COMPARTILHE
CONTEÚDO DA EDIÇÃO

TAGS:
revistadoparafuso@revistadoparafuso.com